Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Cine Especial: Boca do Lixo nos tempos da Pornochanchada: Parte 4

Nos dias 17 e 18 de Setembro, eu estarei participando do curso Boca do Lixo nos tempos da Pornochanchada, criado pelo Cine Um e ministrado pelo jornalista Cassiano Scherner. Enquanto os dias da atividade não chegam, eu irei por aqui relembrar um pouco desses filmes, que atraiam milhares pessoas para o cinema e que posteriormente fazia um grande sucesso nas noites de domingo no SBT.
 

A Viúva Virgem (1972)

 Sinopse: Em Minas Gerais, o poderoso “coronel” Alexandrão (Carlos Imperial) casa-se com a jovem virgem Cristina (Adriana Pietro) e promove uma grande festa de casamento em sua fazenda. Ele acaba comendo e bebendo demais e na sua primeira noite com a noiva, passa mal e falece antes de consumar o casamento, tornando Cristina uma viúva virgem.

Esta pornochanchada é uma das mais divertidas e famosas que fez muito sucesso nos anos 70 e é uma ótima oportunidade para rever o Rio de Janeiro daqueles anos. Inexplicavelmente foi esquecida pelas distribuidoras, mas foi redescoberta pelos cinéfilos graças ao Canal Brasil.   
 
  Escola Penal de Meninas Violentadas (1977)

 Sinopse: Jovens prostitutas são conduzidas para uma escola penal. A instituição é dirigida por uma madre que impõe sessões de tortura e pavor às meninas. A polícia começa a desconfiar do reformatório e resolve investigar a madre. O cerco vai se fechando para a religiosa e, aos poucos, seus segredos vão sendo descobertos.


Filme de estréia do cineasta Antonio Meliande. Embora o filme sugira uma coisa, na realidade ele é bem moralista e possuindo um teor conservador ao extremo da época. Claro que há uma crítica contra a própria igreja, mas ao mesmo tempo prega que o sexo é o grande mal vindo da mulher. Uma mensagem não só machista vista hoje em dia como também envelhecida. De todos os filmes do período pornochanchada, esse é o que menos me agradou e serve mais como curiosidade.    




O Bem dotado – O Homem de Itu (1978)

Sinopse: Duas milionárias visitam Itú e contratam Lírio como guia. Durante os passeios, as senhoras reparam que o rapaz possui uma anatomia sexual avantajada e o levam para São Paulo. É na cidade grande que o rapaz tem suas primeiras relações sexuais, movidas por situações bem embaraçosas.


Um dos filmes mais leve e divertidos da era da  pornochanchada. Nuno Leal Maia  nos brinda com um dos seus personagens cinematográficos mais lembrados, em uma trama ingênua, mas que nos faz rir facilmente. O ator contracena com grandes deusas da comédia erótica da época como Aldine Müller, Marlene França e Helena Ramos.

Interessados em participar da atividade cliquem aqui.

Me sigam no Facebook, twitter e Google+

2 comentários:

Gilberto Carlos disse...

Queria muito participar desse curso. Adoro os filmes da pornochanchada.

Marcelo Castro Moraes disse...

Seria show se estivesse junto Gilberto, pois vc já escreveu muito sobre o assunto. Me deseje boa sorte amanhã. Abraços e tudo de bom.