Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Cine Especial: JAMES BOND - 50 ANOS DE CINEMA: Parte 1


Nos dias 25 e 26 de Agosto, haverá o curso sobre James Bond: 50 anos de Cinema, criado pelo CENA UM e ministrado pelo critico de cinema Roberto Sadovski (ex editor da saudosa SET). Minha presença na atividade é incerta (pois os filmes com Roger Moore me dava dor de cabeça), mas isso não me impede de voltar no tempo e relembrar um pouco dos primeiros e últimos grandes filmes desse ícone da sétima arte.   

007: CONTRA O SATANICO Dr. NO

Sinopse: A primeira aventura do agente secreto mais conhecido do mundo James Bond (Sean Connery) mostra sua investigação do desaparecimento de um agente britânico. Ele acaba descobrindo o esconderijo do Dr. No (Joseph Wiseman), na Jamaica, um homem que utiliza sua genialidade a serviço do mal, e fará de tudo para impedir que seus piores planos se concretizem.

1962: nove anos da primeira publicação de Ian Fleming com o personagem James Bond, mais conhecido como 007; quatro anos depois da publicação do livro Dr. No, o sétimo da série e dois anos antes do falecimento do autor por complicações causadas por um ataque cardíaco. Assim nasceu a franquia mais duradoura do cinema, com 22 filmes canônicos até agora, com mais um a ser lançado em novembro desse ano e dois filmes não-canônicos. Mas diferente do que muitos imaginam, esse primeiro filme não é sobre a origem do personagem, pois o seu passado nem sequer é mencionado.
Portanto já vemos o protagonista partindo para a sua missão como veterano, dando a entender que já teve inúmeras aventuras durante a guerra fria e que essa era apenas mais uma de muitas.  Sean Connery foi o primeiro, e para muitos (comigo incluído), o melhor 007 de todos os tempos, mesmo tendo havido outros atores, que embora alguns com suas qualidades, jamais superaram o lado sínico, frio e sedutor que o ator transmitiu com o personagem. Nesta primeira aventura, destaque para a beleza magistral de Ursula Andrews (a cena dela saindo da água se tornou clássica), que mesmo restando quarenta minutos para acabar a historia, ela simplesmente rouba o filme e se torna a primeira e grande bond girls da cine série. Até aquele ponto, fica difícil imaginar, se os produtores soubessem que 007 iria tão longe e durar até hoje, como uma das franquias mais lucrativas da historia do cinema.              


MOSCOU CONTRA 007

Sinopse: James Bond (Sean Connery) é encarregado de ajudar uma agente russa a fugir de seu país, sem saber que, na verdade, isso é um plano dos grandes nomes da terrível organização Spectre para executá-lo. Neste filme é a primeira vez que aparece a personagem M na série.

Para muitos, é o mais bem realizado filme da série inspirada nos romances de Lan Fleming e com o titulo mais corajoso de todos os títulos da cine-serie, pois naquele tempo, Russia, Inglaterra e EUA ainda estavam em grande conflito de egos. Divertido, perseguições, violência e fugas mirabolantes. O grande ponto alto da trama fica pelo embate entre 007 e o agente Spectre (Robert Shaw) num vagão do expresso oriente, sendo que a luta e a forma de filmá-la, acabou servindo de base para os filmes em que se exigiam cenas bastante físicas. Destaques para a atriz Lotte lenya, cuja sua personagem seria satirizada anos mais tarde na cine série Austin Powers e para a musica de John Barry, dando apoio preciso as imagens         

007 Contra Goldfinger

Sinopse: James Bond (Sean Connery) é encarregado de investigar um milionário, mas acaba capturado. Bond descobre que o plano de Goldfinger (Gert Fröbe) é muito mais complexo do que imaginava: ele pretende roubar toda a reserva de ouro dos EUA! Oscar de Melhores Efeitos Sonoros.

Embora o filme anterior seja o mais próximo das raízes literárias do personagem, essa terceira aventura é uma das mais queridas dos fãs do agente inglês. É o mais movimentado dos filmes estrelados por Connery, onde exigiu o máximo do seu físico na época, sendo que seu personagem assume as características de cinismo (em abundancia), cavalheirismo, inteligência e charme. Pela primeira vez, Bond usa seu carro Aston Martin, super equipado e acabou se tornando objeto de desejo para os amantes desse tipo de veiculo.
Atenção para a cena do raio laser cortando a mesa de aço em direção ao corpo do herói, que imediatamente se tornou clássica e bastante imitada. Dentre outros atrativos, o vilão Goldfinger esta entre os melhores vilões da enorme galeria vilanesca que o herói já enfrentou e da explosiva canção titulo, interpretada por Shirley Bassey.         

Me  Sigam no Facebook e Twitter

Nenhum comentário: