Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2021

Cine Dica: Streaming: 'A Caminho da Lua'

 Sinopse: Estimulada pelas histórias da mãe, Fei Fei decide construir uma nave espacial para ir até a Lua e comprovar a existência de uma lendária deusa. Assista o quanto quiser.

Se tem um legado que os estúdios Pixar irão deixar para história é pelo fato deles obterem atenção tanto dos pequenos como também dos adultos. Com personagens carismático, os seus filmes possuem nas entrelinhas um conteúdo adulto e do qual atraiu sempre um público mais velho. Embora não seja pertencente ao estúdio, "A Caminho da Lua" segue essa cartilha de sucesso, ao nos apresentar uma trama com um universo colorido, mas que fala de assuntos delicados e dos quais os adultos compreendem muito.

Dirigido por Glen Keane e  John Kahrs, colaboradores no passado dos estúdios Disney, em “A Caminho da Lua”, depois de ter finalizado a construção de uma engenhosa nave espacial, a jovem Fei Fei embarca para a lua para provar ao seu pai a existência de uma deusa mística que habitaría no astro. Chegando ao seu destino. a jovem descobre criaturas fantásticas que a ajudarão a completar sua missão e retornar para a terra sã e salva.

Ao ser uma trama que se passa na China, o primeiro ato é carregado de imagens que sintetizam a mitologia de lá, do qual o desenho tradicional com animação gráfica caminha de mãos dadas. Aliás, é já no primeiro ato que surgem os dilemas que Fei Fei terá de enfrentar, desde ao fato de perder um ente querido, como também aceitar as mudanças que a vida lhe dá. A questão de saber lidar com a perda e ter de aceitar os novos rumos da vida é um prato cheio para qualquer adulto que acompanha os seus filhos para assistir uma obra como essa.

Se o recheio é complexo para os adultos, por outro lado, o visual é um verdadeiro colírio para os olhos dos pequenos. A partir do momento que a realidade dá espaço para a fantasia, o filme ganha um visual extraordinário e multicolorido, onde as tradições, lendas e a cultura Chinesa explodem na tela e se misturando com a proposta principal da obra. Logicamente, há sempre personagens fofinhos, sejam aqueles para somente encher a tela, como também ter um papel primordial na história.

Claro que haverá muitas meninas por aí que irão se identificar e muito com a jovem Fei Fei. Porém, ao invés do discurso sobre o feminismo, o filme foca mais nas questões do lado cientifico vs fantasia, mas que ambos os casos podem sim andar de mãos dadas. Os que forem assistir a obra, por exemplo, poderão acreditar que a jornada de Fei Fei realmente aconteceu, ou que simplesmente ela caiu na toca do coelho e se vocês conhecem o clássico "Alice No País das Maravilhas" sabem muito bem do que eu estou falando.

"A Caminho da Lua" é sobre fantasia´, fé e os dilemas que a vida adulta nos dá. 

Onde Assistir: Netflix. 

Joga no Google e me acha aqui:  
Me sigam no Facebook,  twitter, Linkedlin e Instagram.  

Nenhum comentário: