Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio e comunicador do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 31 de março de 2022

Cine Dicas: Estreias do Final de Semana (31/03/2022)

 MORBIUS

Sinopse: Gravemente adoecido com um raro distúrbio sanguíneo e determinado a salvar outros que sofrem do mesmo destino, o Dr. Morbius arrisca tudo numa aposta desesperada. E embora a princípio tudo pareça um sucesso absoluto, surge uma escuridão que se desencadeia dentro dele. O bem superará o mal - ou Morbius sucumbirá aos seus novos e misteriosos desejos?



MADRUGADA EM PARIS

Sinopse: Mikaël é um médico noturno. Ele cuida de pacientes de bairros vulneráveis, mas também daqueles que ninguém quer ver: os viciados. Dividido entre a mulher e a amante e arrastado pelo primo farmacêutico para um perigoso esquema de receitas falsas, sua vida se torna um caos. Mikaël não tem escolha: esta noite, ele deve decidir seu destino.


PAJEÚ

Sinopse: Maristela é atormentada por um sonho constante: uma criatura emergindo das águas do Riacho Pajeú. A estranheza e insistência do pesadelo começam a atrapalhar o sono e o cotidiano da mulher que, procurando uma solução para seu problema, inicia uma pesquisa sobre o Riacho, sua história e seu desaparecimento. Os pesadelos não cessam. 



EPA! CADÊ O NOÉ 2

Sinopse: Em Epa! Cadê o Noé 2, a arca de Noé flutua em mar aberto, com os melhores amigos Finny, Leah e muitos animais a bordo. Mas, depois de semanas sem terra à vista, o estoque de alimento está acabando.


Joga no Google e me acha aqui:  
Me sigam no Facebook twitter, Linkedlin e Instagram.  

Cine Dica: PROGRAMAÇÃO DE 31 DE MARÇO A 6 DE ABRIL DE 2022 na Cinemateca Paulo Amorim

 SEGUNDAS-FEIRAS NÃO HÁ SESSÕES

 A MULHER DE UM ESPIÃO


SALA 1 / PAULO AMORIM


14h50 - A PROFESSORA DE VIOLINO Assista o trailer aqui.

(Das Vorspiel - Alemanha/França, 2021, 100min). Direção de Ina Weisse, com Nina Hoss, Simon Abkarian, Jens Albinus. Filmicca, 14 anos. Drama.

Sinopse: A violinista Anna Bronsky é professora em um conservatório e percebe um talento notável no jovem Alexander - apesar dos outros professores serem contra a admissão do estudante. Decidida a tornar o aluno um vencedor, ela o coloca em competição com o filho, Jonas, que também toca violino, e entra em conflito com o próprio marido. Prêmio de melhor atriz no Festival de San Sebastián para Nina Hoss.


17h – FABIAN – O MUNDO ESTÁ ACABANDO Assista o trailer aqui.

(Fabian oder Der Gang vor die Hunde - Alemanha, 2021, 175min). Direção de Dominik Graf, com Tom Schilling, Saskia Rosendahl, Albrecht Schuch. Zeta Filmes, 14 anos. Drama.

Sinopse: Fabian é um aspirante a escritor que se muda de Dresden para Berlim no início dos anos 1930 - quando a Europa estava em recessão e o Hitler ganhava poder na Alemanha. Ele só consegue emprego como redator de publicidade em um jornal de segunda categoria, ao mesmo tempo em que se apaixona por Cornelia, uma jovem que sonha com a carreira no cinema. Com um estilo que combina vários recursos da linguagem cinematográfica, o filme é adaptado do livro “Fabian. Die Geschichte eines Moralisten”, de Erich Kästner, publicado em 1931.

SALA 2 / EDUARDO HIRTZ


14h30 – A FELICIDADE DAS PEQUENAS COISAS Assista o trailer aqui.

(Lunana: A Yak in the Classroom - Butão/China, 2019, 110min). Direção de Pawo Choyning Dorji, com Sherab Dorji, Kelden Lhamo Gurung. Pandora Filmes, 12 anos. Comédia dramática.

Sinopse: Cansado da vida em seu pequeno país, um jovem professor butanês resolve tentar a sorte como cantor na Austrália. Mas ele precisa cumprir um último ano de trabalho e é enviado a uma escola distante, em uma aldeia glacial chamada Lunana. Sem conforto algum, o professor começa a ensinar as crianças da aldeia e, aos poucos, descobre os encantos do lugar. O longa foi um dos cinco concorrentes ao Oscar de filme internacional.


16h45 – A MULHER DE UM ESPIÃO *ESTREIA* Assista o trailer aqui.

(Supai no Tsuma - Japão, 2021, 115min). Direção de Kiyoshi Kurosawa, com Yu Aoi, Issey Takahashi, Ryota Bando. Zeta Filmes, 14 anos. Suspense/drama.

Sinopse: Às vésperas da Segunda Guerra Mundial, o empresário japonês Yusaku é afetado em seus negócios pelo alinhamento do Japão com a Alemanha e a Itália. Então, resolve buscar outros pontos comerciais na Manchúria, onde acaba testemunhando fatos políticos graves. Enquanto isso, a mulher de Yusaku é procurado por Taiji, amigo de infância e hoje um militar importante. Prêmio de melhor direção no Festival de Veneza em 2020.


19h – MATEÍNA – A ERVA PERDIDA *ESTREIA* Assista o trailer aqui.

(Uruguai/Brasil/Argentina, 2021, 75 min). Direção de Joaquín Peñagaricano e Pablo Abdala Richero, com Federico Silveira, Martín Sacco e Diego Licio. Lança Filmes, 12 anos. Comédia dramática.

Sinopse: Num futuro próximo, a erva-mate está proibida para consumo no Uruguai. Dispostos a lucrar com o episódio, dois vendedores ilegais iniciam uma jornada rumo ao Paraguai para contrabandear o insumo. Durante a viagem, transformam-se em heróis por acaso — e tentam devolver ao povo sua identidade perdida. Prêmio de melhor filme no Festival de Cinema da Fronteira em 2021.


*Na quinta, 31, exibição fechada para convidados;

*Na sexta, dia 1, os diretores participam de sessão comentada com o público.


PREÇOS DOS INGRESSOS:

TERÇAS, QUARTAS e QUINTAS-FEIRAS: R$ 12,00 (R$ 6,00 – ESTUDANTES E MAIORES DE 60 ANOS). SEXTAS, SÁBADOS, DOMINGOS, FERIADOS: R$ 14,00 (R$ 7,00 - ESTUDANTES E MAIORES DE 60 ANOS). CLIENTES DO BANRISUL: 50% DE DESCONTO EM TODAS AS SESSÕES. 

Professores têm direito a meia-entrada mediante apresentação de identificação profissional. Estudantes devem apresentar carteira de identidade estudantil. Outros casos: conforme Lei Federal nº 12.933/2013. Brigadianos e Policiais Civis Estaduais tem direito a entrada franca mediante apresentação de carteirinha de identificação profissional.

*Quantidades estão limitadas à disponibilidade de vagas na sala.

A meia-entrada não é válida em festivais, mostras e projetos que tenham ingresso promocional. Os descontos não são cumulativos.Tenha vantagens nos preços dos ingressos ao se tornar sócio da Cinemateca Paulo Amorim. Entre em contato por este e-mail ou pelos telefones: (51) 3136-5233, (51) 3226-5787.


Acesse nossas plataformas sociais:

https://linktr.ee/cinematecapauloamorim

quarta-feira, 30 de março de 2022

Cine Dica: PROGRAMAÇÃO CINEMATECA CAPITÓLIO 31 de março a 06 de abril de 2022

A Mulher de um Espião,

FILMES DE FRANCIS FORD COPPOLA EM EXIBIÇÃO

De 31 de março a 14 de abril, a Cinemateca Capitólio apresenta a mostra Coppola: Um filme é uma pergunta, com uma seleção de oito filmes dirigidos por Francis Ford Coppola, um dos principais nomes da Nova Hollywood. O valor do ingresso é R$ 10,00.


Mais informações: http://www.capitolio.org.br/novidades/4957/coppola-um-filme-e-uma-pergunta/


ATAQUE DOS CÃES EM DEBATE

Neste sábado, 02 de abril, às 19h, a Cinemateca Capitólio promove em parceria com o Cineclube Academia das Musas, coletivo que estuda a obra de diretoras, uma sessão comentada de Ataque dos Cães, de Jane Campion. Tainara Fraga e Luciana Tubello, integrantes do cineclube, participam da conversa após a exibição. O valor do ingresso é R$ 16,00.


Mais informações: http://www.capitolio.org.br/eventos/4973/cineclube-academia-das-musas-ataque-dos-caes-debate/


ESTREIA DE NOVO FILME DE KIYOSHI KUROSAWA

A Mulher de um Espião, o mais novo filme do prestigiado realizador japonês Kiyoshi Kurosawa, entra em cartaz na Cinemateca Capitólio nesta quinta-feira, 31 de março. O valor do ingresso é R$ 16,00.


Mais informações: http://www.capitolio.org.br/eventos/4971/a-mulher-de-um-espiao/


GRADE DE HORÁRIO

31 de março a 6 de abril de 2022


31 de março (quinta)

15h – Ataque dos Cães

17h15 – A Mulher de um Espião

19h30 – Caminhos Mal Traçados


1º de abril (sexta)

15h – Ataque dos Cães

17h15 – A Mulher de um Espião

19h30 – A Conversação 


2 de abril (sábado)

15h – Vidas Sem Rumo

17h – A Mulher de um Espião

19h – Ataque dos Cães + debate


3 de abril (domingo)

15h – Peggy Sue – Seu Passado a Espera

17h – A Mulher de um Espião

19h – Ataque dos Cães


5 de abril (terça)

15h – Ataque dos Cães

17h15 – A Mulher de um Espião

19h30 – O Selvagem da Motocicleta


6 de abril (quarta)

15h – Ataque dos Cães

17h15 – A Mulher de um Espião

19h30 – Virgínia

terça-feira, 29 de março de 2022

Cine Dica: COPPOLA: UM FILME É UMA PERGUNTA

De 31 de março a 14 de abril, a Cinemateca Capitólio apresenta a mostra Coppola: Um filme é uma pergunta, com uma seleção de oito filmes dirigidos por Francis Ford Coppola, um dos principais nomes da Nova Hollywood. O valor do ingresso é R$ 10,00.

A programação apresenta a obra do diretor sob outra perspectiva no ano do cinquentenário de seu filme mais famoso, O Poderoso Chefão. Reunindo títulos de 1969 a 2011, a mostra explora a ascensão do diretor nos anos de ouro da Nova Hollywood, as produções megalomaníacas e a subsequente adaptação aos excessos estéticos e narrativos ante o endividamento, com realizações em diferentes conjunturas: do indie autoral ao cinema grandioso, do experimentalismo aos filmes de encomenda. A mostra Coppola: Um filme é uma pergunta é um convite para acompanhar as distintas respostas que o diretor elabora em sua filmografia. Programação de Helena Pavan e Leonardo Bomfim.


FILMES


Caminhos Mal Traçados

(The Rain People)

Estados Unidos, 1969, 101 minutos, digital

Direção: Francis Ford Coppola

Ao descobrir que está grávida, Natalie Ravenna, uma dona de casa de Long Island, entra em pânico e foge de casa a fim de descobrir se poderia ter feito algo diferente de si mesma.


A Conversação

(The Conversation)

Estados Unidos, 1974, 113 minutos, HD

Direção: Francis Ford Coppola

O especialista em vigilância Harry Caul é contratado para seguir um jovem casal. Os acompanhando pela Union Square de São Francisco, o homem consegue gravar uma conversa enigmática entre eles. Atormentado pelas lembranças de um caso anterior que terminou mal, Caul decide determinar se o casal está em perigo.


Apocalypse Now

Estados Unidos, 1979, 153 minutos, HD

Direção: Francis Ford Coppola

No Vietnã, em 1970, Capitão Willard faz uma perigosa e alucinante jornada rio acima para encontrar e exterminar Coronel Kurtz, um oficial outrora promissor que supostamente enlouqueceu.


O Fundo do Coração

(One from the Heart)

Estados Unidos, 1981, 107 minutos, HD

Direção: Francis Ford Coppola

Um casal briga depois de viverem juntos 5 anos em Las Vegas. Eles saem e comemoram o 4 de julho, cada um com um novo parceiro. O amor verdadeiro prevalecerá sobre uma paixão aparentemente glamorosa?


Vidas Sem Rumo

(The Outsiders)

Estados Unidos, 1983, 91 minutos, HD

Direção: Francis Ford Coppola

Os Greasers, uma gangue de adolescentes na zona rural de Oklahoma, estão perpetuamente em desacordo com os Socs, um grupo rival. Quando Ponyboy e Johnny entram em uma briga que termina com a morte de um membro dos Socs, os meninos são forçados a se esconder. Em seguida os dois, junto com seus outros amigos Greasers, devem enfrentar as consequências de suas vidas violentas.


O Selvagem da Motocicleta

(Rumble Fish)

Estados Unidos, 1983, 94 minutos, HD

Direção: Francis Ford Coppola

Rusty James está pronto para uma briga. Abandonado por sua mãe e vivendo com seu pai alcoólatra, quando seu irmão, o Garoto da Motocicleta, retorna à cidade, Rusty espera obter orientação e sabedoria de alguém que a maioria das pessoas acha que é louco.


Peggy Sue - Seu Passado a Espera

(Peggy Sue Got Married)

Estados Unidos, 1986, 103 minutos, HD

Direção: Francis Ford Coppola

Peggy Sue Bodell participa de sua reunião de 25 anos do ensino médio depois de se separar de seu marido, Charlie. Ela se arrepende das decisões que tomou em sua vida, como engravidar no ensino médio. Quando ela desmaia na reunião, ela acorda em 1960. Com a chance de reviver sua vida, ela muda muitas coisas. No entanto, algumas escolhas são mais complicadas, pois ela começa a ver o charme e os verdadeiros sentimentos do jovem Charlie.


Virgínia

(Twixt)

Estados Unidos, 2011, 88 minutos, HD

Direção: Francis Ford Coppola

Assombrado por um fantasma, um escritor imerge em um mistério de assassinato.


GRADE DE HORÁRIOS


31 de março (quinta-feira)

19h30 – Caminhos Mal Traçados


1º de abril (sexta-feira)

19h30 – A Conversação 


2 de abril (sábado)

15h – Vidas Sem Rumo


3 de abril (domingo)

15h – Peggy Sue – Seu Passado a Espera


5 de abril (terça-feira)

19h30 - O Selvagem da Motocicleta


6 de abril (quarta-feira)

19h30 – Virgínia

7 de abril (quinta-feira)

15h – Apocalipse Now


8 de abril (sexta-feira)

15h – A Conversação

10 de abril (domingo)

17h – O Fundo do Coração


12 de abril (terça-feira)

15h – Caminhos Mal Traçados

17h – Vidas Sem Rumo


13 de abril (quarta-feira)

15h – O Selvagem da Motocicleta

17h – Peggy Sue – Seu Passado a Espera


14 de abril (quinta-feira)

15h – Virgínia

17h – O Fundo do Coração

19h – Apocalipse Now

segunda-feira, 28 de março de 2022

Cine Especial: Vencedores do Oscar do Tapa

Nos últimos anos tenho tido cada vez menos interesse em assistir à cerimônia do Oscar.  Preocupada com a audiência, os produtores vivem ano após ano remodelando o evento para atrair o público, mas isso tem afastado cada vez mais o cinéfilo que se vê sendo menosprezado pela forma como os organizadores tem tratado determinadas categorias. Esse ano, por exemplo, diversas categorias técnicas foram entregues antes do programa entrar ao vivo, sendo que boa parte foi entregue a "Duna", ´épico de ficção cientifica que acabou levando para casa seis prêmios, incluindo de melhor trilha sonora para o mestre Hans Zimmer.

Durante a cerimônia ao vivo aquele mesmo roteiro de sempre, desde os atores e atrizes subindo ao palco para anunciar os vencedores dos prêmios, como também do fato de sempre fazerem comentários e piadas sem graça e que nem o norte americano aguenta. Como se não bastasse eles tentaram alegrar o momento em que se faz homenagem aos que partiram no último ano, mas de uma forma rápida, mal organizada e que mal se via na tela quem havia perecido recentemente. Mas o pior estava por vir.

Infelizmente o Oscar 2022 entra na lista de tempos recentes em que a academia tem se mostrado conservadora e premiando filmes bons, mas que não mereciam nem de longe levar o prêmio principal da noite. Ao lado de exemplos semelhantes como "Spotlight"(2015) e "Green Book" (2018), "No ritmo do coração" será aquele bom filme para ser assistido e apreciado, mas que não será lembrado pelas próximas décadas, pois não tem peso para isso e tão pouco possui uma visão autoral de um realizador que faz do filme se tornar inesquecível. Ao menos, ver o ator surdo e mudo Troy Kotsur  levar o prêmio de melhor ator coadjuvante pelo filme é algo para ser sim ser lembrado com gosto.

Outro ponto negativo foi a forma como eles prestaram a homenagem para alguns clássicos que estavam fazendo ano. A obra prima "O Poderoso Chefão" (1972) foi homenageada devido aos seus cinquenta anos e ver os veteranos Al Pacino, Robert De Niro e o diretor Francis Ford Coppola subindo ao palco não tem preço. Porém, o clipe que fizeram em homenagem ao filme foi totalmente pobre, rápido demais, além de criar uma trilha sonora que não tinha nada a ver com a essência principal da trilogia mafiosa.

As homenagens se seguiram com o trio John Travolta, Samuel L. Jackson e Uma Thurman subindo ao palco para o público relembrar de "Pulp Fiction" (1994), clássico dos anos noventa que está chegando perto dos seus trinta anos. Novamente, a homenagem é curta, onde somente vemos o casal central do filme reconstituindo a clássica dança que ambos haviam protagonizado, mas sem aquele mesmo brilho. Uma cerimônia que se diz lembrar dos grandes clássicos, mas que na prática fizeram tudo na má vontade e sem nenhum carinho.

Das demais premiações fiquei muito feliz em ver Kenneth Branagh finalmente levar o seu Oscar por "Belfast", mais precisamente na categoria de roteiro original. O surpreendente filme japonês "Drive my car" ganhou o prêmio de Melhor Filme Internacional de forma merecida, muito embora torcesse por ele nas outras categorias. E se por um lado não foi dessa vez que Kristen Stewart levou o prêmio pela sua ótima atuação em "Spencer", ao menos, Jessica Chastain finalmente consegue levar o prêmio de atriz pelo filme "Os olhos de Tammy Faye" após anos sendo injustiçada sempre quando era indicada.

Mas sejamos sinceros, boa parte do público não irá se lembrar dos premiados da noite, mas sim da cena grotesca protagonizada por Will Smith em Chris Rock. Durante a cerimônia, Rock subiu ao palco para apresentar o vencedor da categoria de melhor documentário. Em seu discurso, ele fez piadas com a cabeça raspada de Jada Pinkett-Smith, mulher de Will, comparando-a com a personagem de Demi Moore, em "Até o limite da honra" (1997). O ator foi até o palco e deu um tapa na cara do comediante, que ficou sem graça. Entre os presentes e o público nas redes sociais, não ficou imediatamente claro se era um momento combinado ou uma reação genuína.

No meu entendimento, ambos erraram em toda a situação, sendo que Smith deveria ter se contido e tirado satisfação com o comediante nos bastidores. Ao receber o prêmio de Melhor Ator pelo filme "King Richard: criando campeãs" vemos Smith abalado e tendo a consciência do absurdo que protagonizou e que pode muito bem prejudicar a sua carreira futuramente. Se a troca dos envelopes da cerimônia do Oscar em 2017 foi desastroso, esse tapa protagonizado por ambos os interpretes foi a síntese genuína de um Oscar entrando de vez em uma fase de pura decadência.

Por conta disso, os prêmios dos festivais pelo mundo, desde Veneza a Cannes, acabam se tornando muito mais relevantes, pois nessas premiações não há uma preocupação doentia pela audiência, mas sim dos realizadores procurarem premiar os filmes indicados de forma justa. Enfim, só o tempo dirá se o Oscar voltará a se estabilizar, pois por enquanto está indo a ladeira abaixo e nem todas as mudanças do mundo na forma de apresentar o evento irão salva-lo. Confira abaixo a lista dos indicados e vencedores. 


Melhor filme

"Belfast"

"Não olhe para cima"

"Duna"

"Licorice pizza"

"Ataque dos cães"

"No ritmo do coração" (vencedor)

"Drive my car"

"King Richard: criando campeãs"

"O beco do pesadelo"

"Amor, sublime amor"


Melhor atriz

Jessica Chastain - "Os olhos de Tammy Faye" (vencedor)

Olivia Colman - "A filha perdida"

Penélope Cruz - "Mães paralelas"

Nicole Kidman - "Apresentando os Ricardos"

Kristen Stewart - "Spencer"


Melhor ator

Javier Bardem - "Apresentando os Ricardos"

Benedict Cumberbatch - "Ataque dos cães"

Andrew Garfield - "Tick, tick... Boom!"

Will Smith - "King Richard: criando campeãs" (vencedor)

Denzel Washington - "A tragédia de Macbeth"


Melhor direção

Kenneth Branagh - "Belfast""

Hamaguchi Ryusuke - "Drive my car"

Jane Campion - "Ataque dos cães" (vencedor)

Steven Spielberg - "Amor, sublime amor"

Paul Thomas Anderson - "Licorice Pizza"


Canção original

"Be Alive" - "King Richard: criando campeãs"

"Dos Oruguitas" - "Encanto"

"Down To Joy" - "Belfast"

"No time to die" - "Sem tempo para morrer" (vencedor)

"Somehow you do" -"Four good days"


Melhor documentário

"Ascension"

"Attica"

"Flee"

"Summer of Soul (...ou Quando A Revolução Não Pôde Ser Televisionada)" (vencedor)

"Writing with fire"


Melhor roteiro adaptado

"No ritmo do coração" (vencedor)

"Drive my car"

"Duna"

"A filha perdida"

"Ataque dos cães"


Melhor roteiro original

"Belfast" (vencedor)

"Não olhe para cima"

"King Richard: criando campeãs"

"Licorice pizza"

"A pior pessoa do mundo"


Melhor figurino

"Cruella" (vencedor)

"Cyrano"

"Duna"

"O beco do pesadelo"

"Amor, sublime amor"


Melhor filme internacional

"Drive my car" - Japão (vencedor)

"Flee" - Dinamarca

"A Mão de Deus" - Itália

"A Felicidade das Pequenas Coisas" - Butão

"A Pior Pessoa do Mundo" - Noruega


Melhor ator coadjuvante

Ciarán Hinds - "Belfast"

Troy Kotsur - "No ritmo do coração" (vencedor)

Jesse Plemons - "Ataque dos cães"

J.K. Simmons - "Apresentando os Ricardos"

Kodi Smit-McPhee - "Ataque dos cães"


Melhor animação

"Encanto" (vencedor)

"Flee"

"Luca"

"A Família Mitchell e a Revolta das Máquinas"

"Raya e o último dragão"


Efeitos visuais

"Duna" (vencedor)

"Free guy"

"Sem tempo para morrer"

"Shang-Chi e a lenda dos dez anéis"

"Homem-Aranha: Sem volta para casa"


Melhor fotografia

"Duna" (vencedor)

"Ataque dos cães"

"Beco do pesadelo"

"A tragédia de Macbeth"

"Amor, sublime amor"


Melhor atriz coadjuvante

Jessie Buckley - "A filha perdida"

Ariana DeBose - "Amor, sublime amor" (vencedor)

Judi Dench - "Belfast"

Kirsten Dunst - "Ataque dos cães"

Aunjanue Ellis - "King Richard: criando campeãs"


Maquiagem e cabelo

"Um Príncipe em Nova York 2"

"Cruella"

"Duna"

"Os olhos de Tammy Faye" (vencedor)

"Casa Gucci"


Melhor som

"Belfast"

"Duna" (vencedor)

"Sem tempo para morrer"

"Ataque dos cães"

"Amor, sublime amor"


Melhor trilha sonora

"Não olhe para cima"

"Duna" (vencedor)

"Encanto"

"Mães paralelas"

"Ataque dos cães"


Melhor edição

"Não olhe para cima"

"Duna" (vencedor)

"King Richard: criando campeãs"

"Ataque dos cães"

"Tick, tick... boom!"


Melhor design de produção

"Duna" (vencedor)

"Ataque dos cães"

"O beco do pesadelo"

"A tragédia de Macbeth"

"Amor, sublime amor"


Melhor curta-metragem em live action

"Ala kachuu - Take and run"

"The long goodbye" (vencedor)

"The dress"

"On my mind"

"Please hold"


Melhor documentário de curta-metragem

"Audible"

"The queen of basketball" (vencedor)

"Onde eu moro"

"Três canções para Benazir"

"When we were bullies"


Joga no Google e me acha aqui:  
Me sigam no Facebook twitter, Linkedlin e Instagram.  

sexta-feira, 25 de março de 2022

Cine Dica: Em Cartaz: 'A Pior Pessoa do Mundo'

Sinopse: Sinopse: O filme narra quatro anos da vida de Julie (Renate Reinsve), uma jovem mulher norueguesa de 30 anos que está navegando pelas águas turbulentas de sua vida amorosa e profissional.

As comédias românticas foram tão revisitadas durante os anos oitenta e noventa que a fórmula chegou cansada ao novo século. Em tempos em que é preciso fazer uma reflexão sobre a realidade em que vivemos, ou os gêneros cinematográficos se reinventam ou caem no esquecimento. Para a surpresa de muitos, "A Pior Pessoa do Mundo" (2021) dá uma nova sobreviva a esse gênero, ao falar sobre relacionamentos atuais e de como nos comportamos em tempos cada vez mais complexos.

Dirigido por Joachim Trier, do filme "Thelma" (2017), a trama conta a história de Julie (Renate Reinsve), uma jovem, bonita, inteligente e não sabe exatamente o que deseja em uma carreira ou parceiro. Uma noite ela conhece Aksel (Anders Danielsen Lie), um conhecido romancista gráfico 15 anos mais velho que ela, e eles rapidamente se apaixonam. Todavia, ela também conhece um barista de café, Eivind (Herbert Nordrum), que também está em um relacionamento. Julie tem que decidir, não apenas entre dois homens, mas também quem ela é e quem ela quer ser.

Dividida em capítulos, além de um prólogo e epilogo, a trama vai logo nos apresentando sobre como é realmente Julie, sendo ela uma jovem ambiciosa, mas que não sabe ao certo o seu principal foco com relação ao seu próprio futuro. A gente compreende isso graças a uma edição caprichada, onde Joachim Trier procura sintetizar nas cenas toda essa aceleração atual em que convivemos atualmente e que quase não paramos para repensarmos sobre o que estamos realmente fazendo em nosso devido tempo. Julie é mais ou menos isso, ao não saber em que pé de profissão irá ficar, além de não saber ao certo sobre o que é realmente amar.

Renate Reinsve surpreende ao interpretar uma personagem que transita entre a ingenuidade e a consciência sobre o mundo em que vive, ao ponto de ela entrar facilmente nas principais brechas onde se encontram os que realmente movem as engrenagens da sociedade. Ao se relacionar com Aksel por um momento achamos que ela deu um passo em falso, pois o personagem deseja ter filhos e a protagonista nem quer pensar sobre isso. É neste ponto, por exemplo, que o roteiro explora os relacionamentos atuais cada vez mais duvidosos e cuja a ideia de ter filhos se torna hoje muito mais complexo do que nós imaginamos.

Além disso, a trama é engenhosa com relação ao sexo fora do casamento, sobre até que ponto é traição e até onde podemos ir além dos nossos próprios limites. Isso é bastante explorado quando a protagonista conhece Eivind e é aí que a edição de cenas brilha novamente. Como se isso não bastasse, a cena em que Julie decide abraçar os seus desejos é sem sombra de dúvida um dos momentos mais criativos do ano, onde o tempo simplesmente parou para ela, como se nos passasse a ideia de que só dessa forma conseguimos obter o que desejamos bem lá no fundo.

Do segundo ao terceiro ato final Julie precisa enfrentar as consequências dos seus atos, seja de maior ou menor grau. Se por um lado isso acontece após uma pequena festa que ela ingere Cogumelos ilícitos, logo em seguida ela enfrenta uma realidade totalmente desperta, sendo que o seu passado com Aksel novamente bate à sua porta. É preciso destacar neste ponto o incrível desempenho de Anders Danielsen Lie, ao saber construir para o seu personagem momentos em que muitos irão se identificar, principalmente em tempos atuais que muitos desejam que determinadas coisas que curtíamos no passado voltassem em nosso presente.

Ao final das contas, o filme fala sobre as incertezas do mundo atual e sobre o fato de não termos uma dimensão exata sobre o que acontecerá com relação ao nosso futuro, seja profissional ou em termos de relacionamento. Ao final, vemos uma protagonista segura por ter sobrevivido a duras penas, mesmo que alguns venha a questiona-la por não ter escolhido outras trilhas. Mas é exatamente por essa última questão que faz do filme especial, romântico, mas acima de tudo humano.

"A Pior Pessoa do Mundo" fala sobre os nossos desejos de pararmos no tempo, em resgatar o que funcionava para nós em nosso passado, mas tendo a consciência de prosseguirmos em frente para um futuro desconhecido. 


Joga no Google e me acha aqui:  
Me sigam no Facebook twitter, Linkedlin e Instagram.  

Cine Dicas: Próximas Sessões do Clube de Cinema de Porto Alegre

Casablanca

SESSÃO DE SÁBADO  

Local: Cinemateca Capitólio

Data: 26/03/2022, às 10:15 da manhã


"O Batedor de Carteiras" (Pickpocket)

França, 1959, 75 min, 14 anos.


Direção: Robert Bresson

Elenco: Jean Pelegri, Martin Lassale, Pierre Etaix, Pierre Lemarie

Sinopse: Michel começa a bater carteiras por dinheiro, depois por prazer e adrenalina, até o estranho hobby tornar-se um vício. Preso, ele reflete sobre o assunto, pensa na família e na namorada, Jeanne, mas por fim a obsessão fala mais alto e ele logo volta ao crime; agora muito mais habilidoso.


* * * * *


SESSÃO DE DOMINGO

Local: Sala Eduardo Hirtz, Casa de Cultura Mario Quintana

Data: 27/03/2022, às 10:15 da manhã


"Casablanca"

EUA, 1942, 102 min.

Direção: Michael Curtiz

Elenco: Humphrey Bogart, Ingrid Bergman, Paul Henreid, Claude Rains, Conrad Veidt, Peter Lorre, Dooley Wilson


Sinopse: Durante a Segunda Guerra Mundial, muitos fugitivos tentavam escapar dos nazistas por uma rota que passava pela cidade de Casablanca. O exilado americano Rick Blaine (Humphrey Bogart) encontrou refúgio na cidade, dirigindo uma das principais casas noturnas da região. Clandestinamente, tentando despistar o Capitão Renault (Claude Rains), ele ajuda refugiados, possibilitando que eles fujam para os Estados Unidos. Quando um casal pede sua ajuda para deixar o país, ele reencontra uma grande paixão do passado, a bela Ilsa (Ingrid Bergman). Este amor vai encontrar uma nova vida e eles vão lutar para fugir juntos.


Curiosidade: Com 8 indicações ao Oscar, "Casablanca" ganhou os prêmios de Melhor Filme, Melhor Direção e Melhor Roteiro Adaptado.


Protocolos sanitários:

A Cinemateca Capitólio recomenda o uso de máscaras.

Até o momento, na Cinemateca Paulo Amorim (CCMQ) os protocolos sanitários seguem os mesmos. É pedido o uso de máscaras e a apresentação de comprovante vacinal - cartão, aplicativo ou print.


Atenciosamente,

Carlos Eduardo Lersch

Diretor de Programação CCPA.


Faça parte do Clube de Cinema de Porto Alegre.  
Mais informações através das redes sociais:

Facebook: www.facebook.com/ccpa1948

twitter: @ccpa1948  
Instagram: @ccpa1948 

quinta-feira, 24 de março de 2022

Cine Dicas: Estreias do Final de Semana (24/03/2022)

 A PIOR PESSOA DO MUNDO

Sinopse: Julie (Renate Reinsve) está chegando aos trinta e sua vida é uma bagunça existencial. Vários de seus talentos foram desperdiçados e seu namorado, Aksel (Anders Danielsen Lie), um escritor de sucesso mais velho que ela, está pressionando para que eles se estabeleçam. 


AMBULÂNCIA – UM DIA DE CRIME

Sinopse: William Sharp é um veterano do exército e como o país em que mora não lhe garante uma boa aposentadoria ou direitos para veteranos, ele precisa achar um emprego para arcar com os custos de uma família. 


GAROTO CHIFFON

Sinopse: O ator em iminência Jérémie está passando por uma crise existencial. Patologicamente ciumento e atormentado por desventuras românticas, profissionais e familiares, ele foge de Paris para se confortar nos braços de sua mãe, que acaba sendo um pouco mais do que invasiva.



ME TIRA DA MIRA

Sinopse: Policial dedicada, Roberta (Cleo) não vai parar enquanto não desvendar os mistérios por trás da morte da atriz Antuérpia Fox (Vera Fischer). Com a ajuda de sua terapeuta, Isabela (Bruna Ciocca), com quem forma uma dupla divertida e implacável, ela se infiltra na Clínica Bianchini de Realinhamento Energético em busca de respostas. 


OS CARAS MALVADOS

Sinopse: Baseado nos quadrinhos de Aaron Blabey, Os Caras Malvados segue um grupo de animais ladrões e suas travessuras. Sr. Lobo, Srta. Tarântula, Sr. Tubarão, Sr. Piranha e Sr. Cobra sempre foram vistos como maus, desajustados e que assustam todo mundo que os vê. 


Joga no Google e me acha aqui:  
Me sigam no Facebook twitter, Linkedlin e Instagram.  

Cine Dica: PROGRAMAÇÃO CINEMATECA CAPITÓLIO de 24 a 30 de março de 2022

                                                                              Ataque dos Cães 


 SEMANA DE PORTO ALEGRE 2022

A Cinemateca Capitólio apresenta a programação da Semana de Porto Alegre de 2022 com exibições de importantes filmes realizados na cidade, um fim de semana especial da Sessão Vagalume e a 250ª noite do Projeto Raros, celebrada na véspera do aniversário de 250 anos da capital do Rio Grande do Sul.


Mais informações: http://www.capitolio.org.br/novidades/4942/semana-de-porto-alegre-2022/


MÃES PARALELAS E ATAQUE DOS CÃES EM EXIBIÇÃO

Os filmes Mães Paralelas, de Pedro Almodóvar, e Ataque dos Cães, de Jane Campion ganham exibições na Cinemateca Capitólio entre 24 e 30 de março. O valor do ingresso é R$ 16,00.


Mais informações: http://www.capitolio.org.br/eventos/4945/ataque-dos-caes/ e http://www.capitolio.org.br/eventos/4926/maes-paralelas/


FILMES DE GABI WONDRA EM DEBATE

Na terça-feira, 29 de março, às 19h30, a Cinemateca Capitólio apresenta a sessão Filmes de Gabi Wondra. A diretora porto-alegrense radicada na Alemanha participa de um debate após a sessão. Entrada franca.


Mais informações: http://www.capitolio.org.br/eventos/4906/filmes-de-gabi-wondra/


GRADE DE HORÁRIOS

24 a 30 de março de 2022


24 de março (quinta)

15h – Ataque dos Cães

17h15 – Mães Paralelas

19h30 – Beijo Ardente - Overdose


25 de março (sexta)

15h – Ataque dos Cães

17h15 – Mães Paralelas

19h30 – Projeto Raros 250: Space is the Place + Agosto 13 Sexta-Feira 


26 de março (sábado)

15h – Sessão Vagalume: As Aventuras do Avião Vermelho

16h30 – Ataque dos Cães

19h30 – Aqueles Dois


27 de março (domingo)

10h30 – Sessão Vagalume Especial: Cinema Paradiso

15h – Sessão Vagalume: As Aventuras do Avião Vermelho

16h30 – Mães Paralelas

19h – Cão Sem Dono + debate


29 de março (terça)

15h – Ataque dos Cães

17h15 – Mães Paralelas

19h30 – Filmes de Gabi Wondra


30 de março (quinta)

15h – Ataque dos Cães

17h15 – Mães Paralelas

19h30 – Tentilhão