Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

domingo, 19 de agosto de 2012

Cine Dica: Em DVD e Blu-Ray: A OUTRA TERRA




Sinopse: Rhoda Williams, uma estudante de astrofísica no MIT, se anima quando vê um planeta e resolve dar uma olhada mais de perto. Ela atinge uma minivan e mata uma família. Ela é presa por quatro anos, e quando é solta, busca o viúvo da família, o compositor John Burroughs. O planeta que ela viu é uma cópia do planeta Terra, e um concurso de dissertações é feito onde o vencedor pode viajar em uma nave espacial para visitá-lo. Williams considera a possibilidade de visitá-o para ver que tipo de vida sua cópia teria levado.

Houve muita comparação desse filme com a genial obra de Lars Von Trier do ano passado (Melancolia),sendo que de algo em comum, ambos tem um planeta que se aproxima da terra, mas esse filme do diretor estreante Mike Cahill vai por um caminho completamente diferente e não menos que genial. Existe outra terra, que se aproxima de nossa, e para a surpresa de todos, com os mesmos habitantes que aqui vivem. Ou seja, é uma trama que rende inúmeras teorias sobre nos mesmos, de quem somos e que rende inúmeros debates acalorados típicos para aqueles que se sentavam para debater sobre cada episódio da série Lost.
Contudo, o filme se envereda para outro tema sobre se redescobrir e a procura de redenção. Neste ponto, ele é muito bem representado pela protagonista Rhoda (Brit Marling, ótima), que busca uma forma de se redimir por um erro terrível que cometeu no passado, ao afetar profundamente a vida de um compositor (William Mapother), que ao mesmo tempo, esses eventos são a partir do ponto da descoberta da outra terra. É fácil assistir o filme e se identificar com os protagonistas, pois eles são humanos, cheios de defeitos, e a aproximação do outro planeta  se torna uma mera desculpa para eles se reencontrarem e tomarem um rumo diferente do que eles iriam (ou pretendiam) tomar na vida. Mas e o que aproximação da outra terra tem haver com tudo isso? Talvez essa resposta seja respondida nos últimos minutos da trama, que mesmo assim, levanta muito mais perguntas e teorias do que possa imaginar!
Embora o final desaponte aqueles que queriam mais, a trama continua em nossas cabeças e nos faz pensar o que viria depois.   

Me  Sigam no Facebook e Twitter

Nenhum comentário: