Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 22 de maio de 2019

Cine Dica: INFERNINHO chega ao CineBancários dia 23 de maio nas sessões das 15h e das 19h

Brasil, 2018, 82’ I Classificação indicativa: 12 anos I Direção:Guto Parente e Pedro Diógenes

A première mundial do INFERNINHO ocorreu em janeiro de 2018, num dos mais prestigiosos festivais de cinema do mundo, o IFFR – International Film Festival Rotterdam. O filme teve ampla aceitação por parte do público e da crítica especializada e, desde então, vem sendo selecionado e premiado em importantes festivais ao redor do mundo.
INFERNINHO é uma tragicomédia inspirada nos melodramas clássicos e nas fábulas de amor e fantasia. O bar, que leva o nome de INFERNINHO, é um esconderijo que acolhe pessoas que não se enquadram nos padrões da sociedade, um lugar de fuga, onde o amor, a ingenuidade e os sonhos ainda são possíveis. INFERNINHO veio ao mundo para falar do amor e da fantasia como armas de resistência, por pior que seja o contexto em que estejamos.“Eles são muitos, mas não podem voar”. Ednardo

SINOPSE :Deusimar é a dona do Inferninho, bar que é um refúgio de sonhos e fantasias. Ela quer deixar tudo para trás e ir embora, para um lugar distante. Jarbas, o marinheiro que acaba de chegar, sonha em ancorar e fincar raízes. O amor que nasce entre os dois vai transformar por completo o cotidiano do bar.

FICHA TÉCNICA
Elenco: Yuri Yamamoto, Demick Lopes, Samya de Lavor, Rafael Martins, Tatiana Amorim, Paulo Ess, Galba Nogueira, Pedro Domingues, Gustavo Lopes
Direção: Guto Parente e Pedro Diógenes
Escrito por: Guto Parente, Pedro Diógenes e Rafael Martins Direção de Fotografia: Victor de Melo
Direção de Arte: Taís Augusto
Som: Lucas Coelho
Figurino: Filipe Arara e Isac Bento
Montagem: Victor Costa Lopes
Trilha Sonora: Vitor Colares e Felipe Lima
Músicas: Rita de Kassia
Direção de Produção: Clara Bastos e Rogério Mesquita
Produção Executiva: Amanda Pontes e Caroline Louise
Produção: Marrevolto em parceria com Grupo Bagaceira e Tardo Filmes Distribuição Brasil: Embaúba Filmes

BIOFILMOGRAFIA DOS DIRETORES
Guto Parente e Pedro Diogenes trabalham juntos desde o início de suas carreiras. Inferninho é o quarto longa que dirigem juntos, mas o primeiro como uma dupla, já que os demais foram codirigidos também por Luiz e Ricardo Pretti, formando um quarteto – Estrada Para Ythaca (2010), Os Monstros (2011) e No Lugar Errado (2011). Guto também dirigiu sozinho ou em outras parcerias os filmes Doce Amianto (2013), A Misteriosa Morte de Pérola (2014), O Estranho Caso de Ezequiel (2016) e O Clube dos Canibais (2018). Pedro Diógenes dirigiu os filmes Com os Punhos Cerrados (2014) e O Último Trago (2016). Seus filmes foram exibidos em importantes festivais como Locarno, Rotterdam, AFI, FidMarseille, Viennale, entre outros.
Ainda é possível o amor prevalecer dentro de uma sociedade em que o dinheiro dita as regras, os interesses se sobressaem aos desejos e os preconceitos se tornam cada vez mais violentos?
Inquietações como essa uniram o Grupo Bagaceira de Teatro e o coletivo de cinema Alumbramento num processo de intensa troca e contaminação. INFERNINHO nasceu do encontro destes dois impor- tantes grupos artísticos cearenses. A parceria entre eles se consolidou dentro do primeiro Laboratório de Audiovisual do Porto Iracema das Artes em 2013 e resultou em um roteiro de longa-metragem que foi realizado com um baixíssimo orçamento, proveniente do Edital de Cinema da Secretaria de Cultura do Estado do Ceará. Em 2017, um corte provisório do filme foi vencedor da Mostra Futuro Brasil do Festival de Brasília, realizada pela primeira vez com o intuito de apontar produções de destaque, em momento de finalização. Essa premiação possibilitou a conclusão do filme.

HORÁRIOS CINEBANCÁRIOS DE 23 a 29 DE MAIO (não há sessões nas segundas):

Dia 23 de maio:
15h – INFERNINHO
17h – MORMAÇO
19h – INFERNINHO

Dia 24 de maio:
15h – INFERNINHO
17h – MORMAÇO
19h – INFERNINHO

Dia 25 de maio:
15h – INFERNINHO
17h – MORMAÇO
19h – INFERNINHO

Dia 26 de maio:
15h – INFERNINHO
17h – MORMAÇO
19h – INFERNINHO

Dia 28 de maio:
15h – INFERNINHO
17h – MORMAÇO
19h – INFERNINHO

Dia 29 de maio:
15h – INFERNINHO
17h – MORMAÇO
19h – INFERNINHO

Os ingressos podem ser adquiridos por R$ 12,00 na bilheteria do cinema ou no site ingresso.com. Idosos, estudantes, bancários sindicalizados, jornalistas sindicalizados,portadores de ID Jovem e pessoas com deficiência pagam R$ 6,00. Aceitamos Banricompras, Visa, MasterCard e Elo.

C i n e B a n c á r i o s 
Rua General Câmara, 424, Centro 
Porto Alegre - RS - CEP 90010-230 
Fone: (51) 34331204 

Nenhum comentário: