Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Cine Dica: MOSTRA CINEMA DE GARAGEM 2014 CENTRO CULTURAL DA JUSTIÇA FEDERAL 1º A 10 DE AGOSTO

De volta em agosto, no Centro Cultural da Justiça Federal (CCJF) e no Museu de Arte do Rio (MAR), a Mostra CINEMA DE GARAGEM. Idealizada por Marcelo Ikeda e Dellani Lima, o evento teve sua primeira edição em 2012 na Caixa Cultural do Rio de Janeiro. Este ano com o patrocínio da RioFilme, o Cinema de Garagem volta ao Rio entre 1º e 10 de agosto, exibindo 19 longas-metragens brasileiros contemporâneos, além de sessões comentadas, debates, oficinas e lançamento de livro. Um pouco antes, a mostra acontece também em Fortaleza, no Cinema do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, de 17 a 23 de julho, por meio do edital de ocupação do cinema da instituição.

Pautados por uma outra lógica de produção e de circulação das obras, possíveis graças às tecnologias digitais, surge uma nova geração de realizadores no audiovisual brasileiro, que se afasta cada vez mais dos modelos tradicionais de captação de recursos e distribuição comercial. “As obras possuem formatos híbridos, influenciadas não apenas pelo cinema, em uma linha tênue, indiscernível, entre ficção e documentário, mas também influenciada por outros processos artísticos, como as artes visuais, a dança, a performance, o teatro, entre outras”, afirma o curador Marcelo Ikeda, que aponta: “O hibridismo é uma marca desses trabalhos, não apenas nas bitolas (super8, 16mm, vídeo, fullHD, 35mm) mas especialmente nas estéticas e nos modos de produção”.

Ao longo dos últimos anos os curadores Marcelo Ikeda e Dellani Lima vêm refletindo sobre essas transformações como realizadores, pesquisadores, críticos e curadores. “Entendemos que esses aspectos são complementares como um gesto para propor uma nova forma de discussão do audiovisual brasileiro contemporâneo”, dizem.

Em 2011, na Mostra de Tiradentes, Ikeda e Dellani lançaram o livro "CINEMA DE GARAGEM: um inventário afetivo sobre o jovem cinema brasileiro do século XXI". No ano seguinte, na Caixa Cultural/RJ, a Mostra CINEMA DE GARAGEM apresentou uma retrospectiva dessas obras, com 25 longas e 25 curtas produzidos neste século, além de mesas de debate e ainda um livro com artigos de pesquisadores e realizadores convidados (disponível em: http://www.cinemadegaragem.com/catalogo.html).

Organizado pela WSET Multimídia (www.wsetmultimidia.com) no Rio de Janeiro, o Cinema de Garagem 2014 conta com o patrocínio da RIOFILME, por meio do Programa de Investimentos Não Reembolsáveis. Desde 2000 a WSET produz mostras como “Cinema em Carne Viva – David Cronenberg”, “Michael Haneke: A Imagem e o Incômodo” e a “Mostra do Filme Livre” (MFL) que já está na 13ª edição no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB).


Um pouco sobre os curadores:

Marcelo Ikeda
Além de realizador, crítico e curador, Marcelo Ikeda é professor do Curso de Cinema da Universidade Federal do Ceará (UFC). Mestre em Comunicação pela Universidade Federal Fluminense (UFF), pesquisa o cinema contemporâneo brasileiro e é realizador de diversos curtas-metragens como O Posto, É Hoje, Eu te Amo e Carta de um jovem suicida, exibido em festivais nacionais e internacionais. Atualmente, sua pesquisa fílmica envolve a produção de videocartas e videodiários, disponíveis em www.marceloikeda.com. Trabalhou na Agência Nacional do Cinema (ANCINE) entre 2002 e 2010.

Dellani Lima
Ator, realizador e Curador, Dellani Lima formou-se nos extintos cursos de “Dramaturgia" e "Realização em Cinema e Televisão" pelo Instituto Dragão do Mar de Arte e Indústria Audiovisual do Ceará/UECE (1996-2000). Realizou os longas-metragens Vertigem Branca, Sociedade dos Amigos do Crime, O Sonho Segue Sua Boca, entre outros, exibidos em importantes mostras e festivais no Brasil e no exterior.  Atuou nos longas "Os Residentes" de Tiago Mata Machado (2010), "Linz - quando todos os acidentes acontecem" de Alexandre Veras (2012) e "Faroeste" de Aberlardo de Carvalho (ainda em processo), entre outros curtas e médias. Realizou videoclipes de importantes artistas independentes, entre os quais, Autoramas, Lê Almeida, Lucy And The Popsonics, Wallace Costa, Lulina, Dellani é também performer e fundador dos projetos de intervenção musical "E Disse que Era Economista" (2007), "Madame Rrose Sélavy" (2009) e "Splishjam" (2009).


Resumo da programação:

ABERTURA - Dia 01/08/2014, às 18h30, no auditório do Museu de Arte do Rio (MAR). Dois curtas-metragens inéditos dos realizadores cariocas de diferentes gerações, Allan Ribeiro e Luiz Rosemberg Filho. Após os filmes haverá um debate com os diretores e curadores da mostra. Ao final será lançado o livro CINECASULOFILIA, de Marcelo Ikeda, além do livro-catálogo da mostra, com textos de diversos pesquisadores da área.

TACIANO VALÉRIO - A Mostra destaca a obra de Taciano Valério, exibindo três longas-metragens: ONDE BORGES TUDO VÊ, FERROLHO e PINGO D´ÁGUA, que compõem a Trilogia Cinza.

DEBATES E SESSÕES COMENTADAS - Debates com a presença de realizadores e críticos para comentar os filmes e discutir os rumos do novo cinema brasileiro. Participarão de debates e/ou sessões comentadas Arthur Tuoto, Andrea Tonacci, Allan Ribeiro, Cristiano Burlan, Taciano Valério, Luiz Rosemberg Filho, além dos curadores Ikeda e Dellani.

SESSÕES ESPECIAIS - Além da exibição de filmes de jovens realizadores do cinema brasileiro contemporâneo, a mostra destaca três realizadores que, apesar de pertencerem a uma geração anterior, permanecem fazendo filmes de invenção, tipicamente "de garagem", comprovando que juventude não é uma questão de idade, mas de coragem. São os nossos "jovens veteranos": Andrea Tonacci, que no sábado, dia 02/08, debaterá com o público seu último filme "JA VISTO JAMAIS VISTO"; Helena Ignez que encerrará a Mostra no dia 10/08 com a exibição de FEIO, EU?, mais recente filme da atriz e cineasta; e Ricardo Miranda, que será homenageado com a exibição de seus últimos dois filmes, Djalioh (2013) e Paixão e Virtude (2014). Clarissa Ramalho, viúva de Miranda e roteirista de ambos os filmes, e Beth Formaggini, produtora do filme, estarão presentes para comentar a sessão.

CATÁLOGO - Pesquisadores e realizadores foram convidados por Dellani e Ikeda para comporem um livro-catálogo, que trará artigos de Denilson Lopes, Luís Rocha Melo, Jean Claude Bernardet, Erico Oliveira, Dalila Camargo Martins, entre outros. O lançamento do catálogo será na abertura da Mostra, dia 1º, às 18h30, no M.A.R.

OFICINA: A dimensão do mínimo no audiovisual
Com Dellani Lima
De 2 a 7 de agosto das 10h às 13h
no Museu de Arte do Rio – MAR
Local: Sala 3.3 da Escola do Olhar

CURSO: Cinema de Garagem
Com Marcelo Ikeda
De 5 a 8 de agosto das 14h30 às 17h
Sala de Cursos, CCJF (Cinelândia)
Local: Sala de Cursos

SERVIÇO - Rio de Janeiro:

19 longas-metragens de diversas regiões do Brasil, todos inéditos no circuito comercial da cidade, e alguns deles com primeira exibição no Rio de Janeiro.
Entrada franca. Retirada de senhas 1 hora antes de cada sessão.

Locais onde a mostra acontece:

Centro Cultural Justiça Federal
Av. Rio Branco, 241 – Centro – Rio de Janeiro
De 1 a 10 de agosto
Horário: das 14h30 às 21h30
Entrada franca
Observar classificação indicativa

Museu de Arte do Rio 
Praça Mauá, 5 - Centro - Rio de Janeiro
(21) 3031 2741
De 1 a 10 de agosto
Entrada franca
Observar classificação indicativa


Contatos:
Guilherme Whitaker
Produção Audiovisual
(21) 986973200

Contato Assessoria de Imprensa:
Flávia Junqueira / (21) 98012-4936
Leonardo Tavares / (24) 98182-7438

​Filme A Balada do Provisório, de Felipe David Rodrigues



LogoBicicletaE-mailAssinatura
Leonardo TavaresJornalista | Assessor de Imprensa
MTB 30964/RJ
Tel.: (24) 98182-7438
www.bicicletacomunicacao.com.br
FaceBookTwitter

Nenhum comentário: