Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Cine Clássicos: Especial Mês das Bruxas: PÂNICO

FILME DE WES CRAVEN QUE VIROU FEBRE E GEROU INUMERAS IMITAÇÕES

sinopse:

Numa pacata cidadezinha, jovens começam a receber ligações de maníaco que faz perguntas sobre filmes de horror. Quem erra, morre. As perguntas seguem uma lógica que será desvendada numa grande festa escolar.

O filme já começa com escelente prologo estrelado pela atriz Barrymore. Depois se transforma num curioso e inteligente jogo de gato e rato que mistura grandes doses de violência com um saboroso humor negro.O resultado é um dos melhores filmes de terror dos anos 90 e o melhor filme de Craven desde A hora do Pesadelo original. Além de contar com vários talentos da jovem Hollywood dos anos 90, supera-se ao ser mordaz e critico com o prôpio gênero.           


curiosidades

Com o sucesso de Pânico, desencadeou-se nos Estados Unidos um grande revival de filmes de terror, com novas produções chegando ao cinema, como Eu Sei o que Vocês Fizeram no Verão Passado e ontinuações de antigos sucessos, como A Noiva de Chucky
No fim de semana de estréia,

Pânico arrecadou apenas US$ 6 milhões. Entretanto, na semana seguinte ao seu lançamento sua bilheteria já tinha saltado para US$ 21 milhões, graças ao boca-a-boca extremamente positivo que recebeu.

2 comentários:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

é nostalgico lembrar de Panico, 11 anos após eu te-lo assistido. vi os outros 2 no cinema, mas o 3 foi mto chato...

e sempre imaginei o 4 como um filme de estrada, num acampamento dominado ao mesmo tempo com cenas num castelo vigiado por cameras por perto. ia ser fantastico! só q imaginei isso ja faz uns 6 anos...