Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 90 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura e atualmente sou colunista da pagina Cinema e Movimento. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

segunda-feira, 30 de abril de 2018

Cine Dica: Em Cartaz: Vingadores: Guerra Infinita

Sinopse: Homem de Ferro, Thor, Hulk e os Vingadores se unem para combater seu inimigo mais poderoso, o maligno Thanos. Em uma missão para coletar todas as seis pedras infinitas, Thanos planeja usá-las para infligir sua vontade maléfica sobre a realidade.

As frases "paciência é uma virtude", ou "quem espera sempre alcança", nunca se encaixaram tão bem quanto para o estúdio Marvel. Diferente de certos concorrentes, o estúdio preferiu apresentar o seu universo expandido no cinema de uma forma gradual ao longo desses dez anos, ao ponto de vermos heróis se cruzarem no mesmo filme passou a ser algo rotineiro e um colírio para os olhos de qualquer fã que se preze. Porém, Vingadores: Guerra Infinita é o ápice desse projeto ambicioso, onde vemos praticamente todos heróis se reunirem para combater o maior perigo que eles jamais enfrentaram.
Dirigido pelos irmãos Joe Russo e Anthony Russo (dos últimos filmes do Capitão América), o filme finalmente apresenta Thanos, alienígena da Lua Titã, cuja a ambição é reunir as seis joias do infinito, para que assim possa dizimar metade do universo e obter o equilíbrio que ele tanto deseja. Porém, o vilão terá que cometer certos sacrifícios, dos quais não terão  volta e que terá sérias consequências futuramente. Vendo o genocídio se aproximar, os principais heróis da terra e da galáxia unem suas forças para tentar deter Thanos e para que ele nunca consiga obter todas as joias. 
Tendo feito um ótimo trabalho em Capitão América: Soldado Invernal e Guerra Civil, os irmãos Russo tiveram carta branca para comandar o projeto que todos estavam esperando ao longo desses anos, mas ninguém imaginou que o filme se tornaria tao épico e imprevisível. O início já começa arrasador, onde voltamos aonde Thor Ragnarok havia terminado e mostrando as consequências com a chegada de Thanos a nave de Asgard. Os minutos iniciais já nos tiram o fôlego e nos dando uma dica do que irá prosseguir ao longo das mais de duas horas de filme. 
O que mais impressiona é que, finalmente, a Marvel apresentou um vilão que realmente rouba a cena e essa tarefa acabou no colo do ator Josh Broli (que será visto no próximo Deadpool). Surgindo rapidamente durante os créditos de Vingadores e como mero coadjuvante no primeiro filme de Guardiões da Galáxia, Thanos surge aqui com um objetivo megalomaníaco, mas que, graças a interpretação de Broli, faz com que compreendemos o seus sentimentos com relação em querer salvar o universo do seu modo, mesmo que por mais horrível que seja as consequências que irão surgir para obter tal feito. Embora seja moldado com efeitos visuais, Thanos é, surpreendentemente, o personagem mais humano,  melhor trabalhado ao longo de todo filme e sendo o verdadeiro protagonista da obra como um todo.
Outro fator surpresa, o que faz com nos identifiquemos ainda mais com o personagem, é a sua relação complexa que ele possui com a sua filha adotiva Gamora (Zoe Saldana) da equipe dos Guardiões Da Galáxia. É nesses momentos que se tornam o maior trunfo do filme, onde as perseguições e efeitos visuais ficam um pouco de lado e dando lugar a interpretações comoventes, principalmente de Saldana onde tem um papel essencial  em meio ao grande conflito. E se alguns heróis acabam se tornando mera decoração devido a tantos eventos e personagens que surgem ao mesmo tempo, eis que outros, como o Doutor Estranho, por exemplo, se tornam as peças principais com relação ao futuro de todos. 
Divididas em três subtramas, duas no espaço e uma na terra, o filme é um verdadeiro show de efeitos visuais de ponta, além de lutas corpo a corpo e batalhas campal de tirar o fôlego. Vale lembrar que o filme ainda vem no embalo do grande sucesso que foi Pantera Negra e o cenário de Wakanda não poderia ficar de fora. Adianto que os momentos mais dramáticos de toda a trama se encontram lá e que irá culminar no momento mais trágico de todos esses dez anos de Marvel no cinema.
Se muitos reclamaram da falta de coragem da Marvel em ousar, eis que aqui o estúdio paga para nós e com juros. Espere por perdas, mortes, tristeza e falta de esperança. É O Império contra ataca do estúdio e que só veremos a conclusão dessa tragédia grega ano que vem. 
Vingadores - Guerra Infinita possui todos os ingredientes do sucesso Marvel lançados até aqui e gerando um épico cinematográfico que dificilmente iremos esquecer. 

Cine Dica: 50 Anos de 1968: História, Ensino e Memória



 Sem Destino

Segue release da mostra 50 Anos de 1960: Ensino e Memória, que acontece de 02  a 11 de maio e de 28 a 30 de maio.

Agradeço desde já pela divulgação.



Cordialmente,

Tânia Cardoso de Cardoso

Coordenadora e curadora

Sala Redenção – Cinema Universitário

www.difusaocultural.ufrgs.br

(51) 3308-4081



50 Anos de 1968: História, Ensino e Memória



Então chegamos aos cinquenta anos do inesquecível ano de 1968. Tudo se encontra resolvido, todas as dúvidas de outrora, as incertezas, as desigualdades, as misérias e principalmente o modelo político a ser buscado está dado ou, em vias de ser alcançado. O mundo não é mais polarizado entre Ocidente e Oriente, entre comunismo e capitalismo, e caminhamos céleres para o bem comum. Porém, essas afirmações parecem tão distantes quanto mais nos afastamos de 1968: a revolta daquelas massas de jovens que queriam mudar o mundo e os “sistemas” de Leste a Oeste foi domesticada, pasteurizada e, sobretudo, despolitizada e transformada em mercadoria.

Por meio de uma seleção de filmes, a mostra 50 Anos de 1968: História, Ensino e Memória, tenta enquadrar o contexto e alguns dos valores da época registrados em planos e sequências. Do março brasileiro ao maio francês, passando por cenários diversos como a Inglaterra, os Estados Unidos e o Vietnã. Registros fílmicos da política, da memória, das aspirações, e da efervescência cultural embalados por significativa trilha sonora.

Em tempos sombrios, como os atuais, seria muito bom que o ano de 1968 permanecesse como o “ano que não terminou” e, ainda que por instantes, pudéssemos olhar o passado na tela e buscar nele alguma inspiração para contestar e exercer nossa cidadania. Que a generosidade, a abnegação, a dedicação e a capacidade de mobilização daqueles que há cinquenta anos ousaram sonhar de olhos abertos nos possuam e nos poupem de um novo treze de dezembro de 1968, para que possamos caminhar mais próximos da utopia em vez da barbárie.



Nilo Piana de Castro,

professor de história do Colégio Aplicação da UFRGS e curador da mostra

 

OS SONHADORES

02 de maio | Quarta-feira | 16h

09 de maio | Quarta-feira | 19h

Dir. Bernardo Bertolucci | França, Reino Unido e Itália | 2004 | 116min

Matthew (Michael Pitt) é um jovem que, em 1968, vai estudar em Paris. Lá ele conhece os irmãos gêmeos Isabelle (Eva Green) e Theo (Louis Garrel). Os três logo se tornam amigos, dividindo experiências e relacionamentos enquanto Paris vive a efervescência da revolução estudantil.



PLATOON

03 de maio | Quinta-feira | 16h

10 de maio | Quinta-feira | 19h

Dir. Oliver Stone | EUA  |1984 | 120 Min

Chris (Charlie Sheen) é um jovem recruta recém-chegado a um batalhão americano em meio à Guerra do Vietnã. Idealista, Chris foi um voluntário para lutar na guerra pois acredita que deve defender seu país, assim como fizeram seu avô e seu pai em guerras anteriores. Mas aos poucos, com a convivência dos demais recrutas e dos oficiais que o cercam, ele vai perdendo sua inocência e passa a experimentar de perto toda a violência e loucura de uma carnificina sem sentido.



CALABOUÇO, 1968: UM TIRO NO CORAÇÃO DO BRASIL + O QUINTAL DOS GUERRILHEIROS

03 de maio | Quinta-feira | 19h*

04 de maio | Sexta-feira | 16h

Calabouço, 1968: Um tiro no Coração do Brasil (Dir. Carlos Pronzato Brasil, 2014, 59 Min.). Na tarde do dia 28 de março, o restaurante estudantil estava repleto de jovens, na maioria secundaristas, que reivindicavam a conclusão das obras do local e melhorias na alimentação, quando foram reprimidos com violência pela Polícia Militar. Foi quando um tiro dado à queima roupa matou o jovem estudante Edson Luís, cujo corpo foi velado na antiga Assembleia Legislativa, que funcionava onde hoje é a atual Câmara de Vereadores, na Cinelândia, no centro da cidade do Rio de Janeiro. O documentário é ponto de partida para reflexões sobre todo o período da ditadura militar até a redemocratização e as manifestações de rua dos dias atuais.



O Quintal dos Guerrilheiros (Dir. João Massarolo, Brasil 2005, 15 Min.).

Um fundo de quintal brasileiro não precisa ter só pagode e churrasco. Pode também abrigar três jovens idealistas lutando contra a ditadura. Além do Brasil que brinca, conheça o Brasil que sonha.



* Após os filmes palestra e debate Professor Nilo Pina de Castro CAp UFRGS



REVOLUÇÃO EM DAGENHAM

04 de maio | Sexta-feira | 19h

07 de maio | Segunda-feira | 16h

Dir. Nigel Cole, ING. 2010, 113min

1968, Dagenham, Inglaterra. Entre os milhares de funcionários da Ford estão 187 mulheres que recebem pouco e trabalham em condições precárias. Revoltadas e sob a liderança de Rita O'Grady (Sally Hawkins), elas iniciam uma greve que abala o país e muda o mundo.



SEM DESTINO EASY RIDER

07 de maio | Segunda-feira | 19h

08 de maio | Terça-feira | 16h

Dir. Dennis Hopper |  EUA | 1969 | 94 min

Wyatt (Peter Fonda) e Billy (Dennis Hopper) são motoqueiros que viajam pelo sul dos Estados Unidos. Após levarem drogas do México até Los Angeles, eles as negociam com um homem em um Rolls-Royce. Com o dinheiro a dupla parte rumo ao leste, na esperança de chegar a Nova Orleans a tempo para o Mardi Grass, um dos Carnavais mais famosos em todo o planeta.



DIAS DE FOGO

08 de maio | Terça-feira | 19h

09 de maio | Quarta-feira | 16h

Dir. Haskell Wexler | EUA | 1969 | 111 min

John Cassellis é o mais duro repórter de notícias da TV. Sua área de interesse é reportar sobre a violência no gueto e as tensões raciais. Mas ele descobre que sua rede ajuda o FBI, deixando-o olhar para suas fitas para encontrar suspeitos. Quando ele protesta, ele é demitido e vai para a Convenção Nacional Democrata de 1968 em Chicago, Illinois.



UTOPIA E BARBÁRIE

10 de maio | Quinta-feira | 16h

11 de maio | Sexta-feira | 19h

Dir. Silvio Tendler | Brasil | 2009 | 120 min

O filme de Sílvio Tendler se organiza a partir dos conceitos de “Utopia” e “Barbárie” e traz um conjunto de acontecimentos históricos pós 2ª Guerra Mundial.



 A BATALHA DA MARIA ANTÔNIA

11 de maio | Sexta-feira | 16h

28 de maio | Segunda-feira | 19h*

Dir. Renato Tapajós | Brasil | 2014 |76min

O documentário sobre o confronto entre estudantes da Faculdade de Filosofia da USP e estudantes da Faculdade Mackenzie, que culminou na morte do aluno José Guimarães e com o incêndio do prédio da Faculdade de Filosofia, em outubro de 1968, na rua Maria Antonia, em São Paulo. Um conflito que representou uma briga, não só entre estudantes, mas sim de ideologias de esquerda e direita, em meio à Ditadura Militar do Brasil.



* Após o filme palestra e debate Professor Nilo Pina de Castro CAp UFRGS



ACROSS THE UNIVERSE

28 de maio | Segunda-feira | 16h

29 de maio | Terça-feira | 19h

Dir. Julie Taymor | EUA | ING | 2007 | 134 min



Década de 60. Jude (Jim Sturgees) e Lucy (Evan Rachel Wood) estão perdidamente apaixonados. Juntamente com um grupo de amigos e músicos eles se envolvem nos movimentos da contracultura de sua época, tendo como guias o dr. Robert (Bono) e o sr. Kite (Eddie Izzard).



TROPICÁLIA

29 de maio | Terça-feira | 16h*

30 de maio | Quarta-feira | 16h*

Dir. Marcelo Machado | Brasil | 2012 | 87 min

 Uma análise sobre o importante movimento musical homônimo, liderado por Caetano Veloso e Gilberto Gil no final dos anos 1960. O documentário resgata uma fase na história do Brasil em que cena musical fervilhava e os festivais revelavam vários novos talentos. Ao mesmo tempo, o Brasil sofria com a ditadura dos generais no poder, o que fez com que Caetano e Gil fossem exilados do país.



 * Após o filme palestra e debate com professor Nilo Pina de Castro CAp UFRGS

sexta-feira, 27 de abril de 2018

Cine Dica: Em Blu-Ray - DVD – VOD: Extraordinário




 Leia a minha crítica já publicada clicando aqui.



 
Me sigam no Facebook, twitter, Google+ e instagram

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Cine Dicas: Estreias do final de semana (26/04/18)



 Vingadores: Guerra Infinita
Sinopse: Homem de Ferro, Thor, Hulk e os Vingadores se unem para combater seu inimigo mais poderoso, o maligno Thanos. Em uma missão para coletar todas as seis pedras infinitas, Thanos planeja usá-las para infligir sua vontade maléfica sobre a realidade.


A Cidade do Futuro
Sinopse: Em uma região marcada pelo machismo e pela homofobia, Milla, Gilmar e Igor formarão uma família fora dos padrões.

Estrelas de Cinema Nunca Morrem
Sinopse:Quando o jovem ator britânico Peter Turner (Jamie Bell) encontra Gloria Grahame (Annette Bening) pela primeira vez, ele nem suspeita que se trata de uma atriz famosa, que já venceu um Oscar durante a juventude. Décadas mais tarde, no entanto, ela foi esquecida e leva uma vida decadente. Aos poucos, os dois se aproximam e desenvolvem uma história de amor, apesar do preconceito da sociedade. O destino separa os dois mas, anos mais tarde, Gloria reaparece para Peter confessando sofrer de uma doença, e pede ajuda. Peter deve decidir se aceita cuidar dela, enquanto relembra os motivos que aproximaram o casal no passado.

 Um Caminho Budista para a Liberdade

Sinopse: Marta, que era atriz quando conheceu LAMA OLE, marido de Hannah em 1990 e começou a praticar o budismo. Desde então tem vivido e trabalhado em diferentes comunidades budistas espalhadas a Europa. Em 2002, ela começou a dar conferências sobre budismo e segue na atividade em distintos países. Marta também viajou com Hannah y Lama Ole por mais de 15 anos em todo o mundo.

Praça Paris
Sinopse: Camila é uma terapeuta portuguesa que trabalha na UERJ, onde atende Glória, ascensorista da universidade. Ao longo das sessões Camila se depara com uma realidade bastante violenta, já que Glória foi estuprada pelo próprio pai quando criança e seu irmão, Jonas, é um perigoso bandido que está na prisão. Cada vez mais assustada com os relatos que ouve, ela se sente ameaçada ao mesmo tempo em que Glória passa a vê-la como alguém essencial em sua vida.

Rogério Duarte, o Tropikaoslista
Sinopse: Um mergulho na vida e na obra de Rogério Duarte, uma das figuras seminais das artes e do pensamento brasileiro dos últimos 50 anos. Músico, compositor, artista gráfico, um dos criadores do Tropicalismo, Rogério sempre esteve por trás - e sempre à frente - de tudo que havia de mais moderno e contemporâneo na cultura brasileira.

O pacto de Adriana
Sinopse: Com o objetivo de conhecer realmente quem é sua tia Adriana, a diretora embarca na história passada e presente dessa mulher que era seu ídolo quando criança. Ainda na infância, 2007, sua tia foi presa por ter trabalhado na polícia secreta de Pinochet. Em 2011, ela fugiu do país enquanto enfrentava julgamento sobre o assassinato de um importante líder comunista. Em 2015, vive na iminência de uma extradição pelas mãos dos chilenos que vivem na Austrália. Um relato íntimo repleto de segredos.

Somente o Mar Sabe
Sinopse: Donald Crowhurst (Colin Firth), empresário britânico e navegante amador, decide se tornar o primeiro homem a dar a volta ao mundo sem paradas, vencendo a Golden Globe Race de 1968 e faturando um polpudo prêmio. Deixando em terra mulher (Rachel Weisz), filhos e muitas dívidas referentes à construção de sua inovadora embarcação, ele parte numa solitária aventura náutica marcada por problemas, inexperiência e desespero.

Tudo que Quero
Sinopse: O mundo é um lugar confuso para Wendy, uma jovem que, apesar do autismo, é independente e brilhante. Wendy escreve histórias de fantasia em seu tempo livre e, quando ela descobre uma competição, decide terminar seu roteiro e participar. Agora o problema é entregar o roteiro. Com seu pequeno cão e apenas alguns dólares no bolso, Wendy decide corajosamente ir em busca de seu sonho, embarcando numa aventura repleta de desafios e surpresas.






Me sigam no Facebook, twitter, Google+ e instagram