Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 31 de julho de 2019

Cine Dica: Em Cartaz: 'O Professor Substituto' - Uma Verdade Inconveniente

Sinopse: Um professor, de um respeitado colégio, se joga da janela sob os olhares assustados de seus alunos. Seis deles não demonstram sentimento algum. Pierre, o professor substituto de francês, rapidamente nota o comportamento estranho deste grupo de seis alunos. 

Os tempos atuais, onde a esperança por um futuro melhor está cada vez mais sendo devorada por poderes políticos, vem se tornando uma fonte farta para elaboração de inúmeras histórias que sintetizam um clima de temor. Com isso, seja em filmes de suspense ou ficção, somos jogados em um cenário, por vezes, imprevisível, mas que nos soa verossímil. "O Professor Substituto" segue esse meu pensamento, onde os ingredientes dos gêneros citados acima criam um cenário peculiar sobre os nossos tempos contemporâneos.
Dirigido por  Sébastien Marnier, o filme começa com um professor que comete suicídio se jogando pela janela da sala de aula, em frente aos alunos. Em seu lugar é contratado Pierre Hoffman (Laurent Lafitte) do filme "Elle" (2016), como professor substituto, que logo percebe que um grupo de seis dos seus novos alunos parece indiferente ao que acontece à sua volta. Aos poucos, Hoffman nota que este pequeno grupo exerce uma estranha influência sobre o resto da escola, inclusive na direção.
Na medida que o filme avança, Sébastien Marnier constrói um cenário peculiar, tanto para nós, como também para a visão de Hoffman que cai nessa realidade estranha. Os alunos, aliás, agem de uma forma como estivessem querendo se desgrudarem daquela realidade, como se estudar, por exemplo, fosse inútil e tendo pleno conhecimento de tudo. O conhecimento, por sua vez, se torna a maldição desses jovens, principalmente quando se é revelado como eles encaram os males do nosso mundo.
É aí que o filme entra em um terreno familiar, com direito de cenas caseiras pularem da tela para nós, onde testemunhamos poluição, desmatamento, abatedouros e tudo isso moldurado por poderosos. Portanto, não se surpreenda quando surgir um certo líder da Extrema Direita em cena, pois afinal é inevitável que isso aconteça. Ao adentramos a esse cenário familiar tudo que vier será aceito pra valer.
Do segundo ato adiante, Sébastien Marnier usa os ingredientes do gênero do horror, mas de uma forma que sintetize todo o conflito interno que o protagonista está sentindo perante aos fatos que ele ainda não compreende. Com isso, não se surpreenda ao adentrarmos aos típicos ingredientes desse gênero fantástico, muito embora o filme se envereda mais para um suspense psicológico, porém, não menos assustador. Aliás, o lado vazio da vida representado pelos adultos em cena, sintetiza uma realidade alienada vinda desses últimos e que procuram por algum sentido no dia a dia em situações, por vezes, absurdas.
O ato final nos reserva desdobramentos surpreendentes. Quando a gente acha que as coisas irão se encaminhar por algo que a gente já previa, eis que os realizadores nos pregam uma surpresa e que fará com que as últimas imagens a gente tão cedo não se esqueça. Curiosamente, o final me lembrou muito o filme "O Abrigo" (2011) de Jeff Nichols, muito embora os desdobramentos das duas tramas seguem uma linha narrativa distintas uma da outra.
"O Professor Substituto" é sobre os tempos assustadoramente pessimistas em que vivemos e que nenhum outro filme de ficção conseguirá superar isso. 


Joga no Google e me acha aqui:  

Me sigam no Facebook,  twitter, Linkedlin e Instagram.  

Cine Dica: 'Abaixo a Gravidade' e 'No Coração do Mundo' chegam no Cinebancários.

Abaixo a Gravidade

No dia 1de agosto, nas sessões das 15h e das 17h, estreia no CINEBANCÁRIOS,o último filme de Edgard navarro, ABAIXO A GRAVIDADE.

Sinopse: Terceiro longa-metragem de Edgard Navarro, Abaixo a Gravidade acompanha a trajetória de Bené (Everaldo Pontes), um velho sábio e curandeiro que vive uma vida pacata no Capão, na Chapada Diamantina, onde conhece Letícia, jovem grávida por quem se apaixona. Algum tempo depois do parto (que ele mesmo faz) a moça volta para Salvador e ele a segue com o pretexto de cuidar da própria saúde. Na capital, Bené se divide entre Letícia e sua irmã bipolar, Malu, ambas interpretadas por Rita Carelli, ao mesmo tempo em que se depara com vários personagens, entre eles Maisselfe (Bertrand Duarte), um classe-média em crise; o irascível Galego (Ramon Vane) e o sonhador Mierre (Fabio Vidal), enquanto um asteroide denominado Laetitia se aproxima da Terra e poderá provocar a perda momentânea de gravidade na região da Baía de Todos-osSantos. 

Elenco: EVERALDO PONTES RITA CARELLI BERTRAND DUARTE FÁBIO VIDAL RAMON VANE 
Roteiro e direção EDGARD NAVARRO 
Produção SYLVIA ABREU EDGARD NAVARRO 
Produção executiva SYLVIA ABREU 
Direção de produção TAISSA GRISI 
Direção de fotografia HAMILTON OLIVEIRA 
Direção de arte MOACYR GRAMACHO 

Referências :
Filme de encerramento do 50o Festival de Brasília do Cinema Brasileiro - Ganhou três prêmios no 12o Fest Aruanda: Melhor Filme (júri Abraccine), Melhor Direção de Arte (Moacyr Gramacho), Melhor Ator Coadjuvante (Ramon Vane – In Memoriam) 
“O filme tem humor e um roteiro inteligente que parece, se olhado superficialmente, tangenciar o delírio. Sua força narrativa vem de uma aposta definitiva na pulsão de vida, no desafio contra aquilo que nos mantém pragmaticamente presos ao chão, e que reduz as possibilidades de criar e sonhar. Poderíamos associar essa força do sonho ao potencial humano de enfrentamento da biopolítica (conceito de Michel Foucault) e seus esquemas de controle dos corpos e do coletivo, eliminando os riscos do desvio em nome da administração calculada da vida social sob o império do capital”. (Regina Behar) 
“O que pulsa mesmo no filme é a rua, ponto alto da obra de Navarro, com elementos diversos que nos trazem referências a diversas obras do cinema seja em cartazes explícitos ou em chuvas de pétalas de rosas ou ainda um helicóptero com a estátua de Rodin”. (Amanda Aouad) 
“Edgard Navarro é um realizador ímpar, seu cinema não se prende a sociologizações, a análises psicológicas rasas, ou a uma visão paternalista e piegas sobre questões políticoeconômicas. Seu interesse é no ser humano, nas suas potências infinitas, no simbólico, no fantástico como presença material, no caráter libertário da existência, na autodeterminação que surge da negação da precariedade imposta a vidas marginalizadas que são colocadas em xeque pelo desejo de elevação espiritual”.

NO CORAÇÃO DO MUNDO, de Gabriel Martins e Maurílio Martins, estreia no CineBancários no dia 1 de agosto às 19h.


Escrito e dirigido por Gabriel Martins e Maurílio Martins, NO CORAÇÃO DO MUNDO , que teve estreia mundial na última edição do Festival Internacional de Roterdã, em janeiro deste ano, chega ao CineBancários em 1º de agosto, na sessão das 19h.
Ambos diretores já haviam trabalhado juntos em curtas-metragens da produtora Filmes de Plástico, da qual fazem parte junto ao cineasta André Novais Oliveira e o produtor Thiago Macêdo Correia, há dez anos. A partir dos curtas “Contagem” e “Dona Sônia pediu uma arma para seu vizinho Alcides”, que foram filmados no mesmo bairro da cidade mineira de Contagem, surgiu a ideia do novo roteiro. “Eu mostrei os filmes a um amigo meu sueco que disse ter ficado curioso com mais histórias desse universo. Apesar de terem sido rodados nomesmo local e no mesmo ano, nunca havíamos pensado serem histórias que pudessem se complementar. Esse momento, em 2012, foi o ponto de partida para o roteiro de NO CORAÇÃO DO MUNDO”, lembra Maurílio.
No longa, as histórias dos personagens Ana e Marcos, que haviam aparecido no curta Contagem, voltam a ser contadas e por isso foi natural que os mesmos atores voltassem a interpretá-los: Kelly Crifer e Leo Pyrata. O papel de Selma era novo e os diretores pensavam em quem poderia dar vida à personagem, quando um amigo em comum sugeriu Grace Passô. “Todos nós da produtora já éramos profundos admiradores do trabalho dela, que maravilhosamente aceitou o convite”, recorda Maurílio.
Ainda havia outro desafio na escalação do elenco: qual personagem desenvolver para MC Carol? “Sou muito fã dela e queria que participasse do filme. Tínhamos escrito um papel para um amigo, o Leo, que não pode fazer, então trocamos o gênero da personagem e surgiu a Brenda, que a MC Carol interpretou de modo brilhante”, conta Gabriel.
A cidade de Contagem – região metropolitana de Belo Horizonte –, especialmente os bairros Laguna e Milanez onde os diretores foram criados, também é personagem fundamental do longa, como explicam: “Ali está a nossa vivência, a nossa formação, então é natural que esse lugar atuasse como um personagem e trouxéssemos esses rostos e essa geografia para o filme”.
NO CORAÇÃO DO MUNDO se passa na periferia de Contagem, onde os moradores acabam formando uma comunidade. Suas relações interpessoais e com o lugar são o pano de fundo do filme, que mistura elementos de filme de assalto e alguns toques de comédia. Marcos se vira como pode para levar a vida, aplicando golpes aqui e ali e cometendo alguns delitos. Um dia Selma, antiga conhecida, propõe a ele a execução de um plano, que pode mudar suas vidas para sempre, e Marcos precisa convencer sua namorada, a cobradora Ana, a embarcar com eles nessa.
A assinatura das produções da Filmes de Plástico, com interpretações naturalistas e as relações familiares e cotidianas, continua presente no longa, mas também novas formas de apresentar a história na tela. “Exploramos com muito mais potência o desenho de som, trabalhamos com efeitos práticos e um pouco de efeitos especiais, ousamos numa decupagem que exigia um apuro técnico maior e tivemos uma equipe imensa, diferente de qualquer coisa que havíamos feito antes”, explica Maurílio. “O resultado é um filme que mantém o que caracterizou a produtora nesses dez anos, mas também foi além na maneira como exploramos a linguagem e utilizamos os gêneros cinematográficos a nosso favor”, completa.

SINOPSE:
Na periferia de Contagem, Marcos busca uma saída para sua rotina de bicos e pequenos delitos. Surge uma oportunidade arriscada, mas que pode solucionar todos seus problemas. Para isso, ele precisa convencer sua namorada, Ana, a se juntarem a Selma e executarem o plano que pode mudar suas vidas para sempre.

FICHA TÉCNICA:
Direção: Gabriel Martins, Maurílio Martins
Roteiro: Gabriel Martins, Maurílio Martins
Produção executiva: Thiago Macêdo Correia
Produtora: Filmes de Plástico
Elenco: Kelly Crifer, Leo Pyrata, Grace Passô, Bárbara Colen, Robert Frank, Rute Jeremias, Renato Novaes, MC Carol de Niterói, Gláucia Vandeveld.

Distribuição: Embaúba Filmes
País: Brasil
Ano: 2019
Duração: 120 min.

SOBRE OS DIRETORES
Gabriel Martins e Maurílio Martins são formados em cinema pelo Centro Universitário UNA de Belo Horizonte. Em 2009 criaram a produtora mineira Filmes de Plásticos, junto com o cineasta André Novais Oliveira e com o produtor Thiago Macêdo Correia, pela qual lançaram diversos curtas-metragens exibidos e premiados em todo o mundo. “No Coração do Mundo” é o primeiro longa-metragem dos diretores. O filme teve sua première mundial em janeiro de 2019, noInternational Film Festival Rotterdam.

Filmografia selecionada
Gabriel Martins: Filme de Sábado (2009), Contagem (2010), Dona Sônia Pediu uma Arma Emprestada a seu Vizinho Alcides (2011), Rapsódia para o Homem Negro (2015), Nada (2017), No Coração do Mundo (2019).
Maurílio Martins: Contagem (2010), Um Homem que Voa: Nelson Prudencio (2013), Quinze (2014), Constelações (2016), No Coração do Mundo (2019).

HORÁRIOS DE 01 a 07 DE AGOSTO (não há sessões nas segundas);

Dia 01 de agosto:
15h – ABAIXO A GRAVIDADE
17h – ABAIXO A GRAVIDADE
19h – NO CORAÇÃO DO MUNDO

Dia 02 de agosto:
15h – ABAIXO A GRAVIDADE
17h – ABAIXO A GRAVIDADE
19h – NO CORAÇÃO DO MUNDO

Dia 03 de agosto:
15h – ABAIXO A GRAVIDADE
17h – ABAIXO A GRAVIDADE
19h – NO CORAÇÃO DO MUNDO

Dia 04 de agosto:
15h – ABAIXO A GRAVIDADE
17h – ABAIXO A GRAVIDADE
19h – NO CORAÇÃO DO MUNDO

Dia 06 de agosto:
15h – ABAIXO A GRAVIDADE
17h – ABAIXO A GRAVIDADE
19h – NO CORAÇÃO DO MUNDO

Dia 07 de agosto:
15h – ABAIXO A GRAVIDADE
17h – ABAIXO A GRAVIDADE
19h – NO CORAÇÃO DO MUNDO

Os ingressos podem ser adquiridos por R$ 12,00 na bilheteria do cinema ou no site ingresso.com . Idosos, estudantes, bancários sindicalizados, jornalistas sindicalizados,portadores de ID Jovem e pessoas com deficiência pagam R$ 6,00. Aceitamos Banricompras, Visa, MasterCard e Elo.

CINEBANCÁRIOS
Rua General Câmara, 424 – Centro – Porto Alegre
Fone: 34331205
Email: cinebancarios@sindbancarios.org.br

terça-feira, 30 de julho de 2019

Cine Dica: Em Cartaz: 'Blitz' - Atos e Consequências

Sinopse: Cabo Rosinha está sendo acusado de ter matado um menino durante uma Blitz em um colégio. Sua esposa, Heloísa, tenta descobrir a verdade sobre o ocorrido. A população está indignada com o caso.

Em tempos contemporâneos, em que a violência das principais cidades do Brasil se tornou a fonte de audiência para as principais mídias sensacionalistas, o público, por sua vez, quase não consegue enxergar e refletir sobre os dois lados dessa mesma moeda. Cabe, então, o cinema dar um passo à frente para que o público possa pensar sobre esse assunto, não como espetáculo, mas sim com conteúdo e pensamento.  "Blitz" segue essa tendência, mesmo que em alguns momentos de forma limitada.  
Dirigido por Rene Tada Brasil, e com roteiro do premiado dramaturgo Bosco Brasil, o filme conta a história do Cabo Rosinha (Rui Ricardo Diaz), do filme "De Menor" (2013), que é acusado de matar um menino durante uma blitz em um colégio. Sua esposa, Helóisa (Georgina Castro) do filme "Corpo Elétrico" (2017), ameaça em deixa-lo, mas não sem saber o que realmente aconteceu naquele dia. Durante o conflito, é revelado segredos profundos.  
Embora novato na direção, Rene Tada Brasil dá sinais de um bom futuro diretor, pois a sua câmera explora aquele universo particular daqueles personagens e cuja as imagens falam por si só. Em um plano-sequência, por exemplo, obtemos uma ideia de como é o dia a dia daqueles personagens e constatamos o quanto eles se encontram isolados em seus próprios pensamentos. Além disso, o filme se divide entre o presente e o passado, onde através dos flashbacks constatamos que os problemas começaram a ocorrer muito antes da blitz. 
Infelizmente o filme não consegue obter o mesmo feito da atuação do seus interpretes principais. Não que Rui Ricardo Diaz e Georgina Castro estejam maus em suas atuações, mas dá entender que, em alguns momentos, eles parecem mais estarem presos no que foi escrito no roteiro. O mesmo vale para os desdobramentos da trama, onde sentimos uma pretensão em querer nos impressionar, mas que acabamos sabendo com antecipação muito bem o que irá ocorrer.  
O filme somente ganha folego em seu ato final, onde o cineasta pincela a obra com ingredientes quase documentais e para revelar os dois lados e as consequências de uma guerra silenciosa sem sentido. Se por um lado isso não é o suficiente para salvar o filme como um todo, ao menos, é uma situação que nos faz pensar sobre a situação atual do Brasil e sobre o porte de armas que é tão debatido nos últimos tempos. Apesar de limitado, "'Blitz" é um de muitos filmes brasileiros atuais que levanta a questão sobre a violência atual do país e cuja a solução tão pouco se encontra dentro do governo atual. 

Abaixo, segue uma entrevista com Rene Tada Brasil.



Joga no Google e me acha aqui:  

Me sigam no Facebook,  twitter, Linkedlin e Instagram.  

Cine Dica: Juliana Antunes, Roberto Pires e Rafiki (30 de julho a 4 de agosto)

JULIANA ANTUNES APRESENTA PLANO CONTROLE CLÁSSICO SCI-FI DE ROBERTO PIRES EM EXIBIÇÃO  PRÉ-ESTREIA DE HISTÓRIA DE AMOR QUENIANA
PLANO CONTROLE

Na quarta-feira, 31 de julho, às 19h30, a sessão de encerramento da mostra Cinema, Ciência e Tecnologia: Diálogos Possíveis apresenta na Cinemateca Capitólio Petrobras a ficção-científica Plano Controle, o mais novo filme da realizadora de Baronesa, Juliana Antunes, seguido da versão restaurada do longa-metragem Abrigo Nuclear, de Roberto Pires, um clássico sci-fi brasileiro. Juliana estará presente e participa de uma conversa após a sessão.
No sábado, 3 de agosto, às 18h30, a Cinemateca Capitólio Petrobras apresenta a sessão de pré-estreia de Rafiki, da diretora Wanuri Kahiu, uma história de amor entre duas jovens mulheres no Quênia, país que ainda criminaliza a homossexualidade.
A programação da semana também apresenta as últimas exibições de Anos 90, de Jonah Hill, e a abertura da mostra 4x Clouzot, com clássicos restaurados do diretor francês Henri-Georges Clouzot.

INGRESSOS (estudantes e idosos pagam meia entrada)
Cinema, Ciência e Tecnologia – R$ 10,00
4x Clouzot – R$ 10,00
Sessão Vagalume – R$ 10,00
Anos 90 – R$ 16,00
Rafiki – R$ 16,00

FILMES

PLANO CONTROLE
Brasil, 2018, 15 minutos, DCP
Direção: Juliana Antunes
Em um contexto político distópico, Marcela usa um novo serviço do celular para deixar o país.

ABRIGO NUCLEAR
Brasil, 1981, 85 minutos, HD
Direção: Roberto Pires
O planeta foi contaminado por múltiplas explosões nucleares e os sobreviventes
dos eventos vivem sob o solo, num abrigo controlado por cientistas. Após um
acidente dentro do local, um grupo de rebeldes decide desafiar as restrições
impostas e subir para a superfície.

ANOS 90
(Mid90s)
Estados Unidos, 2019, 84 minutos, DCP
Direção: Jonah Hill
Distribuição: Diamond Films
Aos 13 anos, Stevie (Sunny Suljic) é um garoto de Los Angeles tentando curtir o início da adolescência enquanto tenta relevar o relacionamento abusivo com o irmão mais velho. Em plena década de 1990, ele descobre o skate e aprende lições de vida com o seu novo grupo de amigos.

RAFIKI
Quênia/África do Sul/França, 2018, 82 minutos, DCP
Direção: Wanuri Kahiu

Distribuição: Olhar
Rafiki (que significa “amigos”) é uma história de amor entre duas jovens mulheres em um país que ainda criminaliza a homossexualidade. Kena e Ziki há muito tempo ouvem dizer que “boas meninas quenianas se tornam boas esposas quenianas” – mas elas anseiam por algo mais. Apesar da rivalidade política entre suas famílias, as meninas encorajam uma a outra a perseguir seus sonhos em uma sociedade conservadora. Quando o amor floresce entre elas, Kena e Ziki devem escolher entre felicidade e segurança.

GRADE DE HORÁRIOS
30 de julho a 4 de agosto de 2019

30 de julho (terça)
14h – Anos 90
16h – Pulse
18h – Z – A Cidade Perdida
20h30 – eXistenZ

31 de julho (quarta)
14h – Anos 90
16h – O Professor Aloprado
18h – eXistenZ
19h30 – Plano Controle + Abrigo Nuclear (debate com Juliana Antunes)

1º de agosto (quinta-feira)
14h – O Assassino Mora no 21
16h – O Inferno de Henri-Georges Clouzot
18h30 – O Escândalo Clouzot
20h – As Diabólicas

2 de agosto (sexta-feira)
14h – O Inferno de Henri-Georges Clouzot
16h – O Salário do Medo
18h30 – O Mistério de Picasso
20h – O Assassino Mora no 21

3 de agosto (sábado)
14h – Sessão Vagalume: O Mágico de Oz
16h – As Diabólicas
18h30 – Rafiki (pré-estreia)
20h – O Inferno de Henri-Georges Clouzot

4 de agosto (domingo)
14h – Sessão Vagalume: O Mágico de Oz
16h – O Salário do Medo
18h30 – O Assassino Mora no 21
20h – O Mistério de Picasso

A Cinemateca Capitólio Petrobras conta, em 2019, com o projeto Cinemateca Capitólio Petrobras programação especial 2019 aprovado na Lei Rouanet/Governo Federal, que será realizado pela FUNDACINE – Fundação Cinema RS e possui patrocínio master da PETROBRAS. O projeto contém 26 diferentes atividades entre mostras, sessões noturnas e de cinema acessível, master classes e exposições.

segunda-feira, 29 de julho de 2019

Cine Dica: Filmes que retratam Guerra do Paraguai e vida de Tiradentes são exibidos em mostra de cinema latino


A programação da próxima semana na Sala Redenção dá continuidade a Mostra Cinema Pelo Mundo, com obras dos Estados Unidos, Albânia, França e Uruguai. Os filmes exibidos no ciclo tratam sobre relações familiares tensionadas por questões políticas e de convivência. Esta será a última semana da mostra, que encerra na próxima quarta-feira, 31 de julho. 
Em agosto, o Cinema Universitário receberá, por meio de parceria com o SESC/RS, a Mostra Cinema pela América Latina, com apresentação de quatro obras latino-americanas recentes para mostrar um pequeno panorama da produção cinematográfica deste continente. A primeira obra do ciclo, O Cidadão Ilustre, de Mariano Chon e Gastón Duprat, tem origem argentina e será exibida em 1º de agosto. Na sequência, em 2 de agosto, o filme Guerra do Paraguay, de Luis Rosemberg Filho, apresentará uma narrativa universalizada sobre a guerra e seus efeitos. Nesta mesma data, a Sala Redenção também apresenta, em Últimos dias em Havana, a relação conflituosa entre os amigos Miguel e Diego – personagem que sofre com um estágio avançado de HIV, após a liberação do visto de Miguel para ir à Nova York. A mostra de filmes latino-americanos segue até o dia 22 de agosto. Todas as sessões são gratuitas e abertas ao público.
Veja a programação completa no site oficial clicando aqui. 

domingo, 28 de julho de 2019

Cine Dica: APTC debate: O Futuro da Cinemateca Capitólio

Evento gratuito e aberto ao público acontece no dia 29 de julho (segunda)

Porto Alegre (RS) - A Associação Profissional de Técnicos Cinematográficos (APTC-RS) promove no dia 29 de julho (segunda-feira), às 17h, o APTC debate: O Futuro da Cinemateca Capitólio Petrobras, evento aberto e gratuito ao público geral e comunidade artística. A atividade vai discutir e analisar o projeto de contratualização da Cinemateca e contará com a presença do secretário municipal da cultura Luciano Alabarse e representantes da prefeitura municipal, além da Coordenação de Cinema, Vídeo e Fotografia (CCVF) e da Fundação de Cinema do Rio Grande do Sul (Fundacine). A promoção é da APTC-RS, com apoio institucional da CCVF.
Hoje, a Cinemateca funciona através de um convênio estabelecido entre prefeitura municipal e a Fudacine, entidade responsável pela captação de recursos com a iniciativa privada - a Petrobrás - para a manutenção do espaço e programação. Com o anúncio de edital de contratualização previsto para setembro, este encontro busca esclarecer junto às autoridades locais todas as dúvidas decorrentes de possíveis alterações no espaço. "Questões administrativas da sala, o futuro do acervo da Cinemateca, programação e o atendimento à sociedade civil são algumas das pautas do encontro", explica a presidenta da APTC-RS, Daniela Strack. O debate marca a primeira ação da nova diretoria da entidade, eleita no início de julho.

Serviço
O que: APTC debate: O Futuro da Cinemateca Capitólio Petrobras
Quando: 29 de julho (segunda-feira), às 17h - Entrada franca
Local: Cinemateca Capitólio (R. Demétrio Ribeiro, 1085)
Realização: Associação Profissional de Técnicos Cinematográficos do Rio Grande do Sul (APTC-RS)
Apoio institucional: Coordenação de Cinema, Vídeo e Fotografia (CCVF)
Mais informações: https://www.facebook.com/aptcabdrs/ 
Contato: aptcrs@gmail.com 

Diretoria APTC-RS 2019/2021  
Presidenta: Daniela Strack
Vice-presidente: Richard Tavares
2º vice-presidente: Giordano Gio
1º secretário: Rodrigo Scheid
2º secretário: Henrique Lahude
3º secretária: Joana Bernardes
1º Tesoureiro: Matheus Piccoli
2º Tesoureiro: Fábio Duarte
Suplentes: Jonatas Rubert, Teresa Assis Brasil, Henrique Schaefer, Milton do Prado
Conselho Fiscal: Pedro Guindani, Lucas Cassales e Valéria Verba

Isidoro B. Guggiana
Assessoria de Imprensa
T 55 51 9 9923 4383
isidoro.guggiana@gmail.com

sexta-feira, 26 de julho de 2019

Cine Dicas: Estreias do Final de Semana: Estreias do Final de Semana (26/07/19)

As Rainhas da Torcida

Sinopse:  Há menos de uma hora de Phoenix está localizada uma comunidade de aposentados. É lá que a primeira equipe de líderes de torcida de mulheres com mais de 60 anos surge.

A Serpente 

Sinopse: Duas irmãs nutrem uma forte paixão pelo mesmo homem e fará com que ambas sigam por caminhos imprevisiveis. 

As Trapaceiras 

Sinopse: Apesar de seus estilos extremamente diferentes, duas golpistas se vêm com um mesmo objetivo.

Os Mistérios de Henri Pick 

Sinopse: Uma editora descobre uma obra-prima entre uma pilha de manuscritos rejeitados. Ela tenta rastrear seu autor desconhecido, que já pode estar morto.

O Mistério do Gato Chinês 

Sinopse: Durante a Dinastia Tang, um gato endemoniado surge e interrompe a paz da cidade de Chang'an, causando uma série de eventos perturbadores. 

O Professor Substituto 

Sinopse: Um professor comete suicídio se jogando pela janela da sala de aula, em frente aos alunos adolescentes. Em seu lugar é contratado Pierre Hoffman como substituto, que logo percebe que um grupo de seis dos seus novos alunos parece indiferente ao que acontece à sua volta. 


Joga no Google e me acha aqui:  

Me sigam no Facebook,  twitter, Linkedlin e Instagram.  

Cine Dica: PROGRAMAÇÃO DE 25 A 31 DE JULHO DE 2019

Fantaspoa Revisitado

PROGRAMAÇÃO DE 25 A 31 DE JULHO DE 2019
SEGUNDAS-FEIRAS NÃO HÁ SESSÕES
SALA 1 / PAULO AMORIM

15h15 – A ÁRVORE DOS FRUTOS SELVAGENS
(Ahlat Agaci, Turquia-Alemanha, 2018 190min). Direção de Nuri Bilge Ceylan, com Dogu Demirkol e Murat Cemcir. Fenix Filmes, 14 anos. Drama.
Sinopse: Sinan acaba de se formar na faculdade e sonha em ser escritor. Ao retornar para o vilarejo onde nasceu, no interior da Turquia, ele reencontra antigos amigos e faz de tudo para conseguir o dinheiro da sua primeira publicação. O problema é que seu pai deixou uma dívida que atrapalhará os seus planos. O filme concorreu a Palma de Ouro no Festival de Cannes em 2018.

19h – BOAS INTENÇÕES
(Les Bonnes Intentions - Franca, 2019, 100min). Direção de Gilles Legrand, com Agnès Jaoui, Alban Ivanov, Tim Seyfi. Pandora, 12 anos. Comédia dramática.
Sinopse: Isabelle leva uma vida confortável de classe média alta e, por isso mesmo, acredita que tem a obrigação de prestar trabalhos humanitários e ajudar em causas sociais – além de atuar como professora de francês para imigrantes. Ao descobrir que seus alunos, na realidade, precisam de uma licença de habilitação, ela decide ajudá-los a passar na prova. Ao mesmo tempo, precisa lidar com a própria família que reivindica mais atenção. O filme integrou o Festival Varilux de Cinema Francês.
SALA 2 / EDUARDO HIRTZ

14h – CYRANO MON AMOUR
(Edmond - França, 2019, 115min). Direção de Alexis Michalik, com Thomas Solivérès e Olivier Gourmet. Mares Filmes, 14 anos. Comedia.
Sinopse: Edmond Rostand é um jovem dramaturgo que precisa urgentemente entregar uma nova peça - ou sua família vai passar fome. Entre idas e vindas, ele apresenta uma história que parece fadada ao fracasso, mas acabou se transformando em um dos grandes clássicos do teatro francês: “Cyrano de Bergerac”. A trama, que estreou em fins do século XIX, até hoje conquista o público com a saga de um homem muito feio que não tem sorte no amor. O filme integrou o Festival Varilux de Cinema Francês 2019.
  
16h15, 18h15 e 20h – FANTASPOA REVISITADO
Seleção de 18 filmes, com o melhor do Fantaspoa – Festival de Cinema Fantástico de Porto Alegre.
TABELA COM SINOPSES E HORÁRIOS EM ANEXO.

SALA 3 / NORBERTO LUBISCO
14h15 – O REI LEÃO (1994)
(EUA, 1994, 90min). Animação de Roger Allers e Rob Minkoff. Livre. Apoio: MPLC. Dublado. Ingressos a R$ 4.
Sinopse: Herdeiro do rei Musafa, o jovem leão Simba precisa enfrentar um tio malvado, que quer ocupar o trono em seu lugar.
16h – GUERRA E PAZ – PARTE 4
(União Soviética, 1967, episódio 4 - 90min). Direção de Serguei Bondarchuk. MosFilm, 14 anos. Drama histórico.
Sinopse: O clássico de Leon Tolstói (1828 – 1910), considerado um dos romances históricos fundamentais, trata do período das guerras napoleônicas em território russo a partir do cotidiano de quatro famílias aristocratas. Neste último capítulo da adaptação cinematográfica, as tropas de Napoleão são derrotadas pelo impiedoso inverno russo e pela estratégia do exército liderado por Moscou. De maneiras diferentes, as famílias Bolkonsky, Rostov e Bezukhov são afetadas pela guerra.
17h45 – PERSISTÊNCIA (ESTREIA)
(Persistencia - Equador, 2017, 50min). Direção de Fernando Mieles. Latinópolis Filmes, 14 anos. Documentário.
Sinopse: Em 2016, o artista plástico chileno Allan Jeffs escolheu a Antártida como cenário para sua nova obra de arte: uma instalação com cinco figuras humanas confeccionadas pelos artesãos de Guaiaquil. Durante um mês, o cineasta Fernando Mieles acompanhou este projeto, em que a persistência e a natureza foram as grandes protagonistas. * O filme é acompanhado pelo curta-metragem BALTAZAR (18min), dos equatorianos Igor e José Guayasamín, sobre o último fabricante de gelo da região de Chimborazo, na Cordilheira dos Andes.
19h15 – DIVINO AMOR
(Brasil, 2019, 100min). Direção de Gabriel Mascaro, com Dira Paes e Júlio Machado. Vitrine Filmes. 14 anos, Drama.
Sinopse: Joana e Danilo são casados e vivem num tempo futuro, em um lugar onde a religião e a moralidade pautam o cotidiano das pessoas. Enquanto ela faz o possível para evitar divórcios no cartório onde trabalha, ele prepara coroas de flores para funerais cristãos. Para terem uma vida melhor, o casal apenas espera por um filho.

-- 
PREÇOS DOS INGRESSOS:
TERÇAS, QUARTAS e QUINTAS-FEIRAS: R$ 12,00 (R$ 6,00 – ESTUDANTES E MAIORES DE 60 ANOS).
SEXTAS, SÁBADOS, DOMINGOS, FERIADOS: R$ 14,00 (R$ 7,00 - ESTUDANTES E MAIORES DE 60 ANOS).
CLIENTES DO BANRISUL: 50% DE DESCONTO EM TODAS AS SESSÕES. 


Estudantes devem apresentar carteira de identidade estudantil. Outros casos: conforme Lei Federal nº 12.933/2013.
Brigadianos e Policiais Civis Estaduais tem direito a entrada franca mediante apresentação de carteirinha de identificação profissional.
*Quantidades estão limitadas à disponibilidade de vagas na sala.
A meia-entrada não é válida em festivais, mostras e projetos que tenham ingresso promocional. Os descontos não são cumulativos.
Tenha vantagens nos preços dos ingressos ao se tornar sócio da Cinemateca Paulo Amorim. Entre em contato por este e-mail ou pelo telefone (51) 3226-5787.

Acesse nossas plataformas sociais:

Página no Facebook: https://goo.gl/TqNmZB
Grupo no Facebook: https://goo.gl/fJHn3y