Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Cine Clássicos Contemporâneos: Especial Mês das Bruxas: O HOMEM SEM SOMBRA

INSPIRADO NO CLÁSSICO DE 1933, FILME FOI UM DOS ULTIMOS BONS FILMES  DE  PAUL VERHOEVEN

Sinopse:
 Depois de anos de testes, o Dr. Sabastian Caine, um cientista brilhante, egoísta e arrogante que trabalha para o Departamento de Defesa, consegue realizar com sucesso experiências que tornam cobaias invisíveis, trazendo-as mais tarde à sua forma física original. Disposto a romper a última barreira, Caine dá início a terceira fase de seu projeto: a experimentação em seres humanos. Caine oferece-se como cobaia para ser o primeiro humano a vivenciar a invisibilidade. Depois do sucesso do projeto, a tensão aumenta quando sua equipe não consegue torná-lo visível novamente. Com o passar dos dias, a situação fica mais e mais fora de controle, condenando Caine a um futuro sem corpo, a viver como O HOMEM SEM SOMBRA.


Apenas na meia hora final o filme perde parte do seu impressionante  vigor. Menos por culpa da direção do sempre criativo Verhoeven (Instinto Selvagem) e mais  pelo roteiro carregar na força e astúcia do egocêntrico cientista Sebastian (Kevin Bacon em atuação impressionante). Otimos efeitos especiais que impressionam até hoje.

Curiosidades:
Recebeu uma indicação ao Oscar, na categoria de Melhores Efeitos Especiais.

Ganhou o prêmio de melhor filme, de acordo com o público, no Festival de Locarno.
Durante as filmagens, a atriz Elizabeth Shue sofreu um acidente no tendão de Aquiles que impossibilitou-a de filmar novas cenas para O Homem Sem Sombra. Como ela já havia gravado muitas cenas como a personagem Linda McKay e sairia muito caro contratar outra atriz em seu lugar e regravar tais cenas, os produtores e o diretor Paul Verhoeven resolveram paralisar as filmagens até que a atriz se recuperasse totalmente.

Nenhum comentário: