Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Cine Dica: Ferrugem, o grande vencedor de Gramado, estreia dia 30 de agosto no CineBancários

“FERRUGEM” estreia no CineBancários dia 30 de agosto


Após fazer sua estreia mundial na mostra competitiva World Cinema, do Festival de Sundance 2018, e ser exibido em diversos festivais ao redor do mundo como o 20th Taipei Film Festival (Taiwan), o 20th SEOUL International Women’s Film Festival (Coreia do Sul), o 48th Edition of the Giffoni Film Festival (Itália), “Ferrugem” será exibido pela primeira vez no Brasil. O longa foi só grande vencedor no 46º Festival de Cinema de Gramado e estreia no CineBancários em 30 de agosto na sessão das 17h.

Tati é uma adolescente cheia de vida, que gosta de compartilhar seus melhores
momentos no Instagram e Facebook. Mas a vida de Tati vira ao avesso quando algo
que ela não queria compartilhar com ninguém cai no grupo de whatsapp do colégio.

FERRUGEM
Brasil | 2018 | Ficção | Cor | DCP | 100’ Direção: Aly Muritiba, Roteiro: Aly Muritiba, Jessica Candal, Supervisão de roteiro: George Moura, Produção executiva: Christiane Spode, Antônio Junior e Ana Catarina, Produtores associados: Fernando Meirelles e Guel Arraes.
Elenco: Clarissa Kiste (Raquel), Dudah Azevedo (Renata), Enrique Diaz (Davi),Giovanni de Lorenzi (Renet), Pedro Inoue(Normal), Tiffanny Dopke (Tati).



Em “Ferrugem” Muritiba mergulha no universo jovem para contar a história de Tati, uma adolescente cheia de vida, que gosta de compartilhar seus melhores momentos no Instagram e Facebook e que terá sua vida virada do avesso quando algo que ela não queria compartilhar com ninguém cai no grupo de whatsapp do colégio.
“Depois de realizar meu primeiro filme, "Para Minha Amada Morta", que fala sobre luto e de como imagens registradas através de uma câmera VHS podem ter certas consequências na vida de quem a assiste, decidi que o meu próximo filme seguiria investigando estes temas, mas agora centrando a história no mundo adolescente. Como realizador que já foi professor de ensino médio e que é pai de um adolescente, me pus a pensar acerca das redes sociais. Um comunidade do prazer e da felicidade baseada nas aparências, um universo habitado por autoimagens e promessas de prazer eterno, e de como isto acaba submetendo a todos, mas aos jovens em especial, a uma superexposição que gera confusão de limites entre as esferas públicas e privadas que muitas vezes pode ser fatal. Foi este o ponto de partida para a escrita de ‘Ferrugem’, uma história sobre medo, insegurança, crescimento e misoginia”, explica o diretor.
“Ferrugem” é uma produção da Grafo Audiovisual, em coprodução com a Globo Filmes, tem Fernando Meirelles e Guel Arraes como produtores associados, George Moura como supervisor de roteiro e será distribuído no Brasil pela Olhar Distribuição.


SOBRE O DIRETOR Roteirista, produtor e diretor cinematográfico, Aly Muritiba já dirigiu 9 curta metragens, um documentário de longa metragem, dois longas metragens de ficção e quatro séries para TV com os quais já conquistou mais de 150 prêmios em festivais de cinema. Suas principais realizações são os curtas “A Fábrica” (vencedor de mais 60 prêmios em festivais nacionais e internacionais, OSCAR shortlisted 2013), “Pátio” (vencedor do É Tudo Verdade e selecionado para a Semana da Crítica do Festival de Cannes), “A Gente” (longa vencedor do DOK Leipzig 2013) e “Tarântula” (curta selecionado no Festival de Veneza em 2015). Seu longa metragem “Para minha amada morta” ganhou o Global Filmmaking Award do Sundance Institute 2013 e em 2015 ganhou 7 prêmios no Festival de Brasília, incluindo o de melhor diretor, além de ter estado em festivais como San Sebastian, Amiens Int’l FF, e Havana. Recentemente Muritiba escreveu e dirigiu episódios da 2ª temporada de “Carcereiros” (Globo) e acabou de filmar, ao lado de Sérgio Machado, a série “Os Irmãos Freitas” (Space), ambas produzidas pela Gullane. Além de realizador, Aly Muritiba é diretor e produtor do Olhar de Cinema, Festival Internacional de Curitiba.



Grade de Horários de 30 de agosto a 05 de setembro:
Não abrimos as segundas-feiras

30 de agosto

15h: Benzinho
17h: Ferrugem
19h: Benzinho


31 de agosto

15h: Benzinho
17h: Ferrugem
19h: Benzinho

01 de setembro

15h: Benzinho
17h: Ferrugem
19h: Benzinho

02 de setembro:

15h: Benzinho
17h: Ferrugem
19h: Benzinho

04 de setembro

15h: Benzinho
17h: Ferrugem
19h: Benzinho

05 de setembro

15h: Benzinho
17h: Ferrugem
19h: Benzinho



Os ingressos podem ser adquiridos por R$ 12,00 na bilheteria do cinema ou no site ingresso.com . Idosos, estudantes, bancários sindicalizados, jornalistas sindicalizados, portadores de ID Jovem e pessoas com deficiência pagam R$ 6,00. Aceitamos Banricompras, Visa, MasterCard e Elo.

C i n e B a n c á r i o s 
Porto Alegre - RS - CEP 90010-230 
Fone: (51) 34331204 
Bia Barcellos: 981498558

Nenhum comentário: