Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

segunda-feira, 25 de junho de 2018

Cine Especial: Clube de Cinema de Porto Alegre: Uma Escala para paris

Nota: filme exibido para os associados no último sabado (23/06/18).

Sinopse: Gina, uma comissária de bordo americana, passa boa parte do tempo sozinha e deprimida depois do suicídio de seu namorado. Tudo muda quando ela conhece e se apaixona por Jérôme, um garçom parisiense, e quando finalmente decide ficar na França para viver este amor, surge Clémence, um antigo amor de Jérôme, que transforma a vida de Gina em uma rede de desilusões e loucura.

Foi-se o tempo das comédias românticas de sucesso, onde o casal se conhece, briga, mas no fim reatam  num final lacrimoso e previsível. O problema desses filmes é que eles não correspondem com o que acontece no mundo de hoje, onde é cada vez maior o interesse pelo individualismo ao invés de abraçar então um compromisso mais duradouro. Uma Escala para Paris é a desconstrução desse gênero e sendo moldado para uma comédia de humor peculiar e um tanto que imprevisível. 
Dirigido por Nathan Silver (O Cego), o filme é protagonizado por Gina (Lyndsay Burdge), uma comissária de bordo americana, que durante o seu trabalho conhece o amor de sua vida, mas que acaba cometendo suicídio. Deprimida, decide passar uns tempos em Paris, onde numa determinada noite em uma  boate conhece Jerôme (Damien Bonnard), um galanteador e do qual ela passa a dormir com ele em  algumas noites.  O que era para ser somente uma relação passageira acaba se tornando uma obsessão para Gina, que não irá desistir em ficar com Jerôme para sempre.
A todo momento Nathan Silver brinca com a nossa perspectiva com relação ao que virá a seguir no filme, já que, no principio, a fotografia possui cores quentes, como sintetizasse uma realidade colorida e cheia de vida. A partir do momento que Gina perde o seu namorado, o clima começa ficar um tanto que mórbido, como se enxergássemos a forma como ela enxerga agora o mundo. Com ou sem a protagonista em cena, por exemplo, se tem a sensação de um conflito cinematograficamente falando, como se a obra representasse o estado mental da personagem com relação ao mundo do qual ela está vivendo. 
Paris, aliás, se torna bem distante dos cartões postais que nós conhecemos e dando lugar a um cenário onde o sexo, dinheiro e a obsessão pelo individualismo vem em primeiro plano. É nesse ambiente em que Gina se adentra para obter Jerôme a todo custo, mesmo que para isso correrá o risco de perder tudo. Lyndsay Burdge está assustadoramente bem no papel, ao conseguir a todo momento passar para nós uma ambiguidade mórbida de sua personagem e fazendo com que não tenhamos ideia alguma de qual será o seu próximo passo para alcançar o seu objetivo.
Curiosamente, o filme possui até mesmo os ingredientes das típicas comédias românticas, mas moldadas com requintes crus, onde os personagens se veem cada vez mais perdidos em seus relacionamentos e não tendo nenhuma ideia com relação ao futuro. O final, aliás, é uma espécie de caricatura desse gênero tão usado e desgastado pelo cinema americano e o que resta dele é somente uma mentira do tão sonhado "felizes para sempre". Uma Escala para paris é uma sátira sombria dos relacionamentos amorosos atuais, onde sonhos de tempos mais dourados se tornam inviáveis em tempos contemporâneos. 
 

Onde assistir: Sala Paulo Amorim. Casa de Cultura Mario Quintana. Rua das Andradas nº 736 centro de Porto Alegre. Horário: 17horas.

Siga o Clube de Cinema de Porto Alegre através das redes sociais:
twitter: @ccpa1948  
Instagram: @ccpa1948 

Me sigam no Facebook, twitter, Google+ e instagram

Nenhum comentário: