Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 4 de julho de 2019

Cine Dica: O OLHO E A FACA, de Paulo Sacramento, entra em cartaz no CineBancários , dia 04 de julho, na sessão das 19h


O OLHO E A FACA, terceiro longa-metragem de Paulo Sacramento, conta a história de Roberto (Rodrigo Lombardi), um petroleiro que se encontra num momento de grande transformação em sua vida pessoal e profissional. Roberto é pai de dois filhos, mantém um romance fora do casamento e está constantemente entre o mar e a terra. Uma promoção no trabalho o leva à reflexão de sua existência.
O longa tem produção da Gullane, TC Filmes e Olhos de Cão em coprodução com HBO Latin America e distribuição da Califórnia Filmes. Também estão no elenco do filme os atores Roberto Audio, Esther Góes, Genézio de Barros, Débora Nascimento, Simone Iliescu e as crianças Antonio Haddad e João Sabino.
O OLHO E A FACA foi exibido na Mostra Internacional de Cinema e no Festival do Rio, ambos em 2018. Além de filmar em São Paulo e Rio de Janeiro, Paulo Sacramento rodou mais da metade do longa em alto mar, em uma plataforma de petróleo.

SINOPSE CURTA
Roberto trabalha há anos em uma plataforma de petróleo, onde criou fortes vínculos de amizade. Uma inesperada promoção, no entanto, abala a estabilidade de suas relações profissionais em um momento em que vive também uma grave crise familiar.

SINOPSE LONGA
Aos 42 anos, Roberto tem uma vida estável como sempre planejou: é casado, tem dois filhos e um bom emprego.
Ele trabalha em uma plataforma de petróleo, onde faz turnos de 14 dias corridos. Ali Roberto tem um grupo de amigos muito próximos: Wagner, que considera como um irmão mais velho, Luizão, o mais sério do grupo, e Deco, um homem espirituoso e focado em planos para o futuro.
Uma inesperada promoção no entanto força Roberto a tomar decisões que o levam a perder a amizade de Wagner e a confiança de seus outros colegas. Roberto sente-se a cada dia mais isolado em alto-mar, na plataforma que sempre considerou sua segunda casa.
Em sua família Roberto também vive uma grave crise, uma avalanche de problemas. Enquanto seu casamento se desfaz ele não consegue melhorar o relacionamento com seu pai doente, condição que o atormenta.
Roberto é posto à prova pela força esmagadora do destino. A saída de tal labirinto, no entanto, estará dentro dele mesmo, começando por uma reeducação de seus sentidos.


FICHA TÉCNICA
Direção: Paulo Sacramento
Roteiro: Eduardo Benaim e Paulo Sacramento
Elenco: Rodrigo Lombardi (Roberto), Roberto Birindelli (Wagner), Maria Luisa Mendonça (Cris), Caco Ciocler (Zé Carlos), Roberto Audio (Silas), Lourinelson Vladmir (Luizão), Vinícius Faria Zinn (Deco), Daniel Costa (Caio), Clayton Mariano, Antônio Haddad (João) e João Sabino (Lucas)
Participação especial: Luís Melo (Dutra), Esther Góes (Eulália), Débora Nascimento (Camila), Genézio de Barros (Dr. Antunes) e Simone Iliescu (Juju)
Direção de Fotografia: José Roberto Eliezer, ABC e Jacob Solitrenick, ABC
Direção de Arte: Adrian Cooper, ABC
Montagem: Paulo Sacramento
Trilha sonora original: Paulo Beto
Produção: Gullane, TC Filmes e Olhos de Cão
Coprodução: HBO Latin America
Distribuição: California Filmes

DIRETOR
PAULO SACRAMENTO é formado em Cinema pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP), onde também deu aulas de montagem como professor convidado. O diretor acumula mais de 30 prêmios recebidos em festivais no Brasil e no exterior com o curta Juvenília (1994) e o documentário de longa-metragem O Prisioneiro da Grade de Ferro (2004).
Em seu último trabalho dirigiu, produziu e montou o longa-metragem Riocorrente (2013), que teve grande destaque no circuito de festivais e ganhou os prêmios de Melhor Filme na Mostra Internacional de Cinema, dado pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (ABRACCINE) e Melhor Diretor de Cinema, segundo a Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA).
Como produtor, assina os longas Amarelo Manga (Cláudio Assis) e Encarnação do Demônio (José Mojica Marins). Foi também premiado como montador pelos filmes Querô (Carlos Cortez), Chega de Saudade (Laís Bodanzky) e É Proibido Fumar (Anna Muylaert).

HORÁRIOS CINEBANCÁRIOS DE 04 A 10 DE JULHO (não há sessões nas segundas):

Dia 04 de julho:
15h:DIVINO AMOR
17h:DIVINO AMOR
19h: O OLHO E A FACA

Dia 05 de julho:
15h:DIVINO AMOR
17h:DIVINO AMOR
19h: O OLHO E A FACA

Dia 06 de julho:
15h:DIVINO AMOR
17h:DIVINO AMOR
19h: O OLHO E A FACA

Dia 07 de julho:
15h:DIVINO AMOR
17h:DIVINO AMOR
19h: O OLHO E A FACA

Dia 09 de julho:
15h:DIVINO AMOR
17h:DIVINO AMOR
19h: O OLHO E A FACA

Dia 10 de julho:
15h:DIVINO AMOR
17h:DIVINO AMOR
19h: O OLHO E A FACA

Os ingressos podem ser adquiridos por R$ 12,00 na bilheteria do cinema ou no site ingresso.com. Idosos, estudantes, bancários sindicalizados, jornalistas sindicalizados,portadores de ID Jovem e pessoas com deficiência pagam R$ 6,00. Aceitamos Banricompras, Visa, MasterCard e Elo.

Confira a minha analise sobre o filme no site Cinema e Movimento clicando aqui. 

Nenhum comentário: