Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Cine Curiosidades: Marilyn Monroe sofreu aborto espontâneo em 1959

O ator americano Tony Curtis afirmou que engravidou Marilyn Monroe e que, em seguida, a musa perdeu o bebê. De acordo com o jornal inglês Daily Mail, o astro de hollywood nara o episódio no livro 'The Making of Some Like Lt Hot que retrata os bastidores das filmagens de "Quanto Mais Quente Melhor", estrelado ´por ele e a diva. Ainda conforme Curtis, Marilyn teria engravidado durante a produção do longa que aconteceu em 1959.
Na ocasião, ambos eram casados: ele, com Janet Leigh, que interpretou a famosa moça do chuveiro do filme "Psicose", de Alfred Hitchock - com quem teve uma herdeira, a também atriz Jamie Lee Curtis -, e Marilyn, com o dramartugo Arthur Miller.

Fim da relação: Entretanto, o marido traido da atriz, ficou sabendo do caso extraconjugal por ela, fez com Marylin se afastasse de Curtis. Miller teria dito, na época, que consultou o médico da esposa e que o bebê era seu filho, e não de Curtis. De acordo com o ator americano, o dramaturgo ainda teria ameaçado a diva. "Olhei para Marilyn. Ela estava chorando e senti que se despedia de mim", conta Curtis. Ele e atriz terminaram o relacionamento assim que as filmagens terminaram.
Poucas semanas depois el ficou sabendo que a estrela havia perdido o bebê. Mais detalhes serão contados no livro, que será lançado em outubro nos Estados Unidos. Curtis, que tem 84 anos atualmente está casado pela quinta vez, publicou outras obras de memórias.


Fonte: O Sul

2 comentários:

Anônimo disse...

Já li algumas biografias de Marilyn e em nenhuma consta que ela pusesse estar grávida de Tony Curtis. Inclusive comenta-se que a mesma não era muito simpática com o ator e nem ele com ela.
Mas não questiono essa informação publicada já que é comprovado que MM perdeu um filho de “Miller” no período em que estava gravando com Curtis e como a vida da atriz era repleta de controvérsias...
Pode ser que essa episódio com Curtis tinha sido real.


Depois leia "A Deusa, As vidas Secretas de Marilyn Monroe" de A. Summer

Abraços

Júnia

As Tertulías disse...

Acho que Curtis está mudando sua biografia com a idade... ele, na época do filme, depois de lhe perguntarem "como era beijar Marylin", afirmou que era "como beijar Hitler". Hoje ele nega que disse isto... Agora ela esteve grávida dele... Nao estará ele procurando um pouco de "promocao" já que está tao esquecido?