Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 13 de junho de 2019

Cine Dica: Oshima no Raros, Enéas de Souza & Godard e Mostra Insurreição (13 a 19 de junho)

ENÉAS DE SOUZA DEBATE CLÁSSICO DE GODARD PROJETO RAROS EXIBE FILME VANGUARDISTA DE NAGISA OSHIMA ABERTURA DA MOSTRA INSURREIÇÃO APRESENTA SECUNDAS E NOVO FILME DE ELIZA CAPAI
O Demônio das Onze Horas

No domingo, 16 de junho, às 18h, a sessão de encerramento da mostra apresenta a cópia restaurada em DCP de O Demônio das Onze Horas, um dos filmes mais celebrados de Jean-Luc Godard, seguida de debate com o crítico Enéas de Souza, autor do livro Trajetórias do Cinema Moderno. O valor do ingresso é R$ 10,00, com meia entra para estudantes e idosos.
Na sexta-feira, 14 de junho, às 20h, o Projeto Raros apresenta Diário de um Ladrão de Shinjuku, de Nagisa Oshima (1969, 96 minutos), um dos filmes mais radicais da Nouvelle Vague Japonesa. Antes da exibição, o programador Leonardo Bomfim fará uma apresentação sobre o filme e o cineasta. Entrada franca.
“Um trabalho de vanguarda grotesco, erótico e, em última análise, fantasmagórico, no qual um jovem casal se envolve numa busca bizarra de êxtase sexual, enquanto Tóquio explode em tumultos de estudantes. Em várias cenas, tabus cinematográficos são apresentados ​​casualmente: o capitalista enxugando a mão depois de acariciar sua secretária, o ladrão que quase ejacula enquanto furta em lojas, o casal andando pela rua iluminada à noite em Tóquio com um vibrador...” Amos Vogel, Film as a Subversive Art. Inspirado livremente na obra de Jean Genet, o filme é um retrato alucinado do bairro boêmio de Tóquio.

ESPERO TUA (RE)VOLTA E SECUNDAS NA ABERTURA DA MOSTRA INSURREIÇÃO

Entre os destaques da programação da mostra Insurreição, está a primeira exibição na cidade do documentário Espero Tua (Re)Volta, de Eliza Capai, sobre o movimento de ocupação das escolas em São Paulo, que ganhou o prêmio da Anistia Internacional no último Festival de Berlim. A diretora e a jovem ativista Marcela Jesus, uma das protagonistas do filme, estarão presentes na abertura da mostra, no dia 18, às 19h, para sessão seguida de debate ao lado de Cacá Nazário, diretor do curta Secundas, que retrata o movimento de ocupações escolares em Porto Alegre. O valor do ingresso é R$ 10,00, com meia entrada para estudantes e idosos.

GRADE DE HORÁRIOS
13 a 19 de junho de 2019

13 de junho (quinta-feira)
14h – Kinoclube: Migração Alada
18h – A Solidão do Corredor de Fundo
20h – Mr. Shome

14 de junho (sexta-feira)
14h – A Parte do Mundo que Me Pertence
15h30 – Suspíria – A Dança do Medo
18h – A Cor da Romã
20h – Projeto Raros Especial: Diário de um Ladrão de Shinjuku

15 de junho (sábado)
14h – A Parte do Mundo que Me Pertence
15h30 – Suspíria – A Dança do Medo
18h – O Evangelho Segundo São Mateus
21h – Natal na Terra

16 de junho (domingo)
14h – A Parte do Mundo que Me Pertence
15h30 – Suspíria – A Dança do Medo
18h – O Demônio das Onze Horas + debate com Enéas de Souza

18 de junho (terça-feira)
13h30 – Suspíria – A Dança do Medo
16h – O Teto Sobre Nós + Era o Hotel Cambridge
18h – Zero de Conduta
19h – Secundas + Espero Tua (Re)Volta, sessão seguida de debate com os diretores Cacá Nazário e Eliza Capai e a ativista Marcela Jesus

19 de junho (quarta-feira)
13h30 – Suspíria – A Dança do Medo
16h – As Consequências do Crime
18h – Os Anos de Chumbo
20h – Morrer aos 30 Anos

Nenhum comentário: