Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Cine Dica: Prelúdio Para a 2ª Guerra Mundial na Sala Redenção

 Hitler: A ascensão do Mal

A Mostra RECAM, Encontro Especializado de Autoridades Cinematográficas e Audiovisuais do Mercosul, abre a programação da próxima semana no Cinema Universitário. O ciclo teve início neste mês e encerra suas exibições na próxima segunda-feira, 26 de agosto, às 16h, com o premiado longa-metragem uruguaio O Quarto de Léo. O filme conta a história de um jovem que não se percebe feliz, pois preocupa-se demais em atender as expectativas da mãe, da namorada e da sociedade.Em pleno processo de descoberta da sexualidade, Leo reencontra Caro, uma ex-colega, que vive também a sua crise pessoal.
Ainda na segunda-feira, às 19h, o filme Hitler: A ascensão do Mal inaugura a Mostra Antecedentes da Segunda Guerra Mundial. Mostrando a vida de Adolf Hitler quando criança e  a sua ascensão, nas fileiras do Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães, o longa remonta o cenário de antes da Segunda Guerra e revela com era o homem que se tornaria um dos mais perversos ditadores da história recente. A Ascensão do Mal, junto a outros três filmes, integra a programação organizada pelo professor de história do Colégio Aplicação da UFRGS, Nilo Piana de Castro, para o ciclo de cinema sobre questões do pré-guerra. 
O protagonismo das mulheres no rap e no movimento do Slam também ocupará as telas da Sala Redenção na próxima semana. No dia 28, quarta-feira, às 19h, a sessão Espaços (Sub)traídos traz os documentários brasileiros As Minas do Rap, dirigido por Juliana Vicente, e o Slam – Voz de levante, dirigido por Tatiana Lohman e Roberta Estrela D’Alva. O filme de Juliana, um curta-metragem de 14min, entrevista mulheres ligadas ao hip hop, abordando o histórico feminino dentro do movimento e dando voz a artistas como Negra Li, MC Gra e Karol Conka. Já o longa dirigido por Tatiana e Roberta traz para o cinema a nova vertente negra e feminista que tem se expressado pela força de seu verbo politizado: o slam. Após a sessão, haverá um debate com os organizadores e convidados. 
Já no final da semana, a Sala Redenção, em parceria com o Sesc-RS, exibe uma sessão especial com acessibilidade, em que a exibição do filme contará com audiodescrição, libras e legendas e possibilitará a experiência cinematográfica para pessoas com deficiência visual ou auditiva. A produção cinematográfica escolhida é Fátima, dirigido pelo francês Philippe Faucon. Com exibição na quinta-feira, 29, às 14h, o filme conta o drama de uma mulher muçulmana, imigrante na capital francesa e mãe solteira de duas meninas.  

Veja a programção completa no site oficial clicando aqui. 

Nenhum comentário: