Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Cine Dica: Em Cartaz: 3ª Edição do Festival Diálogo de Cinema



 Outono Celeste



Sinopse: Em uma noite de outono Clara recebe uma visita.
Curta de ficção bem criativo que, embora não disfarça o seu orçamento curto, surpreende pela sua criatividade. Atenção para a cena em que o casal de protagonistas fica em volta de uma folhagem que começa a flutuar em volta deles. Impressiona pela proeza e simplicidade e nos faz perguntar como ela foi feita.   
Sesmaria



Sinopse: Sesmaria é um curta-metragem de ficção que traz um olhar sobre a vida de Wilhelm e Hilda, casal de idosos, fumicultores, residentes na colônia pomerana Sesmaria, localizada no extremo sul do Brasil e que passaram toda sua vida neste lugar.


Curta humano e que facilmente as pessoas se identificam. Ao vermos a filha querer que seus pais morem na cidade grande, devido à saúde deles, é uma situação da qual todos nós passamos ou iremos passar um dia. O casal central, por sua vez, possui uma escolha da qual tranquilamente já ouvimos ou ouviremos um dia de nossos pais, pois nunca é fácil deixar para trás as suas raízes. O minuto final sintetiza esse casamento entre ser humano e seu passado, do qual não se pode cogitar separação, ou haverá então consequências.      




A Saga do Herói



Sinopse: O filme é uma seqüência, como se extraído de um longa-metragem, que se passa em uma cidade fictícia de um Brasil futuro, pós-catástrofe. O Brasil construído no filme é feito com maquetes de empreendimentos imobiliários contemporâneos, implantados em uma paisagem árida, empoeirada, como se fosse a manhã seguinte de um fenômeno natural de grandes proporções. A narrativa se concentra na luta entre dois personagens que, ante essa cidade diminuta, são gigantes.



Um curta, cuja sua proposta renderia inúmeros debates, mas que infelizmente a sua curta duração impede um pouco isso. Quando se acha que a trama irá desvendar mais camadas de interpretação, eis que ela acaba sem mais nem menos e deixando um desejo de quero mais do qual não acontece.

   

Kaali



Sinopse: Ao visitar sua tia Liisa na ilha Estôniana de Saaremaa, o jovem Martin aliena-se ao seu smartphone. Na tentativa de entreter o garoto com algo mais, Liisa o leva a Kaali – uma antiga e legendária cratera de meteoro. Para a surpresa de ambos, Martin levanta os olhos de seu celular.



Curioso curta que faz uma rápida critica sobre a alienação das pessoas atuais que, cada vez mais conectadas na tecnologia, mas esquecendo do mundo em volta e de sua riqueza.  

 Leia mais sobre o evento e programação completa clicando aqui.

Me sigam no Facebook, twitter e Google+

Nenhum comentário: