Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 1 de outubro de 2019

Cine Dica: Curso Cinema Cubano - Inscrições abertas

INSCRIÇÕES ABERTAS
Valor promocional para os primeiros inscritos


Apresentação

Em 2019 a Revolução Cubana completa 60 anos. Liderados por Fidel Castro e Ernesto "Che" Guevara, os guerrilheiros da Sierra Maestra protagonizaram um dos momentos mais importantes do século XX, alterando o rumo de todo o continente americano. No entanto, os revolucionários nunca visaram, tão somente, uma mera tomada de poder, mas sim, carregavam consigo todo um projeto de modificação da sociedade. Para tanto, o Cinema era uma peça fundamental na construção daquela nova realidade social, ocupando a centralidade da produção de imagens do novo regime cubano, tocando diretamente no imaginário social. A construção de um novo cinema era vista como fundamental na construção de um "homem novo".
O foco de análise deste período de ouro do Cinema Cubano abordará, além dos títulos já citados, outros filmes de relevância, como Histórias da Revolução (1960), que retrata os diferentes períodos do processo revolucionário, As Aventuras de Juan Quin Quin (1967), que mostra, de maneira bem humorada, a sociedade pré-revolucionária, Sou Rebelde (1962), escrito pelo memorável roteirista Cézare Zavattini, um dos próceres do movimento do Neorrealismo Italiano, e Sou Cuba(1964), dirigido por Mikhail Kalatosov, um dos maiores diretores soviéticos. Além destes, também serão objeto de análise outras importantes produções que fizeram e fazem com que Cuba seja um dos maiores produtores cinematográficos da América Latina e um dos principais polos de debate sobre o cinema do "terceiro mundo".


Objetivos

O Curso Cinema Cubano: Os Filmes de Revolução, ministrado pelo historiador e cineasta Alexandre Guilhão, apresentará um panorama social e histórico da formação do Cinema em Cuba. O objetivo é analisar o diálogo da produção cinematográfica com a própria história social e política do país. Serão analisados diversos filmes e os principais diretores, desde a era pré-revolucionária até os filmes mais importantes das décadas de 60, 70, 80 e 90.


Curso
CINEMA CUBANO: OS FILMES DA REVOLUÇÃO
de Alexandre Guilhão


Datas: 05 e 06 de Outubro (sábado e domingo)
Horário: 14h às 17h
Duração: 2 encontros presenciais (6 horas / aula)
Local: Cinemateca Capitólio Petrobras / Sala Décio Andriotti
(Rua Demétrio Ribeiro, 1085 - 3º andar - Centro Histórico - Porto Alegre - RS)

Investimento
- Pagamento p/ Cartão de crédito: R$ 95,00
- Pagamento p/ Depósito: R$ 90,00
***
Promoção: R$ 80,00
(Válido para as primeiras 10 inscrições c/ pagamento por depósito)

Formas de pagamento
Depósito ou transferência bancária / Cartão de crédito (PagSeguro)


INSCRIÇÕES

Nenhum comentário: