Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Cine Especial: CASABLANCA, 70 ANOS DEPOIS

O CLÁSSICO QUE JAMAIS ENVELHECE   
Sinopse: Casablanca é a rota obrigatória de quem está fugindo dos nazistas na Segunda Guerra Mundial. É lá que Rick (Humphrey Bogart) vai reencontrar Ilsa (Ingrid Bergman), anos depois de terem se apaixonado e se perdido em Paris.

Talvez, a obra máxima dos estúdios Warner. Um filme que tinha tudo para dar errado, mas que existem muitos os motivos para ter levado a se tornar um clássico: a bela musica ouvida em tantos lugares como também inúmeras cenas marcantes como a tão lembrada (e imitada) cena da separação do casal que muitos consideram ela corajosa, principalmente numa época em que o cinema americano era obrigatório um final 100% felizes pra sempre, mas que atualmente é difícil tentar imaginar um final diferente para aquele ato final icônico e deslumbrante.
Cinema do mais alto nível, romance, intriga, suspense, a inesquecível As Time Goes By, cantada por Dooley Wilson e um ótimo elenco. Um clássico para ver e rever sempre. Oscar de melhor filme, roteiro adaptado e direção.




Me Sigam no Facebook e Twitter:



6 comentários:

disse...

Casablanca realmente não envelhece, só fica melhor a cada exibição! Adoro o fato de o filme ter subvertido a regra dos finais felizes, o que o deixou ainda mais inesquecível.
Abraços!

Bússola do Terror disse...

Nossa! Dessa vez você trouxe um dos maiores clássicos da História do Cinema!

Gilberto Carlos disse...

Realmente um clássico incontestável. "Sempre teremos Paris..."

Marcelo C,M disse...

Lé: Os melhores filmes são sempre aqueles que terminam de uma forma bem imprevisivel.

Bussola do Terror: É que peguei o embalo do aniversário de 70 anos.

Gilberto Carlos: "De todos os bares desse mundo, ela tinha que vir justo no meu".

Jefferson C. Vendrame disse...

Não existem adjetivos suficientes para expressar a qualidade e o poder desse filme. Sem dúvidas um dos maiores de todos os tempos.
Em meu blog, é isolado desde sua publicação, a resenha mais acessada.

Ótimo Post Marcelo

Abração

Marcelo C,M disse...

O meu é sempre sobre a trilogia do Poderoso Chefão.