Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Cine Especial: TRILOGIA HOMENS DE PRETO

Homens de Preto

Sinopse: Agência secreta governamental cuida de fiscalizar os alienígenas que já vivem na Terra, sendo que alguns são vigiados em tempo integral. James Edwards (Will Smith), um novato na organização, em parceria de K (Tommy Lee Jones), um veterano agente, tenta impedir um terrorista intergalático, que planeja assassinar dois representantes de galáxias opostas e destruir o planeta Terra.

Uma verdadeira e irresistível comedia de ficção cientifica que estreou mansamente na época e rapidamente conquistou o publico e a critica. Adaptação livre de uma obscura HQ da Marvel, a produção é um verdadeiro espetáculo pop, que agrada a gregos e troianos com sua fina e inusitada mistura: humor esperto e inteligente, ritmo ágil, e excelentes efeitos visuais e uma química perfeita de Tommy Lee Jones e Will Smith, que na época, estava vindo do sucesso Independence Day.
Numa época em que o cinema americano estava lançando somente bombas (O Mundo Perdido e Batman e Robin) Homens de Preto foi uma agradável surpresa indispensável.   
  
Curiosidade: Nos créditos finais aparece uma frase bem humorada avisando que os animais e alienígenas que aparecem no filme não sofreram maus tratos durante as filmagens.

Homens de Preto 2

Sinopse: Com a Terra sendo ameaçada pela presença de Serleena (Lara Flynn Boyle), uma Kylothian cruel e monstruosa que está disfarçada como uma modelo terráquea, o agente J (Will Smith) resolve por pedir ajuda ao seu antigo companheiro K (Tommy Lee Jones), que teve sua memória apagada e agora trabalha nos Correios sob o nome de Kevin Brown. J precisa então restaurar a memória de K, para que possam combater juntos a ameaça.

Mantendo as mesmas características do filme anterior, essa seqüência empolga bem menos, principalmente por possuir uma trama que se repete se comparado ao antecessor. Além de os efeitos especiais terem envelhecido muito mal, com exceção do cão Frank, que rouba a cena sempre quando surge. Felizmente, o filme se salva quando Tommy Lee Jones e Will Smith atuam lado a lado, o que comprova a química única que ambos obtiveram e nem mesmo o beco sem saída que o roteiro havia deixado no final do primeiro filme, não foi o suficiente para impedir a união de ambos novamente.         

Curiosidade: O final original de Homens de Preto 2 envolvia o World Trade Center, sendo que após os atentados terroristas de 11 de setembro de 2001, que derrubaram as torres do complexo, os produtores do filme optaram por substituí-lo pelo prédio da sede da Chrysler.


Homens de Preto 3
Sinopse: Yaz decide voltar no tempo para matar Kay e desencadeia uma série de acontecimentos que pode levar ao fim do mundo. Jay precisa então ir atrás de Yaz para salvar seu companheiro e o destino da humanidade. Para isso ele viaja no tempo e descobre segredos que nunca imaginou.

Ao não repetir os erros do segundo filme, a trama retorna as origens, que é tão comum hoje em dia nas super produções, mas desta vez, com a ajuda de viagem no tempo. Com a simples desculpa de fazer J voltar no tempo (em 1969), para salvar um K jovem de ser morto e impedir a alteração na historia, o filme mergulha no mundo pscodelico e colorido dos ultimos anos da década de 60, num verdadeiro mergulho de inúmeras referencias ao universo da ficção cientifica daquele tempo. O acerto em cheio da produção, foi não usar Tommy Lee Jones, carregado de maquiagem ou efeito visual, para retrata-lo mais jovem e sim um ator para representa-lo. E eis que entra em cena o ex gonnie Josh Brolin, numa caracterização perfeita de um K jovem, onde os trejeitos e até o modo de falar, acaba por ser idênticos, se comparado ao veterano ator. 
Com um ato final que reserva uma emocionante surpresa e que enlaça certos pontos de interrogação do primeiro filme, Homens de Preto 3 encerra a trilogia de uma forma satisfatória e sem muita pretensão, pois desde o primeiro filme, a intenção sempre foi entreter o publico e jamais levar nada a sério. Que deixe a seriedade para o K, pois ele tem os seus motivos. 


 Me Sigam no Facebook e Twitter:

Um comentário:

renatocinema disse...

Assisti a semana passada e curti. Apenas achei que a participação de Tommy Lee Jones poderia ser mais ampla. Porém, o filme me agradou.