Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Cine Dica: Em DVD e Blu-Ray: Guerra Mundial Z


Sinopse: Uma terrível e misteriosa doença se espalha pelo mundo, transformando as pessoas em uma espécie de zumbis. A velocidade do contágio é impressionante e logo o Governo americano recruta um ex-investigador da ONU (Organização das Nações Unidas) para investigar o que pode estar acontecendo e assim salvar a humanidade, tendo em vista que as previsões são as mais catastróficas possíveis. Gerry Lane (Brad Pitt) tinha optado por dedicar mais tempo a sua esposa Karen (Mireille Enos) e as filhas, mas seu amor a pátria e o desejo de salvar sua família acabam contribuindo para que ele tope a missão. Agora, ele precisa percorrer o caminho inverso da contaminação para tentar entender as causas ou, ao menos, indentificar uma maneira de conter o contágio até que se descubra uma cura antes do  apocalipse. Começa uma verdadeira corrida contra o tempo, que mostra-se cada vez mais curto, na medida que a população de humanos não para de diminuir.

Guerra Mundial Z se tornou mundialmente conhecido antes mesmo do filme estrear. Isso se deve a verdadeira dança das cadeiras que a produção teve ao longo dos meses antes de chegar aos cinemas, desde troca de roteiros, finais alternativos e discussões entre produtores e o diretor Marc Foster (A Ultima Ceia). Com isso, é de se surpreender que o filme não seja um desastre total, pois embora algumas forçadas de barra, o filme diverte do começo ao fim e eleva para um novo grau os zumbis do cinema.
Interessante observar que nos últimos anos, o cinema sempre tenta apresentar os filmes de zumbi como uma espécie de metáfora com relação à realidade. No caso aqui, o filme faz uma referencia a vida desenfreada e alucinada do mundo contemporâneo, onde o ser humano está sempre em movimento, desde comprando, comendo, vendendo, destruindo, criando e etc. Tudo de uma forma acelerada e isso muito bem representado nos créditos de abertura, para que em seguida sem mais nem menos, o personagem de Brad Pitt e sua família se vêem a mercê de um enlouquecido arrastão de zumbis, que, aliás, lembram bastante os zumbis velocistas de Extermínio.  
Contudo, não espere um banho de sangue que é sempre visto nos filmes já conhecidos, pois estamos falando aqui de uma super produção de R$ 200 milhões de dólares, com astro encabeçando o elenco e que é pertencente a produtores gananciosos com interesse de pegar uma boa fatia do publico. Com isso, temos um filme menos violento, porém eficaz nas cenas de terror e suspense. Sabendo da batata quente que tinha em mãos, pelo menos Marc Foster caprichou numa direção agiu, onde a sua câmera está sempre em movimento de uma forma vertiginosa e embalado com surpreendentes cenas de ação sufocante (a cena do avião é disparada a melhor).  
O final reserva algumas surpresas, mas ao mesmo tempo previsíveis, para fazer com que o publico em geral saia do cinema satisfeito, entretido e desejando uma possível seqüência que pode muito bem acontecer.   

Me Sigam no Facebook e Twitter:

4 comentários:

LEO disse...

Ainda não vi esse filme... mas tá anotado pra eu assistir uma hora dessas (embora não espere tanto de um filme mais "light" de zumbis com astros famosos)!!!

a 1º vez q vi essa foto no post... tive a impressão q um dos zumbis tava vestido q nem o KIKO (com boné amarelo), mas acho q foi só impressão, rs!

Abs!

Marcelo Castro Moraes disse...

Agora que se falou Leo, tem mesmo a cara do Kiko.

Anônimo disse...

Esse filme tá passando direto na SKY e como detesto filmes de zumbis, mas gosto do Brad Pitt, olhei algumas cenas, mas não cheguei a pegar do início ao fim.

Marcelo Castro Moraes disse...

Sim, agora que se falou Fernanda, realmente esta cada vez mais frequente os filmes chegarem direto para a tv a cabo junto com os discos para a locação e venda. É uma tendencia que cada vez irá crescer mais.