Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Cine Dica: Projeto Raros exibe filme dos anos 1970 de Abbas Kiarostami

O RELATÓRIO DE ABBAS KIAROSTAMI NO PROJETO RAROS

Nesta sexta-feira, às 20h, o Projeto Raros exibe na   Sala P. F. Gastal da Usina do Gasômetro (3º andar) o filme O Relatório (Gozaresh, 1977, 105 minutos), da pouco conhecida fase setentista do diretor Abbas Kiarostami. Após a sessão, acontece debate com Ivonete Pinto, crítica e pesquisadora da obra do realizador iraniano.  
Com projeção digital e entrada franca, a exibição faz parte da mostra Um filme, cem histórias: Abbas Kiarostami, uma apresentação do Ministério da Cultura, do Banco do Brasil,  da Sala Redenção – Cinema Universitário, da Cinemateca Capitólio e da Sala P. F. Gastal.

Sinopse: Um funcionário público do Ministério das Finanças é acusado de corrupção; ao mesmo tempo, seu casamento está em crise. Após uma violenta discussão com a esposa, ela tenta o suicídio.
 O negativo original de O Relatório foi aparentemente destruído durante a revolução iraniana. A única cópia sobrevivente é uma master de vídeo feita a partir da cópia do lançamento na Inglaterra.

Ivonete Pinto é jornalista, doutora em cinema pela USP com tese sobre Abbas Kiarostami, orientada pelo professor Jean-Claude Bernardet, editora das revistas Teorema e Orson, professora no curso de Cinema e Animação da UFPel. Escreveu os livros “A Mediocridade” (Ed.Sulina), “Descobrindo o Irã” (Ed. Artes e Ofícios) e “Samovar nos Trópicos” (Ed. Artes e Ofícios).


O RELATÓRIO
Gozaresh, 1977, cor, 105’
Roteiro Abbas Kiarostami
Direção de fotografia Ali Reza Zarrindast
Som Yusef Shahab
Montagem Mahtalat Mirfenderski
Produção Barman Farmanara
Elenco Kurosh Afshar, Mehdi Montazer, Mostafa Tari e Shohreh Aghdaslu
  
GRADE DE PROGRAMAÇÃO
14 a 19 de junho de 2016

14 de junho (terça)
15h – Perversa Paixão
17h – Honkytonk Man - A Última Canção
19h – Um Mundo Perfeito

15 de junho (quarta)
15h – O Estranho que Nós Amamos
17h – O Estranho Sem Nome
19h – Meia Noite no Jardim do Bem e do Mal

16 de junho (quinta)
15h – Impacto Fulminante
17h – Honkytonk Man - A Última Canção
19h30 – Lançamento do documentário Olhos Fechados Pro Azar, com a banda Dingo Bells

17 de junho (sexta)
15h – O Estranho Sem Nome
17h – Meia Noite no Jardim do Bem e do Mal
20h – Projeto Raros (O Relatório de Abbas Kiarostami + debate com Ivonete Pinto)

18 de junho (sábado)
17h – O Último Golpe
19h – Impacto Fulminante

19 de junho (domingo)
15h – Perversa Paixão
17h – O Estranho que Nós Amamos
19h – Um Mundo Perfeito

  

Sala P. F. Gastal

Coordenação de Cinema, Vídeo e Fotografia

Av. Pres. João Goulart, 551 - 3º andar - Usina do Gasômetro

Fone 3289 8133

Nenhum comentário: