Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 26 de setembro de 2019

Cine Dica: FORO ÍNTIMO, DE RICARDO MEHEDFF, ESTREIA NO CINEBANCÁRIOS ÀS 19H30 DE 26 DE SETEMBRO

FORO ÍNTIMO, DE RICARDO MEHEDFF, ESTREIA NO CINEBANCÁRIOS ÀS 19H30 DE 26 DE SETEMBRO

Sinopse: Inspirado em eventos reais, ‘Foro Íntimo’ navega as turbulentas águas que escondem a sombria situação do Poder Judiciário no Brasil. O filme acompanha 24 horas na vida de um juiz acuado por criminosos e refém do sistema legal.


Ficha Técnica: Com: Gustavo Werneck, Jefferson Da Fonseca Coutinho, Bia França, Leo Quintão, André Senna, Letícia Castilho, Alex Mehedff e Edu Costa.
Direção: Ricardo Mehedff
Produção executiva: Cristina Maure
Produtores associados: Afonso Nunes e José Baracho Junior
Roteiro: Guilherme Lessa e Ricardo Mehedff
Direção de fotografia: Dudu Miranda
Direção de arte: Priscila Amoni
Figurino: Julia Lynn Gordon
Montagem: Marília Moraes e Ricardo Mehedff
Desenho De Som e Mixagem : Alessandro Laroca e Daniel Virmond Lima
Trilha original: Artur e Alexandre Andrés
Som direto: Gustavo Fioravante
Produção: VFilmes e Hungry Man
Distribuição Brasil: Embaúba Filmes

RICARDO MEHEDFF é pós graduado em cinema pela George Washington University. Diretor de filmes consagrados como ‘Foro Íntimo’, ‘Capital Circulante’, ‘Um Branco Súbito’ e ‘Noite Aberta’, seus premiados filmes foram selecionados para mais de 100 festivais, incluindo alguns dos principais eventos de cinema no mundo como Roterdã, Oberhausen, Havana, Guadalajara, Rio, São Paulo, Gramado, Uppsala e Toulouse. Além disso, foram comercializados para TVs de diversos países como França, Itália, Espanha, Canadá, Estados Unidos e Brasil. Ricardo também tem um renomado currículo como montador e trouxe inovações ao mercado de distribuição de filmes no Brasil criando e editando inúmeros trailers para o cinema nacional e Hollywood. ‘Foro Íntimo’, primeiro longa de Ricardo foi selecionado para mais de trinta festivais pelo mundo (em vinte países diferentes), levando diversos prêmios incluindo Melhor Filme Estrangeiro nos festivais de: Londres (London International Film Festival), Buenos Aires (Festival Internacional Construir Cine), Ottawa (Creation Int. Film Festival) e Portugal (Paisagens 2018 - Sever do Vouga Int. Film Festival).

SOBRE O FILME
Inspirado em eventos reais, ‘Foro Íntimo’ navega sob turbulentas águas que escondem a situação do judiciário no Brasil. O filme acompanha 24 horas na vida de um juiz acuado por criminosos sob seu julgamento que se encontra refém do sistema legal. Confinado ao Fórum dia e noite, acompanhado sem intervalo por seguranças armados, o Juiz dorme, se alimenta e toma banho nas dependências do tribunal. A pompa e imponência da arquitetura moderna é contraposta com as tradicionais divisórias de repartições públicas, as pilhas de processos nos corredores, a reconhecida inoperância do funcionalismo público, policial e penal no Brasil, corrompido em todas as instâncias, inclusive por magistrados. Cada vez mais encurralado, o Juiz parece estar na iminência de perder o controle de suas próprias emoções, no momento onde a pressão do seu cotidiano atual coloca em cheque sua normalidade psicológica, criando ciclos que podem ter acontecido, terem sido sonhados ou até mesmo imaginados.
O ponto de partida para o roteiro foram notícias de jornal sobre juìzes vivendo sob proteção policial, algumas vezes confinados em seus gabinetes dia e noite, para diminuir os riscos de serem alvos de atentados durante seus deslocamentos. A condição de um ‘juiz preso’ chamou a atenção do diretor, em primeiro lugar, por seu potencial imagético. Mas, ao longo da extensa pesquisa conduzida por Mehedff durante o período de elaboração do roteiro, quando entrevistou representantes da magistratura de vários estados brasileiros, o paradoxo de um sistema judiciário acuado pelo crime ganhou relevo em suas preocupações. Rodado em preto e branco, durante os 16 dias de recesso do Fórum Lafayette de Belo Horizonte, a experiência de um magistrado foi compilada e transformada na obra que conta a história do protagonista Dr. Ferreira (Gustavo Werneck) - um juiz que é obrigado a viver em seu próprio gabinete por causa de ameaças de traficantes e estelionatários sob seu julgamento incluindo um poderoso ex-senador da República. Transformado em residência, o gabinete do Dr. Teixeira tem uma rotina extremamente desconfortável. Cercado de agentes da polícia 24 horas por dia e impedido de ter uma vida normal, o juiz vive situações de grande ansiedade, claustrofobia e paranóia. Suas tentativas de manter laços afetivos geralmente são frustradas e a enorme tensão que envolve até as atividades corriqueiras faz com que ele se sinta como um verdadeiro prisioneiro dentro de um sistema kafkiano.
Segundo o diretor Ricardo Mehedff, o filme aborda uma deterioração psicológica de um homem que corre diariamente risco de vida e é submetido a altos níveis de incerteza, quando se trata das zonas cinzentas que envolvem o conceito de justiça no país. “Nele, testemunha-se de perto o confronto do interesse público com o crime organizado, a partir da perspectiva de um poder judiciário submetido a todo tipo de distorção, tanto para o bem quanto para o mal”, conta o diretorOBRE O FILME

PRINCIPAIS FESTIVAIS E PREMIOS:
41º International Film Festival of São Paulo (Brasil)
20º London International Film Festival (Inglaterra) 
Prêmio Melhor Filme Estrangeiro
Paisagens 2018 - Festival Intenacional de Cinema de Sever do Vouga (Portugal)
Prêmio Melhor Filme Longa-Megragem 21º Avanca Film Festival (Portugal)
Prêmios Melhor Ator e Prêmio Especial do Júri 15º Boston International Film Festival (EUA)
13º International Filmmaker Festival (Berlim, Alemanha)
5º Urban International Film Festival (Teerã, Irã)
Prêmio Melhor Cinematografia Chandler International Film Festival (Arizona, EUA)
CIFF - Creation International Film Festival (Ottawa, Canada)
Prêmios Melhor Filme, Melhor Roteiro e Melhor Cinematografia
SANFICI - Santander Festival Int. de Cine Independiente (Colombia)
Construir Cine International Film Festival (Buenos Aires, Argentina)
Prêmio Melhores Filmes Estrangeiros Aurora International Film Festival (Russia)
Fingal Film Festival (Irlanda) Fic Autor – Festival Int. de Cine de Autor (Guadalajara,
México) 17º Sopot Film Festival (Polonia)
Stockholm International Film Festival (Suécia)
12º BlowUp International Arthouse Film Festival
(Chicago, EUA) 10º International Crime & Punishment Film Festival
(Turquia) 8º Jagran International Film Festival (India)
10º Lumiere Film Festival 
19º Hong Kong International PUFF Film Festival (Hong Kong)
Meraki Film Festival (Espanha) San Mauro Film Festival (Italia)
CPH Film Festival (Copenhagen, Dinamarca) 15º Festival CineAmazônia
Cinecôa - 7º Festival Internacional de Cinema de Vila nova de Foz Côa (Portugal)
25º Indie Film Festival - San Diego, CA - EUAescondem a situação do judiciário no Brasil. O filme acompanha 24 horas na vida de um juiz acuado por criminosos sob seu julgamento que se em refém do sistema legal. Confinado ao Fórum dia e noite, acompanhado sem intervalo por seguranças armados, o Juiz dorme, se alimenta e toma banho nas dependências do tribunal. A pompa e imponência da arquitetura moderna é contraposta com as tradicionais divisórias de repartições públicas, as pilhas de processos nos corredores, a reconhecida inoperância do funcionalismo público, policial e penal no Brasil, corrompido em todas as instâncias, inclusive por magistrados. Cada vez mais encurralado, o Juiz parece estar na iminência de perder o controle de suas próprias emoções, no momento onde a pressão do seu cotidiano atual coloca em cheque sua normalidade psicológica, criando ciclos que podem ter acontecido, terem sido sonhados ou até mesmo imaginados.

Sobre o Filme: 
Inspirado em eventos reais, ‘Foro Íntimo’ navega sob turbulentas águas que escondem a situação do judiciário no Brasil. O filme acompanha 24 horas na vida de um juiz acuado por criminosos sob seu julgamento que se encontra refém do sistema legal. Confinado ao Fórum dia e noite, acompanhado sem intervalo por seguranças armados, o Juiz dorme, se alimenta e toma banho nas dependências do tribunal. A pompa e imponência da arquitetura moderna é contraposta com as tradicionais divisórias de repartições públicas, as pilhas de processos nos corredores, a reconhecida inoperância do funcionalismo público, policial e penal no Brasil, corrompido em todas as instâncias, inclusive por magistrados. Cada vez mais encurralado, o Juiz parece estar na iminência de perder o controle de suas próprias emoções, no momento onde a pressão do seu cotidiano atual coloca em cheque sua normalidade psicológica, criando ciclos que podem ter acontecido, terem sido sonhados ou até mesmo imaginados.

C i n e B a n c á r i o s 
Rua General Câmara, 424, Centro 
Porto Alegre - RS - CEP 90010-230 
Fone: (51) 34331205

Nenhum comentário: