Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

segunda-feira, 28 de maio de 2018

Cine Dica: Em Blu-Ray - DVD – VOD:





O Rei do Show

Sinopse: P. T. Barnum, um showman que tem uma tendência natural de enganar seu público, decide montar um circo na esperança de ficar famoso. Durante sua saga há ainda uma importante questão pendente em sua vida, uma paixão cega pela cantora Jenny Lind.

Levei algum tempo para assistir a essa super produção musical mas finalmente pude conferi-la nesse final de semana. No embalo do sucesso de La La Land era inevitável que surgisse novas produções desse gênero que já teve sua fase de ouro. Rei do Show segue uma tendência de grande espetáculo, mesmo quando a trama não apresente nada de novo, mas sim um show de luzes e som em grande estilo.
É claro que muitos irão reclamar devido à visão romanceada sobre P.T Barnum, um dos primeiros artistas a produzir um circo em que a grande atração era pessoas especiais das quais eram excluídas pela sociedade conservadora da época. Mas em tempos de hoje em que o conservadorismo anda se alastrando em todos os territórios, sejam eles políticos ou religiosos, é necessário haver cada vez mais filmes que deem esperanças para pessoas que sofrem devido o preconceito. Com um Hugh Jackman inspiradíssimo como protagonista, além de números musicais que nos emociona, O Rei do Show usa as velhas fórmulas de sucesso do cinema de antigamente e nos convida para ver o outro lado daqueles que tem muito a oferecer, mas esperam uma oportunidade para compartilhar.



O Jovem Karl Marx
 Leia a minha crítica já publicada clicando aqui.




Me sigam no Facebook, twitter, Google+ e instagram

Nenhum comentário: