Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Cine Dica: PROGRAMAÇÃO DE 11 A 17 DE MAIO DE 2017 na Casa de Cultura Mario Quintana

 CLASH

SEGUNDA-FEIRA NÃO HÁ SESSÕES
SALA 1 / PAULO AMORIM

15h30 – DOLORES – UMA MULHER, DOIS AMORES
(Dolores - Brasil/Argentina, 100min, 2017). Direção de Juan Dickinson, com Emilia Attías, Guillermo Pfening, Roberto Birindelli. Fenix Filmes, 12 anos. Drama romântico.
Sinopse: Ambientado na Argentina durante a Segunda Guerra Mundial, o filme gira em torno de Dolores, que viveu durante anos na Escócia e está de volta à fazenda da família, no interior do país. Sua irmã morreu e Dolores quer ficar perto do sobrinho, Harry. Ao mesmo tempo, ela reencontra o cunhado, por quem foi apaixonada durante a adolescência, e se sente atraída por Octavio Brand, um rico fazendeiro filho de alemães.

17h30 – O FILHO DE JOSEPH
(Le Fils de Joseph - França, 2016, 110min). Direção de Eugène Green, com Victor Efenzis, Mathieu Amalric e Maria de Medeiros. Supo Mungam Filmes, 12 anos. Comédia dramática.
Sinopse: Vincent é um adolescente que vive com a mãe em Paris e tem um cotidiano típico de qualquer jovem da sua idade. Tudo muda quando ele resolve conhecer seu paí - que a mãe diz que não existe -, o que o leva ao encontro de um editor famoso e muito cínico. Tudo é muito rico e detalhista no cinema de Eugène Green, que, neste filme, faz uma sátira de cânones das artes e dos textos sagrados.

19h30 – CLASH
(Clash - França/Egito, 100min, 2017). Direção de Mohamed Diab, com Nelly Karim, Tarek Abdel Aziz, Ahmed Malek. Imovision, 14 anos. Drama.

Sinopse: O filme acompanha um dia de manifestações no Cairo, a capital do Egito, em 2013, mostrando a tensão entre os apoiadores do presidente Mohamed Morsi, derrubado por um golpe militar, e os adeptos do novo regime. O diretor mostra este universo de uma maneira bem peculiar: de dentro de um caminhão-cela, que aos poucos vai se enchendo com os detidos pelos policiais. A partir deste pequeno número de presos, o filme dá conta das ideologias e sentimentos de cada personagem. O filme foi indicado pelo Egito ao Oscar de melhor longa estrangeiro. 

PROGRAMAÇÃO DE 11 A 17 DE MAIO DE 2017
SEGUNDA-FEIRA NÃO HÁ SESSÕES
SALA 2/ EDUARDO HIRTZ

 
15h e 19h15 – CENTRAL – O FILME
(Brasil, 90min, 2017). Documentário de Tatiana Sager. 14 anos.
Sinopse: Baseado no livro "Falange Gaúcha", do jornalista Renato Dornelles, o filme mostra a realidade do Presídio Central de Porto Alegre, que já foi considerado o pior cárcere do Brasil. A partir de depoimentos de policiais, representantes do judiciário, de presos e seus familiares, o filme mostra uma realidade que passa por galerias superlotadas, o controle das facções (inclusive financeiro) e as decisões governamentais para evitar tragédias.
* Não haverá a sessão das 19h15 no dia 16, terça-feira, devido ao lançamento do DVD “Sobre Anjos e Grilos”.
 16h45 – A CRIADA
(Agassi - Coréia do Sul, 2016, 140min). Direção de Park Chan-Wook, com Kim Min-Hee, Kim Tae-Ri e Ha Jung-Woo. Mares Filmes, 18 anos. Drama e suspense.
Sinopse:  Durante a ocupação japonesa na Coréia do Sul, na década de 1930, a jovem orfã Hideko vive sob a proteção de um tio autoritário. Ela está prestes a herdar uma grande fortuna, o que atrai a cobiça de dois vigaristas: Sookee, que vai trabalhar na casa como empregada, e Fujiwara, um conde fajuto que tenta seduzir a orfã rica. Este jogo de intrigas tem vários pontos de vista e é temperado por histórias eróticas, um dos passatempos preferidos do tio da protagonista.
  
PROGRAMAÇÃO DE 11 A 17 DE MAIO DE 2017
SEGUNDA-FEIRA NÃO HÁ SESSÕES
SALA 3 / NORBERTO LUBISCO

15h – INSUBSTITUÍVEL
(Médecin de Campagne - França, 2017, 100min). Direção de Thomas Lilti, com François Cluzet e Marianne Denicourt. CineArt Filmes, 12 anos. Drama.
Sinopse: Jean-Pierre é um médico dedicado que trabalha há anos numa região do interior da França. A comunidade acredita que ele é insubstituível e o médico se sente bem com o respeito das pessoas. Mas esta relação começa a mudar com chegada de Natalie, uma jovem recém-formada que vem de Paris para tentar ajudar o médico veterano.

17h – JOAQUIM
(Brasil, 2017, 100min). Direção de Marcelo Gomes, com Júlio Machado, Nuno Lopes, Rômulo Braga. Imovision, 16 anos. Drama histórico.
Sinopse: Pouco se sabe a respeito de Tiradentes antes de ele se tornar o mártir da Inconfidência Mineira e um herói brasileiro. O filme investiga esta parte da história e mostra a tomada de consciência política de Joaquim José da Silva Xavier, que era um funcionário da coroa portuguesa e se transformou em rebelde. O longa participou da seleção oficial do Festival de Berlim em 2017.

19h – OS BELOS DIAS DE ARANJUEZ
(Les Beaux Jours d'Aranjuez - França/Alemanha, 100min, 2017). Direção de Wim Wenders, com Reda Kateb, Sophie Semin, Jens Harzer. Imovision, 14 anos. Drama.

Sinopse: Baseado na peça teatral do mesmo nome, de autoria de Peter Hanke, o longa acompanha o encontro entre um casal que conversa sobre temas diversos, das lembranças de infância às viagens, do sexo à filosofia. Tudo vai se transformando em livro, conforme a imaginação do autor que trabalha na casa ao lado.
Nossas  redes sociais:

Nenhum comentário: