Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Cine Dicas: Lançamentos em DVD: Branca de Neve e os Sete Anões


Gerações e gerações têm celebrado a mágica história, com memorável trilha sonora e personagens inesquecíveis de Branca de Neve e os Sete Anões, de Walt Disney. Agora, a animação chega em versão totalmente restaurada digitalmente e repleta de bônus exclusivos.

Extras do DVD: Menu interativo; Seleção de cenas; Seleção de áudio e legenda; A volta de Branca de Neve; Aquela que começou tudo; O louco passeio de Dunga na mina; A Disney através das décadas; Cante junto; Formato de Tela: Fullscreen; Áudio: Dolby Digital 5.1 (Inglês, Espanhol e Português); Legendas: Inglês, Espanhol e Português.

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Cine Clássicos: Amarcord

Frederico Felline leva as telas algumas das suas lembranças da juventude e cria uma bela obra prima
 
sinopse:
Através dos olhos de Titta (Bruno Zanin), um garoto impressionável, o diretor dá uma olhada na vida familiar, religião, educação e política dos anos 30, quando o fascismo era a ordem dominante. Entre os personagens estão o pai e a mãe de Titta, que estão constantemente batalhando para viver, além de um padre que escuta confissões só para dar asas à sua imaginação anti-convencional.

Magico e arrebatador com passagens inesqueciveis criados a partir de lembranças da infancia de Fellini (1920-1993). Tudo ao som de belos e nostalgicos temas musicais de Nino Rota. Oscar de melhor filme estrangeiro.



Curiosidades:
O título Amarcord é uma referência à tradução fonética das palavras “mi recordo” usada na região de Emilia-Romagna, na Itália, onde o diretor Federico Fellini nasceu.
O diretor Federico Fellini por diversas vezes negou que Amarcord fosse um filme auto-biográfico, mas concordou que há passagens semelhantes com eventos por ele vividos em sua infância.

Cine Curiosidades: Roman Polanski não escapou dessa vez


O cineasta franco-polonês Roman Polanski foi detido no sábado na cidade suíça de Zurique, devido a um caso pendente nos Estados Unidos há 30 anos.

Premiado por filmes como O Bebê de Rosemary (1968), Chinatown (1974) e O Pianista (2002), O cineasta foi retido no aeroporto de Zurique, aonde chegou para receber um prêmio do festival de cinema dessa cidade, segundo informou a organização do evento, citada pela agência de notícias suíça ATS.
As mesmas fontes indicaram que Polanski, de 76 anos, foi detido por uma causa pendente e nunca fechada em um tribunal de Los Angeles desde 1978.
O caso data de 1977, quando os pais de uma adolescente de 13 anos apresentaram um processo contra Polanski, acusado de drogar e estuprar a jovem modelo.
O cineasta se declarou culpado de "relações sexuais ilegais", e por isso foi enviado à prisão em "avaliação" durante três meses, mas só passou 47 dias.
No final de 1978, no dia seguinte de uma reunião entre seus advogados e um juiz que tinha deixado entender que queria voltar a enviá-lo à prisão, Polanski, em liberdade sob fiança, pegou um avião para a Europa e nunca mais voltou a solo americano.
O Tribunal Superior de Los Angeles rejeitou em maio, de maneira definitiva, o pedido dos advogados de Polanski para suspender as acusações por abuso sexual.
O juiz Peter Espinoza já tinha rejeitado em fevereiro a solicitação da defesa, ao entender que Polanski tinha que comparecer primeiro perante a corte pessoalmente para responder sobre o ocorrido há 30 anos.
O prêmio de honra pelo conjunto de sua obra que o festival de cinema de Zurique pretendia conceder ao cineasta será entregue a Polanski em uma data ainda a ser determinada.

Vítima perdoou diretor


Em 2003, Samantha Geimer, a vítima de Polanski, deu entrevistas apoiando a indicação do cineasta ao prêmio de melhor diretor pelo trabalho em O pianista. "Acho que as pessoas querem que eu fique realmente brava com ele; honestamente, não me sinto assim. Acho ele um diretor realmente bom", disse.
Samantha falou sobre o episódio de violência em outras ocasiões. Em 1977, o cineasta pediu à mãe da garota para fotografar Samantha para a revista francesa Vogue. "Tudo ia bem, até que ele me pediu para trocar de roupa na frente dele", afirmou. Segundo a vítima, o diretor abusou dela após dar-lhe uma combinação de champanhe e drogas.

domingo, 27 de setembro de 2009

Cine Dicas: Em Cartaz: O Contador de Historias

A fracassada política do menor do Brasil nos anos 70 é colocada em foco neste ótimo filme

Sinopse:
Aos seis anos de idade, Roberto Carlos foi levado por sua mãe para viver na FEBEM. Vinda de uma família pobre de Belo Horizonte, nos anos 70, ela acredita nas propagandas do governo militar, que afirmam que a instituição é o meio mais seguro das crianças terem um bom futuro. Lá, porém, Roberto encontra o contrário daquilo, e logo aprende a fugir, roubar e usar drogas. Com 13 anos, já é considerado um caso perdido na fundação.
Quando o menino é recapturado em uma de suas 132 fugas, ele conhece Margherit, uma pedagoga francesa que está fazendo uma pesquisa com crianças brasileiras. Apesar da insistência da diretora da FEBEM para que ela estude o caso de crianças que se recuperaram, a pedagoga acredita que Roberto pode ser produtivo para ela. O menino, no entanto, não parece querer colaborar, e faz de tudo para evitar as insistentes aproximações da francesa. Quando ele usa a violência para afastá-la, a mulher percebe que pode ter feito a escolha errada.
Disposta a mudar o foco de suas pesquisas, Margherit é surpreendida por Roberto, que invade sua casa após sofrer um grande trauma. Assustado e sem ter para onde ir, ele se refugia no único lugar onde recebeu algum cuidado nos últimos anos. Ela, porém, também fica com medo do que pode esperar daquele encontro. Com cuidado, a pedagoga tenta dar uma segunda chance ao menino e vai conquistando a confiança dele, que aos poucos mostra ter uma grande imaginação. A convivência com Margherit faz com que Roberto contradiga todas as expectativas e se recupere, tornando-se um grande contador de histórias.


O Contador de Histórias é baseado na história real de Roberto Carlos Ramos, que aos 13 anos foi adotado pela pedagoga francesa Margherit Duvas, se recuperou, formou-se pedagogo e é considerado um dos dez maiores contadores de histórias do mundo. Ramos estudou na França e retornou ao Brasil, onde passou a lecionar e adotou 25 crianças. O filme é dirigido por Luiz Villaça, que dirigia o quadro Retrato falado, no programa dominical Fantástico, da TV Globo. O longa conta com as participações da franco-portuguesa Maria de Medeiros, além de Malu Galli, Chico Diaz e Denise Fraga.
Pontuado de incidentes trágicos mas também com humor, a biografia de Ramos passou por diversas modificações no roteiro, fato destas modificações foi principalmente condensar em uma única personagem a pedagoga Pérola que na verdade representa diversas educadoras que passaram ao longo da vida do garoto, idéia como essa de diminuir inumeros personagens em um já foi usado em outros filmes como o Ultimo Rei das Escócia
Um dos grandes atrativos do filme é usar na narrativa as fantasias do garoto e materializalas na tela com o objetivo de aliviar a narrativa, isso graças ao uso de animação e recursos como a musica e figurino.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

DVD Clássicos Contemporâneos: Marley e Eu

Á vida de um cachorrinho endiabrado que nos arranca risadas e várias lagrimas

Sinopse
John (Owen Wilson) e Jennifer Grogan (Jennifer Aniston) casaram-se recentemente e decidiram começar nova vida em West Palm Beach, na Flórida. Lá eles trabalham em jornais concorrentes, compram um imóvel e enfrentam os desafios de uma vida em conjunto. Indeciso sobre sua capacidade em ser pai, John busca o conselho de seu colega Sebastian (Eric Dane), que sugere que compre um cachorro para a esposa. John aceita a sugestão e adota Marley, um labrador de 5 kg que logo se transforma em um grande cachorro de 45 kg, o que torna a casa deles um caos.


Quem conferiu o livro Marley & Eu vai assistir ao filme sabendo como irá terminar. Contudo, por mais previsível que seja, o filme tem grande apelo. E, apesar da brincadeira, o roteiro apostou fundo na máxima de que "quem quer um amigo, compra um cachorro" e conseguiu um resultado interessante: risos, lágrimas e emoção 100%. O filme é do mesmo diretor de O Diabo Veste Prada



Curiosidades
Em Marley e eu Foram usados 22 cães para interpretar Marley, sendo que 11 deles eram filhotes.

DVD Animação: 101 Dalmatas

Em 1961, Disney da um tempo para seus contos de fadas e cria uma bela fabula da época com cães inesquecíveis


sinopse
Em Londres, um projetista de videogames (Jeff Daniels) e uma designer de modas (Joely Richardson) se conhecem e rapidamente se casam. Mas na verdade foi um duplo casamento, pois ambos tinham dálmatas e logo 15 filhotes nascem. Logo depois, uma excêntrica e malévola estilista de moda (Glenn Close), para quem a dona dos cachorrinhos trabalha, oferece sete mil e quinhentas libras por toda a ninhada. Mas, como os donos se recusam a vender, ela ordena a dois bandidos que seqüestrem os animais, ficando com 99 filhotes que planeja matar rapidamente, pois a pele ainda macia e servirá para fazer um grande casaco. No entanto, os pais das crias roubadas são ajudados por outros cães, que localizam onde os filhotes estão presos e uma corrida contra o tempo se inicia, para poder salvá-los.


Baseado no livro One Hundred and One Dalmatians filme foi uma grata surpresa que o estúdio deu ao espectador que na época estava acostumado com Disney sempre lançando contos de fadas Cenários fantásticos e estilizados de Londres dos anos 60 dão um verdadeiro requinte a obra. Personagens carismáticos, não a como não simpatizar com cada um dos pequenos dálmatas mas é a vilã Cruela Devil que rouba a cena se transformando numa das mais engraçadas e carismáticas vilãs do estúdio


Curiosidades
No total, 101 Dálmatas mostra 6.469.952 pintas de dálmatas.
Várias personagens de A Dama e o Vagabundo (1955), outro desenho animado lançado pelos Estúdios Disney, podem ser vistos na vitrine de uma loja de animais em determinado momento do filme.

Cine Dicas: Estreias no final de semana

Vixiiiii...está semana foi puxada pois ainda estou na fase de arrumar tudo nos lugares na nova casa, por isso que ando meio ausente por aqui mas nunca me esqueço de dar uma atualisada.
Por isso solto algumas dicas de cinema deste final de semana.

O Contador de Historias

Sinopse

O filme mostra a vida de Roberto Carlos Ramos (Cleiton Santos, na idade adulta), pedagogo mineiro e um dos melhores contadores de história da atualidade. Criado na Febem desde os seis anos de idade, aos 13 anos ele conhece a pedagoga francesa Margherit Duvas (Maria de Medeiros), que mudou sua vida radicalmente.




Palavra (En)cantada

Sinopse:
Em um país com forte cultura oral como o Brasil, a música popular pode ser a grande ponte para a poesia e a literatura. A reflexão sobre esse tema é o ponto de partida do novo filme de Helena Solberg. Palavra (En)cantada tem a sua narrativa construída na costura de depoimentos, performances musicais e bela trilha sonora

.


Diário Proibido

Sinopse

Valére (Belén Fabra) é uma jovem francesa ninfomaníaca que faz questão de registrar suas confissões mais íntimas em seu diário secreto.



Aquele Querido Mês de Agosto

Sinopse:
Em meio às montanhas de Portugual, o mês de agosto é repleto de pessoas e atividades: emigrantes voltam para casa, soltam fogos de artifício, combatem os fogos, cantam no karaokê, atiram-se das pontes, caçam javalis, bebem cerveja, fazem filhos. A história que acompanha as relações afetivas entre pai, filha e o primo desta, todos músicos numa banda de bailes.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Cine Animação: Toy Story

Depois desse filme as animações jamais foram as mesmas


Sinopse:
O aniversário de Andy está chegando e os brinquedos estão nervosos. Afinal de contas, será que um deles será esquecido por alguma nova maravilha da tecnologia? Este o dilema central de Toy Story, que nos apresenta a história de como Woody, um caubói do faroeste, e Buzz Lightyear, um astronauta do espaço, se conhecem e disputam a preferência de Andy.




Deliciosa aventura de fantasia dos estúdios PIXAR, o primeiro filme feito inteiramente em computação grafica e uma das maiores bilheterias da historia. O filme flui corretamente e logo se transforma numa aventura agitada e com otimas piadas. Fiel as tradições dos estúdios da Disney, filme tem várias canções, compostas aqui por Randy Newman. O duelo de egos entre os brinquedos principais é muito bem escrito, e o momento em que o astronauta fica sabendo sua verdadeira origem é emocionante.

Curiosidades:
O Sr. Cabeça de Batata de Toy Story foi originalmente feito pela Playskool,e ao contrário do original,ele não perde as peças facilmente.  

O carro do Pizza Planet que Buzz e Woody pegam para encotrar Andy, aparece em outros filmes da pixar, como no Carros, Procurando Nemo, Monstros SA, WALL-E…



Cine Dicas: Lançamentos em DVD

To na maior corrida mas deixo aqui duas dicas imperdiveis que chegaram nos proximos dias nas locadoras, confiram:

A Era do Gelo 3

Maior bilheteria na historia dos cinemas do Brasil chega as locadoras

Sinopse:
Nesta terceira aventura, Scrat continua tentando agarrar a bolota fujona - e, no meio do caminho, pode encontrar seu grande amor; Manny e Ellie aguardam o nascimento de seu minimamute; Sid, a preguiça, cria a própria família, embora de faz-de-conta, ao desviar alguns ovos de dinossauro; e Diego, o tigre dentes-de-sabre, começa a se perguntar se a convivência com os amigos não o está deixando molenga demais. Numa missão para resgatar o azarado Sid, a turma aventura-se por um misterioso mundo subterrâneo, no qual acabam deparando com dinossauros, lutam contra estranhas plantas assassinas e conhecem Buck, uma agitada doninha de um olho só, caçadora de dinossauros.

O diretor Carlos Saldanha fez o que muitos achavam impossível, quebrar o recorde de bilheteria de Titanic que permanecia imbatível desde 1998. Mas isso tudo se deve a um ótimo roteiro criativo e divertido, aliado com a mais alta tecnologia e inúmeras piadas que fizeram os espectadores dos cinemas rirem aos montes. Se não houver mais nenhum filme da trupe pré histórica, a trilogia pode fechar tranquilamente com chave de ouro.


Monstros VS Alienígenas
Primeiro filme do ano em 3D provou que a mania em terceira dimensão tem potencial.



Sinopse:
 Após ser atingida por um meteorito no dia de seu casamento, a californiana Susan Murphy cresce misteriosamente até a altura de 15 metros. Os militares logo entram em ação, e Susan é capturada e levada a uma instituição secreta do governo americano. Lá, ela recebe o nome de Ginórmica e é mantida presa com um grupo de monstros: o brilhante Dr. Barata, Ph.D.; o machão metade macaco, metade peixe Elo Perdido; o gelatinoso e indestrutível B.O.B.; e a larva de 106 metros Insetossauro. O confinamento, no entanto, é encurtado quando um misterioso robô alienígena aterrissa na Terra e começa a atacar os EUA. Em um momento de desespero, o presidente é convencido a recrutar a gangue de monstros para salvar o mundo da iminente destruição.


Uma deliciosa homenagem aos filmes de terror B dos anos 50 aliado com a nova mania que é o 3D, o filme pode não render uma seqüência mas será sempre lembrado pelas ótimas piadas, (a parte do grito da mulher que na verdade não era dela é inesquecível).

Curiosidades:
Monstros VS Alienígenas Fo o primeiro título da DWA a ser produzido em 3-D.
» Baseada na revista em quadrinhos "Rex Havoc", a animação reinventa os clássicos filmes de monstros dos anos 50 em uma moderna e irreverente história de um caçador de criaturas chamado para combater alienígenas que interromperam as transmissões de TV a cabo nos Estados Unidos.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Cine Curiosidades: ESPECIAL: O sinistro e o bizarro de se mudar

Como todos sabem eu me mudei recentemente e agora vivo numa casa nova, tudo novo, vida nova.
De interessante? Muito! Para começar vivemos ao lado de um cemitério, a vizinha dos fundos vive com um monte de gatos e minha cachorra menor vai sempre aos fundos ver algo que não a nada La
Estranho? O caso que casa nova sempre representa algo novo, algo a ser explorado em cada canto da nova residência e lugar aonde se vive. Pensando nisso me veio alguns filmes em que de pano de fundo o assunto é sobre mudanças: Confiram:


Coraline e o Mundo Secreto 

Sinopse:
O filme mostra a história de Coraline, uma menina que se muda com sua família para uma enorme casa. Explorando as inúmeras portas do local, a menina acaba abrindo uma que dá para outra casa, em outro mundo, cujos habitantes querem mantê-la presa, como sua filha.


Na véspera da minha mudança me peguei vendo esse filme toda hora. Coraline me lembra a minha infância numa época em que até os cinco anos me mudei umas três vezes e em cada lugar em que vivi presenciei coisas sinistras, afinal eu era criança e crianças vêem as vezes coisas que os adultos não vêem, portanto sei muito bem como Coraline se sentiu.

Poltergeist - O Fenômeno


Sinopse:
Eles estão aqui. Parecem amistosos no começo, tentando equilibrar cadeiras na cozinha da casa da família Freelings, num subúrbio americano. Então as coisas tornam-se tenebrosas. Uma tempestade rompe, o ataque de uma árvore, a pequena Carol Anne Frreling desaparece num espectro sinistro. E assim que sua família confronta uma reação em cadeia de horror e luta pra trazer sua caçula de volta, alguma outra coisa está aqui também.



Tai um filme interessante sobre fantasmas. O interessante é que na maioria dos filmes de terror como esse de casas mau assombradas sempre começa com os protagonistas chegando nesta casa nova e descobrindo que existe algo de estranho. No caso desse eles já viviam e somente no final quando tudo estava resolvido (aparentemente) eles decidem se mudar. Quando o ambiente de uma casa esta muito carregado nada melhor do que se livrar, foi esse um de muitos motivos que meus pais e eu nos mudamos da nossa casa anterior

Meus Vizinhos São um Terror

Sinopse:
A história se passa em um bairro tipicamente americano, quando os novos vizinhos mudam-se para a casa próxima de Ray Peterson (Tom Hanks) e ele nota algo de errado. Os novos moradores são realmente estranhos: ninguém nunca os vê, a casa deles é uma grande bagunça e durante a noite ouvem-se barulhos suspeitos vindo do porão. A única coisa que se sabe é que se chamam Klopeks. Até que um dia um velhinho da redondeza desaparece de repente e todos começam a suspeitar dos novos e estranhos vizinhos.


Nunca se sabe o que realmente rola nas casas dos vizinhos próximos de ti. Uns talvez possam achar paranóia mas vai saber, talvez estejamos certos.
Meus Vizinhos são um terror me lembrou de minha vizinha do terceiro apartamento aonde eu morava, feia, mau encarada, olhava para agente com puro ódio e tinha um braço a menos. Não era nenhuma bruxa e tão pouco uma cientista que fazia atrocidades no porão mas metia medo

Um Dia a Casa Cai

Sinopse:
Walter Fielding (Tom Hanks) e Anna Crowley Beissart (Shelley Long) são um jovem casal que decide comprar uma mansão e reformá-la. Porém, quando a estrutura do local não ajuda muito, várias confusões se desenrolam no local.


É inevitável que quando agente se muda para uma casa nova nada está realmente perfeito. Pode não rolar uma montanha russa de acontecimentos como foi do filme com Tom Hanks mas que pia vazando, descarga não indo e portas não abrindo a isso incomoda mesmo.

Toy Story


Sinopse:
O aniversário de Andy está chegando e os brinquedos estão nervosos. Afinal de contas, será que um deles será esquecido por alguma nova maravilha da tecnologia? Este o dilema central de Toy Story, que nos apresenta a história de como Woody, um caubói do faroeste, e Buzz Lightyear, um astronauta do espaço, se conhecem e disputam a preferência de Andy.

No meio dessa trama genial existe o fato de Andy estar se mudando em breve, com isso os brinquedos decidem arranjar um parceiro de mudança para nenhum ficar para traz.

É inevitável que quando agente se muda algo fica para traz e isso passei meio que um drama pois não queria deixar nada em branco com relação as minhas coisas como DVD e livros. Com isso empacotei tudo uma semana antes de me mudar, já que eles não criam vida que nem oi brinquedos de Andy eu precisava fazer minha parte.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Nota: Me recuperando da mudança

Se existe uma coisa que cança fisicamente e mentalmente ao mesmo é com serteza a mudança de casa.
De sabado para cá ando cançado de todas as formas e somente neste momento estou me recuperando, mas ao mesmo tempo me desfrutando das inumeras novas possibilidades de uma nova vida agora em uma nova cidade. 
As matérias?
Voltam amanhâ com toda a carga, aguardem.    

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Cine Classicos: Amor a Flor da Pele

O diretor Wong Kar-Wai em 2000 cria uma historia de amor ardente mas Surpreendentemente contida

sinopse

Chow (Tony Leung Chiu Wai) e sua mulher acabaram de se mudar. Logo, ele conhece Li-Zhen (Maggie Cheung), uma jovem que também acabou de se mudar com o marido. Ele trabalha para uma companhia japonesa, o que significa que está freqüentemente viajando. Como sua mulher também fica, muitas vezes, longe de casa, Chow passa muito tempo com Li-zhen. Eles se tornam amigos e, um dia, são forçados a encarar os fatos: seus respectivos parceiros estão tendo um caso.


Maravilhosa historia de amor de duas pessoas que foram enganadas pelos seus pares e decidem ficar juntos mas ao mesmo tempo ficam presos perante aos costumes e aos olhos do mundo. O filme mais sugere do que mostra, o que torna essa produção muito mais atraente, aliada a uma otima fotografia, edição de arte e um show de figurino.
Tony Leung Chiu Wai e Maggie Cheung se tornaram o casal da vez da china, atuando em inumeros filmes juntos como Heroi

Curiosidades:
Inicialmente, as filmagens estavam planejadas para serem realizadas em Beijing, na China. Entretanto, as autoridades chinesas exigiram ver o script completo do filme antes de dar a autorização para as filmagens. Como o diretor Wong Kar-Wai nunca utiliza scripts em seus filmes, as filmagens foram transferidas para Macau.
Este é o 6º de 8 filmes em que Tony Leung e Maggie Cheung trabalharam juntos. Os demais foram Dias Selvagens (1991), Haomen Yeyan(1991), Sediu Yinghung Tsun Tsi Dung Sing Sai Tsau (1993), Dung Che Sai Duk (1994), Herói (2002) e 2046 – Os Segredos do Amor (2004).

Cine Dicas: Em Cartaz: GIGANTE

Depois do filme O Banheiro do Papa, Uruguai invade os cinemas gaúchos com mais um ótimo filme

Sinopse:
 Segurança noturno de um supermercado na periferia de Montevidéu, Jara é um solitário homem de 35 anos. Trabalhando trancado em uma sala, apenas observando os monitores do sistema de segurança do local, ele pouco tem o que fazer, já que seu serviço se dá quando a loja já está fechada. Dividindo seu tempo entre assistir vídeos, fazer palavras cruzadas e escutar música, ele segue sua rotina até perceber a presença de Júlia, a faxineira de lá.
Com uma grande atração pela jovem, Jara passa a observá-la cada vez mais. Seu trabalho, então, passa a se resumir em ver a moça trabalhando através das câmeras de monitoramento do supermercado. Em pouco tempo, ele já começa a seguí-la também pelas ruas, mas sua timidez o impede de se aproximar mais dela. Quando Jara descobre que vai haver uma demissão em massa no local, e que Julia será uma das atingidas, ele precisa tomar coragem para se declarar, ou corre o risco de nunca mais ver a moça.


Dirigido pelo cantor argentino Adrián Biniez, Gigante conquistou diversos prêmios, como o Urso de Prata, o de diretor estreante e de inovação cinematográfica, todos no 59º Festival de Berlim. O longa uruguaio ainda foi selecionado para o Festival de Gramado de 2009. Horacio Camadulle, ator que representa Jara, tem 1,93m de altura, mas usou sapato com plataforma para parecer ainda maior. Todo o resto do elenco foi escolhido também pela altura, quanto menor, melhor. No Uruguai, Camadulle é conhecido como um comediante de stand up.
Curiosamente o diretor fez sempre questão de lembrar que seu filme é Uruguaio, apesar de ter morado em um subúrbio de Buenos Aires até os 29 anos.
“Gigante é uma produção uruguaia, porque vivo no Uruguai desde 2004. Escrevi o roteiro pensando não nas ruas de Montevidéu e em sua gente”, frisa o cineasta.
Distante de ser uma superprodução, Gigante custou pouco mais do que US$ 600mil e mesmo assim com criatividade e originalidade provou potencial nos festivais aonde passou e também aos olhos da critica.

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Cine Curiosidades: Nova SET na area

Mesmo com os atrasos a SET chega as bancas no final do mês. Já diz o ditado, Antes tarde do que nunca.
Reparo nos tópicos de comentários do ORKUT de que como as pessoas ficaram dependentes ao longo dos anos com a revista e que por mais que tenha vários sites de cinema, parece que não é o bastante. Por isso mesmo que muitas pessoas levantaram as mãos para o céu quando ela voltou a ativa depois de terem anunciado o cancelamento.
Nesta edição teremos Bastardos Inglórios na capa, mais do que justo, afinal nem sempre os novos responsáveis da revista poderiam ir contra a maré como fizeram nas edições anteriores

Espero que melhore mais e mais e que a revista dure eternamente.

 

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Cine Clássicos: A Noiva de Frankenstein

Numa raridade na época, seqüência se tornou melhor que o filme original

Sinopse:
O filme começa de onde o original, de 1931, terminou: Frankenstein escapa do cerco ao moinho vivo, enquanto Dr. Frankenstein tem sua noiva sequestrada por outro lunático cientista. O objetivo dele é convencer o doutor a criar uma companheira para o monstro.
Apesar de relutante James Whale acabou cedendo as pressões do estúdio e criou essa seqüência que por sinal acabou se tornando melhor que o filme o original. Fotografia e edição de arte soberba, remetendo bastante ao expressionismo alemão. As melhores partes do filme ficam por conta do momento que a criatura encontra o velho sego e o surgimento da noiva da criatura que se tornou um grande momento da sétima arte. Do elenco destaque novamente para Boris Karloff e pela excentricidade do personagem cientista louco interpretado pelo também excêntrico Ernest Thesiger.


Curiosidades:
Atriz Elsa Lanchester que no inicio do filme aparece representando a própria Mary Shelley escritora do livro Frankenstein interpreta a noiva da criatura no final do filme
Boris Karloff não queria que a criatura do filme falasse mas devido as pressões dos estúdios ele acabou cedendo, que por sinal mostrou um melhor desempenho com relação ao filme anterior

Cine Curiosidade: Kirsten Dustin voltara em Homem Aranha 4 e qual a novidade?

Foi confirmado hoje que a atriz retornara para a quarta aventura do herói mas qual a novidade disso? Nenhuma, em time que ganha não se meche, ouve até boatos que o elenco poderia ser mudado mas seria que nem dar um tiro no pé, mesmo que o terceiro filme tenha dividido a opinião do publico e da critica.
Torço que neste quarto filme recuperem o prestigio que ganharam pelo segundo e se perdeu um pouco no terceiro. Olho vivo Sam;

Cine Curiosidades: Os melhores dos melhores por Rbsann

Como todos sabem sou fã de cinema de carteirinha e para desenterrar certos clássicos que nem eu ao menos conhecia achei um site bem interessante.
Bom parece mais um blog, o nome do criador é Rbsann, quem é ele?
Não faço idéia.
Mas parece que ele faz uma lista dos melhores dos melhores e ao mesmo tempo o publico vota nos seus filmes preferidos. De uns tempos para cá comecei a acompanhar a cotação dele para os filme e pelo visto não só ele mas também o publico que vota entende bastante de filme.
Caso alguém se interessa em acessar confira ai e o site (ou blog) e se acha facilmente buscando pelo Google.

http://melhoresfilmes.com.br/

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Cine Clássicos: Magnólia

Clássico do inesquecível ano de 1999 continua sendo arrebatador e com um dos finais mais enigmáticos de todos os tempos


Sinopse
A história se desenvolve em Los Angeles, nos arredores da rua Magnólia, acompanhando um dia na vida de nove personagens, que moram na mesma área e cujas histórias se cruzam por coincidências do destino. O filme aborda diversos temas polêmicos, como incesto, homossexualidade, drogas e violência.

Ousado mosaico dramático dirigido e escrito por Anderson que chamou a atenção da critica por Boogie Nights. A semelhança de Shorts Cuts, de Robert Altman, o roteiro apresenta vários personagens do inicio desconexos. A excessiva duração do filme é a proposta do diretor, que quis compor um épico sobre dramas comuns. O roteiro pesado, alguns espectadores testarão os seus nervos ou usarão muitos lenços. Atuações surpreendentes, destaque para Cruise, vencedor do Globo de Ouro 2000 de ator coadjuvante, ótimo papel de um guru dos machistas .
Curiosidades:
O filme faz várias referências ao número 82. Este número se refere a uma passagem da Bíblia, mais especificamente ao livro do Êxodo, 8:2
Jason Robards (Era uma vez no Oeste), em seu último papel no cinema, vindo à falecer pouco depois do fim das filmagens.

Cine Clássicos: Frankenstein

Mesmo após diversas adaptações ao longo dos anos, filme de 1931 ficou imortalizado no imaginário popular
Sinopse
Henry Frankenstein (Colin Clive), um cientista louco, vagueia à noite pelo cemitério na companhia de Fritz (Dwight Frye), um anão corcunda que é seu assistente. Frankenstein procura mortos e costura partes de diversos cadáveres para fazer um único homem, mas para "dar" a vida a este ser monstruoso um cérebro é necessário. Assim, ele manda Fritz para o departamento médico de uma universidade próxima, onde o corcunda esquadrinha vários jarros nos quais foram mantidos cérebros vivos para estudos. Fritz seleciona um cérebro e está rumo à porta quando se assusta com um carrilhão, fazendo-o derrubar o jarro. Ele rapidamente pega outro, sem reparar que no rótulo está escrito "cérebro criminoso". Frankenstein, desconhecendo o fato, coloca o cérebro em sua criatura e espera uma tempestade elétrica, que ele precisa para ativar a maquinaria que construiu para eletrificar o corpo da sua criatura. Durante esta experiência estranha Dr. Waldman (Edward Van Sloan), um tutor de Frankenstein no passado; Elizabeth (Mae Clarke), a noiva de Frankenstein; e Victor (John Boles), seu melhor amigo, tentam fazê-lo desistir deste experimento. Mas o cientista está frenético e logo infunde vida na criatura dele, mas as conseqüências de tal ato serão trágicas.

Baseado no romance de Mary Shelley, é considerado um clássico pois marca a definição da linguagem do gênero de terror. Foi bastante influenciado pelos filmes do expressionismo alemão (O Gabinete do Dr Galigari, Nosferatu) especialmente na fotografia em preto e branco e no modo de interpretar, repleto de gestos bruscos. Assinala também o surgimento de um dos grandes interpretes de filmes de horror Boris Karloff, até então um ator secundário na época.
Curiosidades:
Nos créditos iniciais de Frankenstein o nome do ator Boris Karloff é omitido, sendo substituído por uma interrogração. O nome de Karloff apenas surge nos créditos finais do filme;
O papel do monstro de Frankenstein chegou a ser oferecido ao ator Bela Lugosi, Drácula que recusou o papel por não poder criar sua própria maquiagem para o personagem, além dele não ter falas durante todo o filme;

Cine Animação: Vida de Inseto

Filme de 1998 sofreu comparações com outro filme mas adquiriu com o tempo sua luz propia

Sinopse:
Todo ano, os gananciosos gafanhotos exigem uma parte da colheita das formigas. Mas quando algo dá errado e a colheita destruída, os gafanhotos ameaçam atacar e as formigas são forçadas a pedir ajuda a outros insetos para enfrentá-los numa batalha.

Segundo trabalho do diretor Jhon Lasseter (o anterior havia sido Toy Story). Curiosamente esse filme estreou meses depois que o estúdio da DreamWorks haviam lançado Formiguinhas, com isso era inevitável que houvesse comparações. Contudo o filme da Pixar ganha vantagem por ser um filme para toda a família curtir e era mais uma prova na época que o poder da Disney estava se desgastando e precisaria dali em diante depender dos estúdios de Jhon Lasseter.

Curiosidades:
Nos créditos finais de Vida de Inseto, é mostrada uma série de “erros de filmagens” falsos, estrelados pelos principais personagens do filme. Num destes erros, aparece Flik dizendo “Para o infinito e além!”, frase utilizada por Buzz Lightyear, em Toy Story.
A reaçâo aos tais “erros” foi tão boa por parte do público, que a Pixar resolveu adicionar alguns novos erros numa nova versão do filme, que começou a ser exibida nos Estados Unidos pouco mais de um mês após sua estréia comercial.

Cine Curiosidades: Luto: Adeus Patrick Swayze


Patrick Swayze, que se tornou conhecido após protagonizar Dirty Dancing, morreu nesta segunda-feira, aos 57 anos. Há dois anos, o ator sofria de câncer de pâncreas.
De acordo com o site Screening Log, a agente do ator disse que ele faleceu, em paz hoje, cercado por sua família - que acompanhou a batalha de Swayze nos últimos 20 meses contra um câncer de pâncreas. Mesmo doente, Swayze não deixou de trabalhar. Sob o uso de medicamentos, o ator até chegou a fazer parte do seriado The Beast e estava preparando um livro de memórias ao lado de sua esposa, Lisa Niemi.
A estreia do ator no cinema se deu na comédia Skatetown U.S.A., em 1979, pouco depois de participar de Grease, peça da Broadway.
Nos anos 1980, Swayze integrou o elenco do filme de ação Amanhecer Violento e Os Embalos de Sábado Continuam. Entre 1985 e 1986, participou de alguns episódios da série North And South, sobre a Guerra Civil Americana. Já no ano seguinte, Swayze estrelou o musical Dirty-Dancing – Ritmo Quente, em que atuou ao lado de Jennifer Grey. O ator chegou, inclusive, a ter uma pequena participação na seqüência do musical, Dirty Dancing – Noites de Havana, lançado em 2004.
No começo da década de 1990, Swayze atuou em Ghost – Do Outro Lado da Vida, estrelado por Demi Moore e Whoopi Goldberg, e comandado por Jerry Zucker. Também nos anos 1990, ele fez parte do elenco de Caçadores de Emoção, Cidade da Esperança, O Jogador, Os Três Desejos, Estrada Alucinante e Get Bruce.
Swayze deixou esposa, seu irmão Don e sua mãe.

Fonte: Cinema em Cena

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Cine Animação: Toy Story 2

De forma inédita, seqüência supera o original em tudo em 1999


Sinopse:
Andy, um menino típico de sua idade, foi para um acampamento de verão. Enquanto isso, seus brinquedos (aqui mostrados como seres com vida) o esperam em sua casa. Mas, Woody, o boneco cowboy, vai parar numa venda de usados para salvar um brinquedo chamado Wheezy e acaba sendo roubado por um colecionador de bonecos chamado Al. Os brinquedos entram em pânico e, liderados pelo boneco espacial Buzz Lightyear, planejam uma estratégia para resgatar Woody daquele ladrão. Já na casa de Al, Woody conhece a cowgirl Jessie, o cavalo Bala no Alvo e o Mineiro e descobre que é um raríssimo boneco de uma série de televisão dos anos 1960 e que será vendido, junto com os novos amigos, para um museu no Japão. Diante da nova situação, Woody terá que decidir entre ficar com o menino Andy e fazer parte da vida de uma criança ou ir para o museu e ficar para sempre sendo observado por visitantes.

Uma raridade: este filme não apenas é superior a sua seqüência original no que se refere a roteiro e aos inacreditáveis recursos de computação gráfica como também esta entre os melhores filmes de animação realizados nos últimos 10 anos. Um verdadeiro deleite a prova, um show de cinema e pura emoção. A personalidade de cada personagem é desenvolvida de forma inteligente, os diálogos são bem escritos e espirituosos, as imagens são de uma riqueza fantástica e inesperada. O filme tem tudo para agradar os espectadores de qualquer idade, e há tantos detalhes saborosos para se acompanhar que se torna quase obrigatório assistir o longa várias vezes

Curiosidades:
O planejamento inicial da Pixar e da Disney era de lançar Toy Story 2 diretamente em vídeo. Entretanto, após o filme ter ficado pronto, os executivos resolveram por exibí-lo nos cinemas.
Alexandre Lippiani (da novela Chica da Silva), que era o dublador original do na versão brasileira, em Toy Story, do primeiro filme, faleceu em um acidente de carro no ano de 1997, há dois anos atrás do lançamento de Toy Story 2. Após o acidente que matou o ator e dublador a dois anos atrás, Marco Ribeiro tornou-se o dublador definitivo do personagem.

Cine Dicas: Lançamento em DVD: A Partida

Vencedor do Oscar de melhor filme estrangeiro de 2009, filme conquista o publico do inicio ao fim, mesmo com um assunto delicado que é a morte

Sinopse:
 A Partida conta a história de Dalgo Kobayashi, devotado violoncelista que tem a orquestra desfeita e se muda de sua cidade natal a procura de emprego. Ele consegue trabalho como preparador de cadáveres para funerais e começa a refletir sobre a vida e a morte.

Talvez alguns irão lembrar que a Partida foi o primeiro filme a quebrar um jejum de trinta anos que o Japão não ganhava um Oscar de melhor filme estrangeiro (A ultima vez foi com Dersu Úzala de 1975) contudo o filme possui uma maneira fantástica de conquistar o publico com um tom de humor em meio a um tema delicado que é preparar os cadáveres para a cremação. Destaco o ator Masahiro Motoki que interpreta o personagem Daigo Kobayashi que de inicio aparece um tanto apático ganha força, personalidade vida através desse novo oficio tão mórbido.

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Cine Clássicos Contemporâneos: O Segredo de Brokeback Mountain

Ang Lee encara de frente o preconceito em 2005 e cria um dos melhores filmes das década


Sinopse
Brokeback Mountain narra a história de Jack Twist (Jake Gyllenhaal) e Ennis del Mar (Heath Ledger), dois jovens vaqueiros que se conhecem e se apaixonam em 1963, enquanto trabalham juntos em um serviço de pastoreamento de ovelhas na fictícia montanha de Brokeback, no Wyoming. O filme documenta o complexo relacionamento emocional, sexual e romântico que eles passam a ter no curso de dezoito anos.

Ledger e Jake Gyllenhaal, brilham nos seus respectivos papeis em um filme que não faltam belas paisagens, fotografia excelente e um ótimo roteiro sobre um amor proibido devido ao preconceito. Grande sucesso de publico e critica na época, foi vencedor de três Oscar (melhor diretor, roteiro e trilha sonora). Vale citar a presença Michelle Williams que faz um extraordinário desempenho numa única cena que acabou merecendo uma indicação ao Oscar

Curiosidades:
Heath Ledger quase quebrou o nariz de Jake Gyllenhaal ao rodarem uma cena de beijo.
Durante as filmagens Heath Ledger iniciou um relacionamento de mais de dois anos com Michelle Williams, que acabou se tornando a mãe de Matilda Rose, sua única filha. Jake Gyllenhall é o padrinho da menina.

Cine Especial: Um curtinha muito especial

Falando de Monstros SA me lembrei de um divertido curta com a dupla central do filme principal que veio junto com o DVD do filme
Assistindo a esse curtinha da para ficar pensando duas vezes antes de comprar um carro mais avançado hehehehe

Confiram:

Cine Animação: Monstros SA

Primeiro filme a Pixar do século 21 provou que o estúdio iria longe

sinopse
Monstros S.A. é a maior fábrica de sustos existente. Localizada em uma dimensão paralela, a fábrica constrói portais que levam os monstros para os quartos das crianças, onde eles poderão lhes dar sustos e gerar a fonte de energia necessária para a sobrevivência da fábrica. Entre todos os monstros que lá trabalham o mais assustador de todos é James P. Sullivan (John Goodman), um grande e intimidador monstro de pêlo azul e chifres, que é chamado de Sully por seus amigos. Seu assistente é Mike Wzowski (Billy Crystal), um pequeno ser de um olho só com quem tem por missão assustar as crianças, que são consideradas tóxicas pelos monstros e cujo contato com eles seria catastrófico para seu mundo. Porém, ao visitar o mundo dos humanos a trabalho, Mike e Sully conhecem a garota Boo (Mary Gibbs), que acaba sem querer indo parar no mundo dos monstros e provoca a expulsão de ambos para o mundo real.



Esta nova parceria dos estudos Pixar e Disney responsáveis pelos sucessos anteriores a esse como Toy Story 1 e 2 e Vida de Inseto é um convite irresistível. Com impecável animação gerada por computadores, este não é só um espetáculo para os olhos: Bem escrito e enxuto, o filme possui um excelente humor, é terno e carinhoso e não abdica das cenas de ação e perseguição. A idéia central é muito boa: o grito das crianças é o que gera energia neste mundo paralelo, os monstros competem entre si pela pole position na arrecadação de berros. Tudo no mais perfeito esquema familiar

Curiosidades:
Na cena em que Sulley entra no quarto da Boo e ela vai dando vários bonecos para ele, um desses bonecos é o Nemo, de Procurando Nemo.
Venceu na categoria de melhor canção original no Oscar de 2002

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Cine Clássicos Contemporâneos: Uma Mente Brilhante

Esqueça (por um momento) Caminho das Índias e veja a verdadeira analise sobre esquizofrenia que assombrou um dos maiores gênios do século passado

sinopse
John Nash (Russell Crowe) é um gênio da matemática que, aos 21 anos, formulou um teorema que provou sua genialidade e o tornou aclamado no meio onde atuava. Mas aos poucos o belo e arrogante John Nash se transforma em um sofrido e atormentado homem, que chega até mesmo a ser diagnosticado como esquizofrênico pelos médicos que o tratam. Porém, após anos de luta para se recuperar, ele consegue retornar à sociedade e acaba sendo premiado com o Nobel.

A certas passagens no meio da historia que não devem ser reveladas por contribuírem de forma significativa na estranha densidade do filme, dirigido com maestria por Howard. Ele criou um sugestivo clima sombrio, coerente com os tormentos de Nash. Produção de alto nível, finalista em oito categorias do Oscar, ganhou quatro: Melhor filme, melhor diretor, atriz coadjuvante (Connely) e roteiro adaptado.
Curiosidades:
Inicialmente seria Robert Redford quem dirigiria Uma Mente Brilhante
Tom Cruise esteve cotado para interpretar John Nash em Uma Mente Brilhante

Cine Animação: Procurando Nemo

Lançado em 2003, filme da Pixar se tornou a maior bilheteria do estúdio
Sinopse
Nemo é um pequeno peixe-palhaço, que repentinamente é sequestrado do coral onde vive por um mergulhador e passa a viver em um aquário. Decidido a encontrá-lo, seu tímido pai sai em sua busca, tendo como parceria a ingênua Dory.

Grande sucesso de 2003, Procurando Nemo encantou pelo seu ótimo visual do fundo do mar feito em animação computadorizada e pelos personagens carismáticos como a desmemoriada pechinha Dory, dublada pela comediante Ellen DeGeneres. Se tornou desde então o primeiro filme do estúdio a ganhar o Oscar de melhor longa de animação categoria que na época era uma novidade.
Curiosidades::
Um dos tubarões brancos vistos em Procurando Nemo se chama Bruce. Trata-se de uma citação a Tubarão no qual o diretor Steven Spielberg apelidou o tubarão eletrônico com este nome.
O ator John Katzenberger, que dubla Moonfish em Procurando Nemo participou na dublagem de todos os longa-metragens da Pixar lançados anteriormente

Cine Curiosidades: George Clooney, um comediante no Festival de Veneza

O ator George Clooney voltou a roubar a cena no Festival de Veneza. Durante uma coletiva de imprensa sobre seu novo filme, The men who stare at goats, o galã de 48 anos brincou com os boatos de que seria homossexual, riu de si mesmo e demonstrou bom humor diante de um pedido de casamento de um jornalista seminu.
O "show" de Clooney começou logo no início da coletiva, com piadas sobre os fones de tradução simultânea e sobre a altura das cadeiras. Questionado sobre sua mão direita, que estava enfaixada, o ator não perdeu a oportunidade de arrancar risos da plateia: "Gostaria de dizer que foi jogando basquete, mas não foi isso. Estou ficando tonto com a idade", disse.
Os encantos de Clooney chegaram a arrancar manifestações acaloradas. Uma delas foi a de um jornalista que tirou a roupa e ficou só de cueca e gravata - onde se podia ler "George, choose me" (George, me escolha). "A gravata é bonita e é mais que suficiente. Espere aí e depois conversamos", brincou o ator.

Sobre os boatos de que seria homossexual, não poupou nem mesmo o diretor do filme, Grant Heslov. "Grant e eu gostaríamos de anunciar hoje nosso casamento". A uma jornalista que o questionou sobre os poderes paranormais abordados no filme - e que também se declarou ao ator -, Clooney respondeu que está se preparando para atravessar uma parede.

Cine Dicas: Lançamento em DVD: O Visitante

Após o encerramento da série A Sete Palmos, Richard Jenkins brilha neste belo drama

Sinopse:
Walter Vale (Jenkins), um professor de Economia de Connecticut, precisa ir a Nova York para uma conferência. Porém, descobre que tem um casal morando em seu apartamento: Tarek (Sleiman) e Zainab (Danai), imigrantes ilegais que tocam suas vidas normalmente na Big Apple. Após um habitual período de desentendimentos, o professor acaba propondo abrigo para eles em seu apartamento e, aos poucos, vai se envolvendo com essas pessoas e com o tambor sírio, instrumento que Tarek toca.

O filme é uma ótima pedida! A começar pelo ótimo elenco afiado, magistral Richard jenkins, deveria ter levado o Oscar, contido e extraordinário na sequencia final na alfandega o ator sai de vez da figura do eterno coadjuvante. E ganha luz própria
Curiosidades:
O Visitante é o 2º filme dirigido por Thomas McCarthy. O anterior foi O Agente da Estação (2003).
Exibido na mostra Panorama do Cinema Mundial, no Festival do Rio 2008.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Especial Quentin Tarantino: A Prova da Morte

Ainda inédito nos cinemas brasileiros, filme de Quentim é uma parceria com o diretor Robert Rodriguez
Sinopse:
Jungle Julia (Sydney Tamiia Poitier), a DJ mais sexy de Austin, sai para se divertir com suas melhores amigas. Atraentes, elas chamam a atenção de todos por onde passam, inclusive a do misterioso Stuntman Mike (Kurt Russell), um dublê temperamental que se esconde atrás do volante do seu carro indestrutível. Ele passa a seguir as garotas com a intenção de matá-las. Na segunda história, Stuntman Mike escolhe suas vítimas no Tennessee, porém entre as quatro amigas estão duas experientes dublês que darão muito trabalho ao psicopata.

Certas coisas continuam inexplicáveis e uma delas é o fato de alguns ótimos filmes ficarem inéditos por aqui, é como o caso do filme A Prova da Morte que foi rodado juntamente com Planeta terror.
Quentin Tarantino e Robert Rodrigues decidiram que os dois deveriam fazer um grande filme em homenagem aos filmes baratos que eram feitos aos montes nos anos 70, típicos filmes podridões mas divertidos que se podiam ver varias vezes ao preço de um dólar.
Quando ambos os projetos foram lançados juntos como um único filme, infelizmente o publico americano não captou bem a mensagem e acabou se tornando um relativo fracasso. Para sanar o problema, ambos os diretores decidiram dividir o filme em dois ao redor do mundo, A Prova da Morte de um lado, e Planeta Terror do outro. Esse ultimo alias chegou a estrear nos cinemas e tive o maior prazer de assistir na tela grande, parecia que tinha voltado no tempo, assistindo a um filme barato num cinema sujo, achei muito divertido. Mas os brasileiros também não captaram a brincadeira e com isso A Prova da Morte se tornou inédito até hoje e no Maximo chegara as locadoras um dia. Talves agora com Bastardos inglórios chegando aos cinemas, esse filme inédito de Quentim finalmente consiga ver um DVD
Enquanto isso fiquem com uma critica de alguém que teve o prazer de assistir a esse filme numa amostra de São Paulo.
http://www.cinelog.com.br/?page_id=856



domingo, 6 de setembro de 2009

Cine Dicas: Lançamento em DVD: Desejo e Perigo

Ang Lee (Tigre e o Dragão) retorna a boa forma neste épico romântico oriental
Sinopse:
O filme é ambientado na China pós-Segunda Guerra Mundial, entre os anos 30 e 40. Numa trama que envolve o tenso cenário político da época no país, quando os chineses sofriam com o racionamento de mantimentos e a invasão japonesa, Chia Chi Wong (a estreante Wei Tang) começa a se envolver com um grupo de teatro em Hong Kong. Lá, ela conhece Min Kuang Yu (Wang Lee-Hom) e, graças a ele, passa a se envolver em causas revolucionárias. Graças aos seus talentos dramáticos, a protagonista é escalada para uma missão: ela deve se infiltrar no lar dos Yee para desmascarar o sr. Yee (Tony Leung), possível espião da causa japonesa.

Desejo e Perigo ganhou o Leão de Ouro de Melhor Filme no Festival de Veneza de 2007, além do prêmio para Melhor Fotografia, mas estreou no Brasil com muito atraso, quase dois anos depois

Curiosidades: As cenas de sexo de Desejo e Perigo foram rodadas em 11 dias em um set fechado, onde estavam presentes apenas o câmera e o responsável pelo som, entre os integrantes da equipe técnica.
O governo de Taiwan presenteou o diretor Ang Lee com US$ 303 mil, como recompensa por ter ganho o Leão de Ouro com Desejo e Perigo. Lee doou a quantia para ajudar diretores iniciantes a produzirem seus próprios filmes.

Cine Dicas: Em Cartaz: UP - Altas Aventuras

Não sabendo fazer filmes ruins, Pixar lança mais uma obra prima para o cinema
Sinopse:
Carl Fredricksen (Edward Asner) é um vendedor de balões que, aos 78 anos, está prestes a perder a casa em que sempre viveu com sua esposa, a falecida Ellie. O terreno onde a casa fica localizada interessa a um empresário, que deseja construir no local um edifício. Após um incidente em que acerta um homem com sua bengala, Carl é considerado uma ameaça pública e forçado a ser internado em um asilo. Para evitar que isto aconteça, ele enche milhares de balões em sua casa, fazendo com que ela levante vôo. O objetivo de Carl é viajar para uma floresta na América do Sul, um local onde ele e Ellie sempre desejaram morar. Só que, após o início da aventura, ele descobre que seu pior pesadelo embarcou junto: Russell (Jordan Nagai), um menino de 8 anos.

Talvez o maior defeito dos estúdios atualmente (principalmente os de Hollywood) é de se preocupar demais com o lado de pirotecnia em vez de se preocupar com a principal ferramenta de sucesso de um filme que é criar uma boa historia. No caso dos estúdios Pixar a situação é o inverso. John Lasseter (produtor executivo) e sua equipe se preocupam acima de tudo em criar uma boa historia para conquistar a simpatia do publico já nos primeiros minutos da trama, a pirotecnia, apesar de importante, fica em segundo plano. Unindo uma boa historia e altas técnicas de animação (agora com a ferramenta 3D do momento) Pixar a cada filme que lança, sempre é sinal de obra prima a caminho e com UP- Altas Aventuras não é diferente.
Pete Docter e Bob Peterson (responsáveis pelo ótimo Monstros S.A) com sua direção e roteiro conquistam o espectador já nos dez minutos de projeção da historia ao apresentar a vida do casal Carl e Elie de como eles se conheceram, suas tentativas de realizar seus sonhos e suas dores nas perdas ao longo da vida, e é neste momento que o filme nos conquista de uma maneira magistral jamais vista, nos arrancando sorrisos mas ao mesmo tempo várias lagrimas mesmo da mais dura alma humana. E é ai que está o grande segredo do sucesso desse novo filme, que é alternando humor com boas doses de emoção e aventura na medida certa que não se via em anos no cinema. Como sempre os coadjuvantes tem o seu destaque, o pequeno escoteiro Russell é o grande achado da trama na parte do humor e é ele que será o responsável em fazer Carl descobrir que sua verdadeira e nova aventura da vida estava apenas começando.
Muitos consideraram que a Pixar havia chegado ao seu ápice com Wall-E mas assistindo a UP- Altas Aventuras nos damos conta que talvez o estúdio jamais chegue lá, porque mais e mais eles nos surpreendem a cada ano que passa com seus filmes e não me surpreenderia que o estúdio seja novamente indicado ao Oscar de melhor longa de animação por esse filme e ganhar em 2010 anotem ai o que eu digo. Pixar um dia fará um filme ruim? Que esse dia jamais chegue.