Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Cine Especial: Retrospectiva 2017: Cine Um e HQ


Você não nasce sabendo, mas sim com a missão de descobrir o mundo e ter que saber qual será o seu verdadeiro  caminho. No meu caso não levou muito tempo para me dar conta que o meu prazer era o cinema e escrever sobre o assunto. O problema foi saber enxergar o filme além de sua proposta, conhecer mais sobre a história do cinema e, acima de tudo, saber escrever.
Confesso que até hoje ainda não estou 100% com relação a escrita, mas se tem uma coisa que eu aprendi é que quanto mais você escreve menos você irá errar. Ao longo do percurso, sempre me dediquei em pelo menos fazer um texto por dia nesse meu blog, para não somente deixa-lo mais popular, como também sendo uma forma de aprendizado e muito prazeroso. E falando de aprendizado eis que sempre tenho o Cine Um para me ajudar a ter melhor conhecimento com relação a sétima arte.
Criado por Jorge Ghiorzi, o Cine Um até hoje é a melhor forma para mim ter um melhor conhecimento sobre o cinema, conhecer pessoas da área e por me fazer dar conta que sempre terá algo a mais para aprender sobre essa arte. Em sete cursos nesse ano, fui para Itália conhecer Ettore Scola; me aprofundei na literatura policial sendo adaptada para o cinema; ter um novo olhar sobre o mestre Martin Scorsese; viajei no tempo e fui conhecer as raízes do cinema de horror inglês; conhecer melhor o nosso cinema independente; atravessar a cortina e conhecer o mundo do sonhar dentro do cinema e dar umas boas risadas e conhecer melhor o gênero da comédia.
Portanto tenho mais do que agradecer ao Jorge, ao elaborar esses cursos, trazer os melhores ministrantes no assunto e para então termos boas horas de estudo cinematográfico. Gostaria também de agradecer aos organizadores do Filosofia e Arte, que me deram um dia de boas aulas na Cinemateca Capitólio, ao me fazer viajar um pouco entre a ficção e filosofia dentro do cinema. Abaixo uma lista de minhas conquistas desse ano e que o próximo eu encare um novo patamar que vai ser no matar ou morrer, mas essa é uma outra história para ser contada.

1º Ettore Scola - Um cineasta muito especial: ministrado pela Fatimarlei Lunardelli
2º A queima Roupa - A literatura policial americana no cinema: ministrado por Cesar Almeida 
3º Martin Scorsese - O Lobo de Hollywood: ministrado por Robledo Milani
4º Horror Britanico - Uma orgia de sangue e pavor: ministrado por Carlos Primati
5º Cinema Independente brasileiro hoje: ministrado por Daniel Feix
6º Filmes e Sonhos - A Psicanálise no cinema: ministrado por Leonardo Della Pasqua  
7º Filme Comédia - O Cinema que faz rir: ministrado por Flávia Seligman 

A tela que Pensa: Filosofia, Cinema e Ficção Cientifica: ministrado por Ana Beatriz Antunes e Luame Cerqueira. 

E HQ como ficou para mim nesse ano?  

Quem me acompanha nessa pagina já sabe que sou grande fã de HQ. Nessas últimas décadas, essa arte de conhecer histórias está tendo um casamento duradouro com a sétima arte e pelo visto tão cedo não haverá um divorcio. Claro que haverá um dia um esgotamento no gênero, mas até lá, temos mais que desfrutar. 
Infelizmente 2017 foi um ano que, definitivamente, não tive tempo de escrever sobre nenhuma HQ que eu li. Eu tenho hábito de, ao invés de ser que nem os outros que não largam o celular durante a viagem de trem, desfrutar de uma boa leitura ao longo do percurso até o trabalho.  E mesmo com a crise pós golpe que assolou o nosso país nesse ano, é impressionante como as editoras tem investido pesado nos mais diversos tipos de histórias e formatos do mundo dos quadrinhos. 
Abaixo uma lista das principais HQ que eu li nesse ano e quem puder vai a caça.

01º Black Hole -  de Charles Burns
02º Meu Amigo Dahmer - de Derf Backderf
03º Paciência - De Daniel Clowes
04º Ghost In The Shell - de Shirow Masamune
05º O Xerife da Babilônia - de Tom King, Mitch Gerads
06º Un Follow - de Rob Wiluams
07º Corpos - de Si Spenser
08º Coleção Histórica Marvel  - Wolverine - de Chis Claremont
09º Mulher Maravilha - de George Perez
10º Batman - Louco Amor - Paul Dini, Bruce Timm


Nenhum comentário: