Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Cine Clássicos: Especial 110 anos de Alfred Hitchock

Obra do mestre de 1943 foi um dos seus filmes favoritos pessoalmente Sinopse: Charlie Oackley é um criminoso que seduz e mata viúvas. Para fugir da polícia, acaba indo visitar sua irmã Emma, que vive com seu marido e sua filha Charlie. Com a convivência, Charlie – a sobrinha - começa a cada dia mais desconfiar de que seu tio não seja realmente a pessoa que diz ser.

Alfred Hitchcock sempre disse que A sombra de Uma duvida era o seu filme preferido, mesmo fazendo ao longo da historia do cinema inúmeros clássicos é neste pequeno filme que o diretor depositava seu carinho.
Alfred sempre gostava de colocar uma pessoa comum perante a uma situação inexplicável cuja a qual não sabe se sairá vivo dessa, e neste filme, apesar de ser o mais simples de toda a sua filmografia é o melhor que representa essa idéia.
Curiosidades

Curiosidades: Alfred Hitchcock aparece aproximadamente aos 15 minutos do filme iniciado, na cena do trem para Santa Rosa jogando cartas com um homem e uma mulher.
Alma Reville, uma das roteiristas, é a esposa de Alfred Hitchock e colaboradora dele em todos os seus filmes.

Nenhum comentário: