Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sábado, 6 de abril de 2013

Cine Dica: Em Cartaz: G.I. Joe : Retaliação



Sinopse: Em 'G.I. JOE: RETALIAÇÃO', a equipe não está lutando conta apenas seu inimigo mortal, COBRA, mas eles são forçados a enfrentar ameaças de dentro do governo, que põem em risco sua própria existência.

Normalmente para se criar uma franquia cinematográfica, é preciso obrigatoriamente o primeiro filme fazer sucesso para então ter continuações, o que não é o caso de G.I Joe: A Origem do Cobra: sendo apenas um relativo sucesso de publico e critica, o filme era bem bobinho, mas não era pelo fato de ser baseado numa famosa coleção de brinquedos dos anos 80, mas sim porque os produtores não souberam se dirigir a qual publico, se era essa nova geração ou aqueles que cresceram brincando com os bonecos no quintal.  Mas devido aos milhões que a franquia irmã havia ganhado (Transformes), a Paramount decidiu não desistir da saga e inventou  então um reinício, mas não começando do zero.
A trama em si pode ser muito bem compreendida, principalmente para aqueles que esnobaram o filme anterior e foca no que é essencial: os heróis sofrem um atentado do seu arquiinimigo e os poucos sobreviventes se unem para enfrentá-lo. Não há muito segredo e tão pouca invencionice, já que não se pode inventar muito nesse tipo de filme e tão pouco se levar a sério, já que é direcionado para todas as idades e que querem ir ao cinema somente para se divertir. Com isso, o filme acerta em focar personagens que o publico se amarra, como no caso dos ninjas Snake Eyes (Ray Park) e Storm Shadow (Lee Byung-hum) que nos brinda que belas e fantásticas cenas de luta e incríveis cenas de ação (a cena dos ninjas da montanha é espetacular).
Outro acerto foi trazer dois astros dos filmes de ação para fortalecer a franquia: Bruce Willis (Duro de Matar) vive o General Joe Colton, homem que deu origem ao codinome G.I. JoeThe Rock (A Múmia 2) vive o líder do grupo Roadblock. Se o primeiro está presente apenas para vender o seu peixe (e a do filme), o segundo se tornou o salvador da pátria das franquias recentes (como Velozes e Furiosos), graças ao seu visual típico de super herói de filmes de ação e por possuir um ar carismático que é pouco visto em outros astros desse gênero. Curiosamente, embora o filme tenha nascido somente para entreter, ainda assim consegue ter tempo para fazer uma acida e divertida critica aos lideres das nações, que usam seus poderes bélicos de uma forma tão fácil, mas que não pensam nas conseqüências que podem causar. Portanto não deixa de ser irônico existir essa cena, principalmente no momento que o ocidente vive em conflito com a Coréia do Sul no mundo real.   
Com começo, meio e fim bem amarradinhos, mas (logicamente) com uma pequena ponta solta para dar passagem para uma inevitável seqüência, G.I. Joe : Retaliação, nasceu somente para entreter e não se levar em nenhum momento a sério, mas se for levar por esse ultimo caminho, achará então que perdeu seu tempo.     

Me Sigam no Facebook e Twitter: 

Nenhum comentário: