Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Cine Dica: Mostra CineAfroBH promove abertura do edital para 3ª edição

Primeira mostra audiovisual do estado destinada exclusivamente à exibição de filmes produzidos por diretores afro-brasileiros receberá inscrições de longas e curtas metragens, via edital, até o dia 31/01. Selecionados serão divulgados no dia 17 de fevereiro.

Desde sua criação em 2014, a “Mostra CineAfroBH: Quilombos urbanos, fé e cultura” tem dedicado sua atuação à difundir e incentivar a produção audiovisual de realizadores afro-brasileiros, promovendo também a circulação de filmes com temáticas étnicas. Agora, a Mostra está recebendo inscrições para sua 3ª edição, por meio de edital eletrônico que convida cineastas afro-brasileiros de todo o país a participarem da programação.As inscrições ficam abertas até o dia 31 de janeiro.
Após o período de inscrições, serão selecionados 10 filmes dentre os participantes, sendo 6 obras preferencialmente produzidos por realizadores afro-brasileiros mineiros ou que sejam radicados em Minas Gerais há pelo menos dois anos, além de 4 produções de cineastas afro-brasileiros de outros estados do país. Desta forma, a Mostra CineAfroBH reafirma seu compromisso de valorizar o cenário audiovisual mineiro, construído bravamente por realizadores que atuam na transmissão das tradições culturais seculares para as futuras gerações, ao mesmo tempo que ao receber participantes de outras regiões do Brasil, constrói interlocuções e conexões com o cenário nacional.
Podem ser inscritos filmes de curta metragem (até 20 minutos) e média metragem (até 55 minutos), finalizados entre 2010 e 2018, dos gêneros de ficção, documentário e animação, sem restrições de formato de produção. Os filmes selecionados participarão da  3ª Mostra CineAfroBH: Quilombos urbanos, fé e cultura, que promoverá 8 (oito) sessões de cinema gratuitas.
CIRCULAÇÃO
 A 3ª Mostra CineAfroBH: Quilombos urbanos, fé e cultura realizará até setembro de 2019, 8 (oito) sessões de cinema gratuitas, sendo 4 (quatro) itinerantes de rua nas cidades de Belo Horizonte (MG), Salvador e Valença (BA), e 4 (quatro) de contrapartida nas periferias da capital mineira. As sessões de rua acontecerão próximas às instituições culturais afro-brasileiras de quatro mestres de culturas de raiz de matriz africana, com trabalhos consolidados há mais de 20 anos.
O objetivo é homenagear e promover os mestres da Cultura Popular local com rodas de conversa e sessões de cinema, sempre próximo aos locais onde executam seu fazer cultural, contribuindo para um reposicionamento simbólico dessas atividades na comunidade local. Assim, os mestres recebem o devido positivamente o reconhecimento e a legitimação dos saberes e destes importantes agentes culturais locais, que muitas vezes são pouco reconhecidos pela indústria cultural ou mesmo pela suas próprias comunidades.
Durante toda a programação o público tem a oportunidade de conhecer centros de cultura popular, artistas locais, convidados do CineAfroBH e mestres de cultura popular. Serão realizadas duas sessões em Belo Horizonte e duas sessões na Bahia, em Salvador e em Valença, sendo que em cada uma delas ocorrerão as homenagens aos mestres de cultura que tem atuação nos espaços, comunidades e regiões em que os encontros serão sediados. Os locais em que as sessões serão promovidas ainda serão divulgados.
Sobre a Mostra CineAfroBH (MCABH)

A Mostra CineAfroBH foi idealizada em 2014 pela cineasta Carem Abreu, diretora  e produtora executiva da ATOS Central de Imagens e membro do Centro de Estudos Cinematográficos de Minas Gerais  CEC-MG, desde a década de 90. A MCABH foi criada como objetivo de incentivar e divulgar a produção audiovisual afro-brasileira de Minas Gerais, além de colocar no foco das atenções o trabalho cultural desenvolvido pelos mestres das culturas populares, os verdadeiros representantes da cultura brasileira, que muitas vezes seu fazer cultural é menosprezado, ou são agredidos verbal e fisicamente por aqueles que não os reconhecem como mestres populares, em função de ignorância, intolerância e covardia imposta pelo racismo velado. Promover o conhecimento da contribuição da cultura afro-brasileira para a identidade do brasileiro e respeito pela humanidade são os objetivos primordiais dessa atividade cultural. A Mostra CineAfroBH é realizada pela ATOS Central de Imagens com patrocínio do Fundo de Projetos Culturais da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte. (Projeto 0171/2017 - FPC-SMC-PBH).

Serviço
Mostra CineAfroBH promove abertura do edital para 3ª edição
Data: até 31/01
Resultado: 17/02
Realização: ATOS Central de Imagens 
Informações: www.mostracineafrobh.com

Informações para imprensa

Fábio Gomides – (31) 9 9693-2767
João Dicker – (31) 9 8841-9613

Nenhum comentário: