Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Cine Dica: Animações, Dia da Preservação Audiovisual e Terror Mexicano (25 a 31 de outubro)



SESSÕES ESPECIAIS NO DIA MUNDIAL DA PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL
TERROR MEXICANO NO PROJETO RAROS E DIA INTERNACIONAL DA ANIMAÇÃO NA CAPITÓLIO
A MALDIÇÃO DA CHORONA

As sessões especiais seguem em destaque na programação da Cinemateca Capitólio Petrobras com exibições de clássicos, resgates e homenagens até o fim de outubro.A mostra Obras-Primas de 1928 e o drama húngaro Um Dia seguem em exibição até o dia 31.

SESSÕES ESPECIAIS NO DIA MUNDIAL DA PRESERVAÇÃO AUDIOVISUAL
Em 27 de outubro, Dia Mundial da Preservação Audiovisual, a Cinemateca Capitólio Petrobras recebe duas sessões muito especiais: Sinfonia Amazônica (1951), de Anélio Latini Filho, primeiro longa de animação realizado no Brasil, e o longa experimental Pontal da Solidão (1974), de Alberto Ruschel, em exibição comemorativa do centenário de nascimento do ator e diretor gaúcho, aqui em sua única incursão na direção. As sessões têm entrada franca.

SINFONIA AMAZÔNICA
Brasil, 1951, 75 minutos
Direção: Anélio Latini Filho
Exibição digital

Ao som de uma orquesta, o índio Curumi e seu fiel companheiro de aventura Boto interligam sete lendas amazônicas (a da noite, a da formação do Rio Amazonas, a do fogo, a da Caapora, a do Jabuti e da Onça, a da Iara e a do Arco-Íris) neste que é o primeiro longa-metragem de animação feito no Brasil.

PONTAL DA SOLIDÃO
Brasil, 1976, 85 minutos
Direção: Alberto Ruschel
Exibição digital a partir de cópia em vídeo
Filha de pescador, Marina é violentada na presença do noivo que não a defende. Desiludida, ela foge na noite do seu casamento e é acolhida por um velho marujo em sua casa no pontal. Baseado no conto "O mau olhado", de autoria de Lima Barreto.

CLÁSSICO DO TERROR MEXICANO NO PROJETO RAROS
No mês dos 90 anos do Cine Theatro Capitólio, a Cinemateca Capitólio Petrobras realiza uma sessão bônus do Projeto Raros com um clássico do terror mexicano! O filme A Maldição da Chorona, de Rafael Baledón (1963, 80 minutos), será exibido na sexta-feira, 26 de outubro, às 20h. O crítico e pesquisador Carlos Thomaz Albornoz participa de um debate após a sessão. Projeção digital, legendas em inglês. Entrada franca!

A MALDIÇÃO DA CHORONA
(La Maldición de la Llorona) México, 1963 - Direção: Rafael Baledón • Roteiro: Fernando Galiana (história), Rafael Baledón (roteiro) • Gênero: Terror • Origem: México • Duração: 80 minutos
Enquanto uma figura fantasmagórica mata viajantes na estrada, uma jovem mulher e seu marido têm de enfrentar uma antiga maldição que corre na família. Horror gótico inspirado na famosa lenda mexicana La Llorona. A Maldição da Chorona é assinado por Rafael Baledón, um dos grandes atores da era de ouro do cinema mexicano, também realizador de marcos do cinema popular do país nos anos 1960 como ¿Qué haremos con papá?, El aviso inoportuno e Cazadores de espías. A cinematografia mexicana é uma das favoritas do Projeto Raros, que desde 2003 já exibiu obras-primas de realizadores como Carlos Enrique Taboada, Gilberto Martínez Solares, Alejandro Jodorowsky, Chano Urueta e Juan López Moctezuma. 

DIA INTERNACIONAL DA ANIMAÇÃO NA CINEMATECA CAPITÓLIO
No dia 28 de outubro de 2018, domingo, a Cinemateca Capitólio Petrobras recebe a programação do Dia Internacional da Animação, com mostra de curtas-metragens de desenhos animados nacionais e internacionais. Realizado pela Associação Brasileira de Cinema de Animação (ABCA), o evento acontece em centenas de cidades de todos os estados do Brasil. A programação tem entrada franca.

MOSTRA INTERNACIONAL
(55MIN) – Classificação Indicativa - 12 anos

Los Aeronautas
Dir. León Fernández 11 min – Stop Motion – México 
SINOPSE: : Em meio ao deserto, uma tribo sobrevive com o pouco que dá na terra. Soo’goh, o mais débil do clã, tentará vencer os obstáculos para chegar aos pomares do paraíso que todos desejam.

Luminaris
Dir. Juan Pablo Zaramella 06 min – Stop Motion / Pixilation – 2011 – Argentina
SINOPSE: Num mundo onde a luz reina e marca o ritmo da vida, um homem comum tem um plano que pode mudar o rumo das coisas.

High Wool
Dir. Nikolai Maderthoner e Moritz Mugler 03 min – Stop Motion – 2013 – Alemanha 
SINOPSE: Um duelo em uma cidade feita de cordas.  

El Empleo
Dir. Santiago ‘Bou’ Grasso 06 min – 2D – 2008– Argentina
SINOPSE: Um homem faz seu trajeto habitual até trabalho, imerso em um mundo onde o uso de personas é algo cotidiado.

Serio
Dir. Ana Gusson 03 min 22 seg – 2D – 2016 – Canadá/Brasil
SINOPSE: Em uma pequena cidade, Felicio cria sua família e trabalha como um sapateiro tradicional, sempre muito sério. Um dia, Guri, seu filho mais novo, quebra sua rotina de trabalho e juntos descobrem uma paixão em comum e um jeito mais leve de ver a vida.

60 Segundos de Oscuridad
Dir. Pablo Conde 04 min – 2D– 2018 – Argentina 
SINOPSE: Uma nevada misteriosa, uma cidade visitada pela Morte. A loucura e os limites do suportável trazem suas consequências de mãos dadas com o desespero.

The short story of a fox and a mouse
Dir. Camille Chaix, Hugo Jean, Juliette Jourdan, Marie Pillier, Kevin Roger 06 min 14 seg – 3D– 2015 – França 
SINOPSE: Uma raposa solitária caça um rato e o seu relacionamento muda quando duas corujas interferem na caçada.

Inercia
Dir. Becho Lo Bianco e Mariano Bergara 04 min – Stop Motion – 2012 – Argentina 
SINOPSE: A inércia é a força que faz com que todas as coisas se mantenham no estado em que se encontram. É a resistência a mudança. A inércia afeta todas as coisas, incluindo as pessoas.

Last Call
Dir. Sara Barbas 12 min – 2D – Inglaterra/Portugal 
SINOPSE:Catarina (uma gata) encontra sua velha paixão, Diogo (um cão) na fila para a inspeção das bagagens no aeroporto. A conversa entre os dois acaba se tornando constrangedora. Eles são interrompidos por pequenos acidentes resultantes das medidas de segurança do embarque, enquanto percebem um enorme erro do passado.

MOSTRA NACIONAL
(56 min) Classificação Indicativa - 12 anos
Piconzé
Dir. Ype Nakashima 01 min (trecho do longa metragem) – 2D – 1972
Desde 2013, exibimos no início da Mostra Nacional um filme que faz parte da história da animação brasileira.

Nos 15 anos do DIA, a curadoria escolheu um trecho de Piconzé – primeiro longa-metragem colorido de animação produzido no Brasil, lançado em 1972.

O Homem na Caixa
Dir. Ale Borges, Alvaro Furloni e Guilherme Gehr  19 min – Animação 2D no Computador
SINOPSE: Preso há décadas em uma prisão de segurança máxima, um velho mágico-escapista tenta reviver os seus dias de glória, colocando em prática um plano de fuga perfeito, mas também muito arriscado.

Millie
Dir. Israel Dilean 05 min 11 seg – 2D Digital e 3D Digital  
SINOPSE: Um monstro nascido da briga de um casal entra no quarto da filha deles para atacá-la mas seu urso de pelúcia faz o que pode para protegê-la.

Insone
Dir. Débora Pinto e Breno Guerreiro 2min 19seg – Animação 2D digital full 
SINOPSE: Dois irmãos estão brincando em seu quarto usando diferentes roupas e itens imaginários numa luta interminável que transcende tempo e passa de mundo em mundo.

Trip
Dir. Péricles Ianuch 2min 44seg – 2D  
SINOPSE:  Um rapaz entediado tem uma viagem que vai mudar sua vida. 

La Loba
Dir. Julia de Macedo Nicolescu 03min  09seg – 2D Tradicional (digital) e cut-out
SINOPSE: Em meio a um deserto escaldante, uma velha xamã se prepara para um misterioso ritual recolhendo ossadas. Baseado no conto de Clarissa Pinkola Estés.

8 Patas
Dir. Fabrício Eduardo Rabachim, Gabriel Barbosa, Pietro Leonardo Nichelatti Nicolodi 02min 25seg – Computação Gráfica 
SINOPSE:Ao receber uma visita inesperada, Beatriz se vê dentro de seu pior pesadelo. A aparição de uma pequena aranha transforma o conforto de seu lar em uma sucessão de desventuras, que provará que o maior perigo a enfrentar é o seu próprio medo.

Um Conselho Animador
Dir. Thiago Calçado 37 seg– 2D 
SINOPSE: Um conselho para meu filhos. 

Torre
Dir. Nádia Mangolini 18 min – 2D, Lápis sobre papel, Tnta sobre papel 
SINOPSE: Quatro irmãos, filhos de Virgílio Gomes da Silva, o primeiro desaparecido político da ditadura militar brasileira, relatam suas infâncias durante o regime.

GRADE DE HORÁRIOS
25 a 31 de outubro de 2018

25 de outubro (quinta)
16h – Um Dia
19h – O Rei da Vela

26 de outubro (sexta)
14h – O Homem das Novidades
16h - Vento e Areia
18h – Um Dia
20h – Projeto Raros (A Maldição da Chorona)

27 de outubro (sábado)
14h – A Montanha do Tesouro
16h – Um Dia
18h – Sinfonia Amazônica
20h – Pontal da Solidão

28 de outubro (domingo)
14h – A Turba
16h – Dia Internacional da Animação – Mostra Internacional
17h – Dia Internacional da Animação – Mostra Nacional
18h – Um Dia
20h – O Circo

30 de outubro (terça)
14h – A Paixão de Joana d’Arc
16h – A Montanha do Tesouro
18h – Um Dia
20h – Homenagem a Leonardo Machado (Entardecer + A Superfície da Sombra)

31 de outubro (quarta)
14h – Solidão
16h – Braza Dormida
18h – Um Dia
20h – A Concha e o Clérigo + A Queda da Casa de Usher

Nenhum comentário: