Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre e frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 78 certificados). Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 6 de março de 2018

Cine Dica: PROGRAMAÇÃO DE 1 A 7 DE MARÇO DE 2018

SEGUNDA-FEIRA NÃO HÁ SESSÕES

SALA 1 / PAULO AMORIM
 
  THE SQUARE: A ARTE DA DISCÓRDIA


16h – THE SQUARE: A ARTE DA DISCÓRDIA
(The Square – Suécia, Alemanha, Dinamarca, 2017, 145min). Direção de Ruben Östlund, com Claes Bang, Elisabeth Moss, Dominic West. Pandora Filmes, 14 anos. Comédia dramática.

Sinopse: Indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro e vencedor do Festival de Cannes em 2017, o longa sueco acompanha o curador de um museu que está às vésperas da abertura de uma grande exposição. Entretanto, o roubo do seu celular vai envolvê-lo numa teia de situações tragicômicas que propõem uma reflexão sobre o valor da arte, a necessidade de aprovação pessoal e a dependência das redes sociais.
  
18h45 – CORPO E ALMA
(Teströl és lélekröl - Hungria, 2017, 115min). Direção de Ildikó Enyedi, com Géza Morcsányi e Alexandra Borbély. Imovision, 16 anos. Drama.
Sinopse: Vencedor do prêmio de melhor longa no Festival de Berlim 2017 e um dos cinco indicados ao Oscar de melhor filme estrangeiro, o longa acompanha a construção de um relacionamento entre dois personagens um tanto complexos (e com várias leituras). Endre tem um braço paralisado, enquanto a metódica Maria apresenta dificuldades em estabelecer diálogos com as pessoas. Ambos trabalham num frigorífico e, à noite, têm os mesmos sonhos.
SALA 2/ EDUARDO HIRTZ

 15h15 – VISAGES VILLAGES
(França, 90 min, 2016). Documentário de Agnès Varda e JR. Esfera Filmes. 10 anos.

Sinopse: A cineasta Agnès Varda e o artista visual JR, conhecidos mundialmente pelos trabalhos que questionam a exibição das imagens, viajam por regiões do interior da França fazendo aquilo que mais gostam: conversando com pessoas e registrando seus cotidianos de uma maneira peculiar. O filme, indicado ao Oscar de melhor documentário, tem como destaque a linguagem bem humorada e o entrosamento entre os dois artistas - Varda tem quase 90 anos, enquanto JR ainda não chegou aos 40.

17h – DE VOLTA
(Go Home – França/Suíça/Líbano, 2016, 100min). Direção de Jihane Chouaib, com Golshifteh Farahani, Maximilien Seweryn, François Nour. Esfera Filmes, 12 anos. Drama.
Sinopse: Inspirado nas vivências da própria diretora, a trama mostra o retorno da jovem Nada à cidade onde nasceu, no Líbano. Ela vai viver na casa que era da sua família, abandonada depois que o avô desapareceu na guerra. Mas os dias não serão fáceis para Nada, que mal fala o árabe e pouco sabe das tradições e dos dilemas do seu país.

19h – O JOVEM KARL MARX
(Le Jeune Karl Marx – França/Alemanha/Bélgica, 118min, 2017). Direção de Raoul Peck, com August Diehl, Stefan Konarske, Vicky Krieps. California Filmes, Drama. 14 anos.
Sinopse: Aos 26 anos, o jovem prussiano Karl Marx vai viver em Paris com sua mulher, Jenny. Lá, eles conhecem Friedrich Engels, filho do dono de uma fábrica interessado no surgimento do proletariado inglês, que vem a ser a peça que faltava para a compreensão de Marx sobre o mundo. Em meio à agitação política e social que marcou o século XIX, os dois formam uma parceria intelectual que deu origem à obra "O Capital", marco do pensamento socialista. O filme é assinado pelo mesmo diretor do documentário "Eu não sou seu Negro".
SALA 3 / NORBERTO LUBISCO

15h – MULHERES DIVINAS
(Die Göttliche Ordnung - Suíça, 95min, 2017). Direção de Petra Biondina Volpe, com Marie Leuenberger, Bettina Stucky, Ella Rumpf. Mares Filmes, 14 anos. Comédia dramática.

Sinopse: Nora é uma jovem dona de casa e vive com o marido e os dois filhos no pacato interior da Suíça, no início dos anos 1970. Todos acham que ela está satisfeita com sua vida, mas Nora quer mais: junto com outras amigas, elas pedem o direito ao voto e a participação em manifestações públicas.
* Não haverá sessões no sábado e domingo (dias 3 e 4 de março)


15h – MISSÃO CEGONHA (Sessão Pais e Filhos)
(Richard The Stork – Bélgica/Alemanha, 2017, 85min). Animação de Toby Genkel e Reza Memari. Livre. Apoio: MPLC. RS 4,00.

Sinopse: O pardalzinho Rick perde os pais antes de nascer e acaba sendo criado por um casal de cegonhas. Mesmo não sendo uma delas, o pardal cresce com todos os costumes das cegonhas, inclusive quando se trata de uma longa viagem de migração.
 * Sessões somente no sábado e domingo (dias 3 e 4)

16h45 – NO INTENSO AGORA
(Brasil, 2017, 125min). Documentário de João Moreira Salles. Vídeo Filmes, 12 anos.

Sinopse: Eleito o melhor filme nacional de 2017 pela Associação Nacional de Críticos de Cinema do Rio Grande do Sul (Accirs), o documentário reúne imagens de arquivos da família do cineasta e de outros acervos para propor uma reflexão sobre política, comportamento e o poder da imagem. São registros de manifestações dos anos 1960 na China. França, Tchecoslováquia e no Brasil, entre outros países.

19h – EM BUSCA DE FELLINI
(In Search of Fellini - Estados Unidos, 2017, 95min). Direção de Taron Lexton, com Ksenia Solo, Maria Bello e Mary Lynn Rajskub. CineArt Filmes, 14 anos. Drama romântico.

Sinopse: Lucy é uma garota de 20 anos, tímida demais para sua idade e muito apegada à mãe. Quando esta fica doente, ela incentiva a filha a ir atrás de sua grande paixão: os filmes e os cenários do diretor Federico Fellini, na Itália.

Nenhum comentário: