Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Cine Dica: Em Cartaz: 3ª Edição do Festival Diálogo de Cinema



Aconteceu ontem na Usina do Gasômetro a 3ª edição do Festival Dialogo do Cinema. Mais do que um bom festival para apreciar filmes diversos e autorais, o evento serve para fortalecer mais uma vez a sala, que até recentemente existia o risco de fechamento de suas atividades. Em breve, a adorada sessão Plataforma, onde são exibidos filmes que acabam não sendo exibidos no circuito tradicional, irá retornar em breve agora em julho.
Confiram abaixo o que eu achei dos primeiros filmes exibidos ontem: 


Banco Imobiliário



Sinopse: Brian anda pelo bairro onde cresceu, à procura de novas áreas para uma incorporação imobiliária, enquanto Romeo desenha uma estratégia de marketing. Já Carla, planeja os seus novos investimentos. O documentário se propõe a estudar o fenômeno da especulação imobiliária na capital de São Paulo e descobrir os efeitos e causa deste processo.

 

Dirigido por Miguel Antunes Ramos, o documentário me fez lembrar um pouco filmes estrangeiros recentes como Demon e Leviatã, onde o passado rico de história dá lugar ao progresso acelerado, mas não escondendo uma ambição cega por trás disso. O filme destrincha o que realmente acontece atrás das cortinas, onde vemos empresários gananciosos fazendo de tudo para vender o seu peixe. O resultado disso é cada vez maior o número de arranha céus rasgando os céus, em meio a bairros que tentam manter as raízes do seu passado, mas cada vez mais engolidos pelos gigantes de concreto.
Embora triste a situação, o filme propõe passar uma crítica, mas com algumas doses de humor a cavalar, já que não tem como não deixar de rir de determinadas situações, onde os vendedores e empresários criam propagandas e persuadindo de todas as formas para vender para pessoas que buscam por um imóvel. O ápice dessa situação é quando vemos um vendedor vender um “apartamento compacto” que, segundo ele, o modelo veio do Japão e que é o maior sucesso por lá.
Mesmo com esse humor, o final da obra deixa um ar de pessimismo com relação ao futuro das artimanhas do universo imobiliário, já que vender gato por lebre para as pessoas e enterrar cada vez mais a história desses bairros por algo novo seria realmente algo justo? Cada um que assiste irá tirar as suas próprias conclusões após a sessão!             



O Castelo



Sinopse: Devidamente fortificado, um castelo de luxo à beira do rio Pinheiros.

O curta possui uma abordagem similar com relação ao longa Banco Imobiliário, mas somente explorando o esqueleto por dentro desses arranha céus que se tem atualmente. Em poucos minutos, testemunhamos não um mero prédio, mas sim um quase um castelo tecnológico e a serviço dos poderosos. A câmera sobe e desse nos corredores e escadas e dando uma dimensão muito clara de como são os reais donos daquele lugar.  



Leia mais sobre o evento e programação completa clicando aqui.



Me sigam no Facebook, twitter e Google+

Nenhum comentário: