Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 12 de junho de 2018

Cine Dica: SUBSTANTIVO FEMININO estreia em Porto Alegre



O premiado documentário SUBSTANTIVO FEMININO,  sobre a trajetória das ecologistas gaúchas Magda Renner e Giselda Castro, entra em cartaz nesta quinta-feira, 14, na Cinemateca Paulo Amorim da CCMQ. A estreia acontece no mês de Junho, quando comemora-se o Dia Mundial do Meio Ambiente. O filme tem codireção e coprodução da gaúcha Daniela Sallet (DS Produções) e do cineasta colombiano Juan Zapata (Zapata Filmes).
Integrantes de famílias tradicionais de Porto Alegre, Giselda Castro e Magda Renner começaram a militar em 1964.  Anos depois, trouxeram para o Brasil a organização internacional Friends of the Earth, presente em mais de 70 países. Inspiradas por José Lutzenberger, percorreram o mundo, contrariaram interesses econômicos e foram vigiadas pela ditadura militar. Deixaram como legado uma história de amor à vida que virou filme, e que percorre o mundo em festivais e agora em salas de cinema.
SUBSTANTIVO FEMININO começou o circuito comercial semana passada em Valparaíso, no Chile e tem exibições programadas ainda em junho em cidades do México e Colômbia. A distribuição é da Latinópolis Filmes. Financiado pelos realizadores, com a colaboração direta de entidades ambientais, amigos e equipe técnica, o documentário teve captações no Brasil, Uruguai e Alemanha. Imagens de arquivo foram cedidas por reconhecidas emissoras de TV e pelo Núcleo Amigos da Terra Brasil.
Em 2017, o filme recebeu Menção Honrosa na 6a Mostra ECOFALANTE de Cinema Ambiental, em São Paulo. E o prêmio “IMPEGNO CIVILE” no prestigioso 33º Festival de Cinema Latino Americano de Trieste, na Itália, com a seguinte justificativa:  “Pelo compromisso de quem dedicou seu talento a uma causa social e a promover valores universais, e para corajosa decisão dos diretores que, acreditando no valor desta história, souberam aproveitar os meios disponíveis para narrá-la”.  




 A cineasta gaúcha Daniela Sallet e o cineasta colombiano Juan Zapata.


SERVIÇO:
Exibição do documentário Substantivo Feminino
Quinta, 14 de junho, 17h30min
Sala Paulo Amorim - CCMQ/Porto Alegre

Paola Rodrigues
Comunicação | Zapata Filmes
Brazil +55 (51) 983.08.1874

Nenhum comentário: