Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Cine Dica: Documentários em pré-estreia

 O CASO DO HOMEM ERRADO
 
A Cinemateca Capitólio Petrobras recebe duas pré-estreias de documentários produzidos no Rio Grande do Sul. Na quarta-feira, 10 de maio, às 20h, acontece a sessão de Impeachment - O Brasil nas Ruas, de Beto Souza e Paulo Moura. Na quinta-feira, 11 de maio, às 20h, acontece a sessão de O Caso do Homem Errado, de Camila Moraes. O valor do ingresso é R$ 10,00, com meia entrada para estudantes e idosos.

IMPEACHMENT - O BRASIL NAS RUAS
Direção: Beto Souza e Paulo Moura, 60 min. 2017 

Impeachment – O Brasil nas ruas é um documentário coproduzido e codirigido por Beto Souza (jornalista e cineasta) e Paulo Moura (cientista político e produtor de cinema). O documentário tem a dupla finalidade de registrar para a história, através de cenas colhidas nas ruas por celulares e câmeras dos ativistas, os principais momentos do movimento pelo impeachment, bem como entrevistas com suas principais lideranças. Busca demonstrar, pelos argumentos dos juristas que protagonizaram o pedido bem como de analistas políticos, que o impeachment da ex-presidente Dilma obedeceu a Constituição.

O CASO DO HOMEM ERRADO
DIREÇÃO: Camila de Moraes, 2017

O filme conta a história do jovem operário negro Júlio César de Melo Pinto, que foi executado pela Polícia Militar, nos anos 1980, em Porto Alegre. O crime ganhou notoriedade  após  a imprensa divulgar fotos  de Júlio sendo colocado com vida na viatura e chegar, 37 minutos depois, morto a tiros no hospital.

O filme traz o depoimento de Ronaldo Bernardi, o fotógrafo que fez as imagens que tornaram o caso conhecido, da viúva do operári, Juçara Pinto, e de nomes respeitados da luta pelos direitos humanos e do movimento negro no Brasil. Além do caso que dá título ao filme, a produção discute ainda as mortes de pessoas negras provocadas pela polícia. A Anistia Internacional, inclusive, fala de genocídio da juventude negra devido ao grande número de jovens negros assassinados pelas forças de segurança no País.

O documentário foi produzido de maneira independente pela produtora gaúcha Praça de Filmes e contou com equipamentos de última geração. O filme foi  dirigido por Camila de Moraes, jornalista gaúcha que vive em Salvador.

GRADE DE PROGRAMAÇÃO
09 a 14 de maio de 2017

09 de maio (terça)
17h – Apesar da Noite
20h – Cineclube Academia das Musas (Quando a Mulher se Opõe, de Dorothy Arzner)

10 de maio (quarta)
17h – Apesar da Noite
20h – Sessão de Pré-lançamento de Impeachment: O Brasil nas Ruas, de Beto Souza e Paulo Moura

11 de maio (quinta)
17h – Apesar da Noite
20h – Sessão de Pré-lançamento de O Caso do Homem Errado, de Camila de Moraes
  
12 de maio (sexta)
17h – Apesar da Noite
20h – Projeto Raros (Zumbis do Mal, de Willard Huyck e Gloria Katz)

13 de maio (sábado)
17h – Apesar da Noite
19h30 – Twin Peaks: exibição do episódio piloto e debate conduzido pelo site Nonada

14 de maio (domingo)
16h – Sessão da Tarde: Porco Rosso - O Último Herói Romântico
18h – Sessão de pré-estreia de A Mulher Que se Foi, de Lav Diaz

Nenhum comentário: