Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 11 de julho de 2019

Cine Dica: Em Cartaz: 'Annabelle 3: De Volta Para Casa' – Onde a Freira Erra, a Boneca Acerta

Sinopse: O casal Warren mantém a boneca Annabelle trancada em uma sala de artefatos. Porém, em uma noite, Annabelle desperta outros espíritos malignos e ameaça a jovem filha do casal e suas amigas. 

Os dois primeiros filmes de "Invocação do Mal", iniciados em 2013 e comandados por James Wan, são exemplos de criatividade em provocar ótimos sustos e fazendo a gente pular da poltrona de um modo bem fácil. Com o uso de velhas técnicas cinematográficas, os dois filmes não se limitaram com os recursos de ponta e dos quais somente poderiam poluir as duas obras. Infelizmente, não é o acontece com os seus derivados, como no caso do recente "A Maldição da Chorona" e, principalmente, do filme "A Freira" (2018), que se tornou um genuíno exemplo de uma produção preguiçosa e sem identidade própria.  
Dos filmes derivados é preciso destacar os que são protagonizados pela boneca amaldiçoada Annabelle. Se por um lado o seu protagonismo começou de uma forma morna no filme "Annabelle" (2014), por outro lado, "Annabelle 2: A Criação do Mal" (2017) surpreende por aprender com os erros do passado e obtendo assim a sua identidade própria. É aí que chegamos ao recente  "Annabelle 3: De Volta Para Casa", um filme simples, mas usando tudo o que havia dado certo nesta franquia iniciada por James Wan. 
Dirigido por Gary Dauberman, o filme se inicia, cronologicamente, após os primeiros minutos iniciais do primeiro filme "Invocação do Mal". Vemos então o casal Lorraine Warren (Vera Farmiga) e Ed Warren (Patrick Wilson) levando a boneca para a casa deles e onde ela ficará presa dentro de uma caixa de vidro. Porém, a filha do casal, a pequena Judy Warren (McKenna Grace), é deixada aos cuidados de sua babá (Madison Iseman) em uma noite em que várias situações estranhas começam acontecer dentro da casa.  
O filme possui em si um fiapo de trama, mas do qual é muito bem explorado por tudo o que havia dado certo no passado. Já tendo uma experiência desastrosa com o filme "A Freira, Gary Dauberman não brinca em serviço e usa os velhos recursos criativos para gerar bons sustos. Portanto, aguarde por sombras, vultos no canto da sala, portas rangendo, truques de espelho e o bom uso da câmera a serviço para se criar um bom espetáculo macabro.  
O melhor de tudo é que os eventos acontecem em um único cenário, ou seja, dentro da casa do casal Warren e gerando assim uma sensação e claustrofóbica na medida em que os jovens personagens adentram onde não se deveria. Nesse último caso, isso acontece devido a curiosidade da personagem Daniela (Katie Sarife), que deseja ter contado com o seu pai já falecido a partir do uso de artefatos amaldiçoados que se encontram dentro da sala fechada da casa do casal. É nesse cenário, aliás, que se encontram vários elementos já vistos da franquia, ou que irão posteriormente surgir se caso aconteça novos filmes.  
É claro que o cinéfilo mais exigente irá se desapontar com os desdobramentos da trama, já que muitos de nós já sabem como ela irá terminá-la.  Ao meu ver, os realizadores optaram em não arriscar em criar uma trama mirabolante, mas sim em uma trama simples, honesta e com o único intuito de provocar ótimos sustos. Antes em ser honesto em sua proposta principal, do que ir além de uma forma desnecessária e previsível.  
"Annabelle 3: De Volta Para Casa" retorna as suas raízes, nos assustando de uma forma certeira e muito bem-vinda. 


Me sigam no Facebook,  twitter, Linkedlin e Instagram.  

Nenhum comentário: