Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Cine Dica: CONVITE: Pré-estreia A MEMÓRIA QUE ME CONTAM com a presença de Lucia Murat e Irene Ravache


O CineBancários realiza no próximo dia 13 de junho, às 18h30, a pré-estreia do novo longa-metragem da diretora Lucia Murat, A memória que me contam. Após a sessão, Lucia participa de um debate com o público, mediado pelo jornalista e crítico de cinema Marcelo Perrone, em companhia da atriz Irene Ravache, uma das protagonistas do filme.

18h30 - retirada de senhas
19h30 - exibição do filme

Uma das mais atuantes realizadoras do cinema brasileiro, Lucia Murat dirigiu filmes como Que bom te ver viva, Doces poderes, Brava gente brasileira, Quase dois irmãos e Uma longa viagem (vencedor de vários prêmios no Festival de Gramado de 2011, incluindo melhor filme). Neste novo título, a diretora volta a abordar um de seus temas preferenciais: a violência contra os militantes de esquerda durante a ditadura militar.

A memória que me contam é um drama irônico sobre utopias derrotadas, terrorismo, comportamento sexual e a construção de um mito. Narrado como um quebra-cabeça, numa sequência de emoções e sensações, o filme expõe as contradições de um grupo de amigos que resistiram à ditadura militar e que se reencontram na sala de um hospital por causa de Ana, uma antiga companheira que está morrendo. Ex-guerrilheira, ícone da esquerda, ela é o último elo desse grupo e aparece no filme apenas nas lembranças dos companheiros, como se nunca tivesse saído dos anos 60, jovem, linda e perigosamente frágil. A personagem, vivida pela atriz Simone Spoladore, é baseada em Vera Sílvia Magalhães, ex-guerrilheira e uma das responsáveis pelo sequestro do embaixador norte-americano Charles Burke Elbrick no Rio de Janeiro, em 1969. Considerada um mito pela esquerda brasileira, Vera faleceu em dezembro de 2007. Já Irene Ravache interpreta a personagem de uma cineasta, claramente inspirada em Lucia Murat, que antes de se dedicar ao cinema militou contra a ditadura militar, foi presa e torturada. Ainda no elenco, destaque para a presença do ator italiano Franco Nero, que se tornou conhecido como o protagonista do “western spaghetti” Django e recentemente foi visto também emDjango Livre, de Quentin Tarantino.

Após a sessão de pré-estreia no dia 13, A memória que me contam entra em cartaz no CineBancários a partir de 21 de junho, em três sessões diárias, às 15h, 17h e 19h.
A memória que me contam, de Lucia Murat. Brasil/Argentina/Chile, 2012, 100 minutos. Com Simone Spoladore, Irene Ravache, Clarisse Abujamra, Otávio Augusto e Franco Nero. Ficção.

CineBancários
(51) 34331204
Rua General Câmara, 424, Centro - POA
blog: cinebancarios.blogspot.com
site: cinebancarios.sindbancarios.org.br
facebook.com/cinebancarios

Twitter: @cine_bancarios


Me Sigam no Facebook e Twitter:

Um comentário:

Unknown disse...

Sem palavras...