Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 7 de junho de 2016

Cine Dica:Vampiros black de Bill Gunn no lançamento da mostra Faça a Coisa Certa

PROJETO RAROS APRESENTA O CULT GANJA & HESS
Na sexta-feira, 0 de junho, às 20h, acontece na Sala P. F. Gastal da Usina do Gasômetro (3º andar) a sessão de lançamento da mostra Faça a Coisa Certa, com uma edição especial do Projeto Raros, exibindo o cult Ganja & Hess (1973, 110 minutos), de Bill Gunn, uma singular e experimental aproximação entre o blaxploitation e os filmes de vampiros. Exibido na Semana da Crítica do Festival de Cannes em 1973, o filme ganhou uma recente refilmagem de Spike Lee. Após a sessão, debate com os pesquisadores Carlos Thomaz Albornoz e Cesar Almeida. Com exibição em blu-ray e legendas em inglês, a sessão tem entrada franca.
A mostra Faça a Coisa Certa acontece entre os dias 14 e 19 de junho e traz uma seleção de obras produzidas nos Estados Unidos por realizadores negros como Spike Lee, Gordon Parks, Charles Burnett, Melvin van Peebles, Ryan Coogler e Ava DuVernay. Em breve a divulgação completa.

SINOPSE: A lâmina de uma antiga adaga africana espalha uma epidemia vampírica para o assistente de pesquisa George, cuja sede de sangue logo infecta o Dr. Hess Green. Quando Hess é raptado pela bela esposa de George, Ganja, ele tenta esconder seu terrível segredo... mas a um preço muito alto.
Trabalhando o vampirismo como metáfora para o vício em heroína, Ganja & Hess traz Duane Jones, protagonista de A Noite dos Mortos Vivos, de George A. Romero, em seu segundo papel de destaque. O filme foi recebido pela crítica como a mais importante obra do cinema negro norte-americano desde o pioneiro independente Sweet Sweetback Baadasssss Song, de Melvin van Peebles. 
Carlos Thomaz Albornoz é idealizador do Projeto Raros, crítico de cinema, membro da ACCIRS e ator sempre que falta alguém e o diretor aceita qualquer um para o papel. César Almeida nasceu em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, no ano de 1980. Ainda muito cedo, as histórias fantásticas do cinema e da literatura conquistaram sua atenção. Mais tarde, a paixão por filmes B e livros fantásticos o levou a pesquisar e escrever. Publica artigos sobre cinema desde 2008, e em 2010 lançou Cemitério Perdido dos Filmes B, que compila 120 resenhas de sua autoria. Também escreve ficção, com o pseudônimo Cesar Alcázar, além de atuar como editor (Argonautas Editora) e tradutor.

PROJETO RAROS ESPECIAL
LANÇAMENTO DA MOSTRA FAÇA A COISA CERTA
GANJA & HESS
(Estados Unidos, 1973, 110 minutos)
Direção: Bill Gunn
Elenco: Marlene Clark, Duane Jones, Bill Gunn, Sam Waymon

Sala P. F. Gastal
Coordenação de Cinema, Vídeo e Fotografia
Av. Pres. João Goulart, 551 - 3º andar - Usina do Gasômetro
Fone 3289 8133

www.salapfgastal.blogspot.com

Nenhum comentário: