Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Cine Dica: CineBancários inaugura sistema digital com estreia de premiada produção uruguaia


Inaugurando seu sistema de projeção digital, o CineBancários estreia, na terça-feira,23 de outubro, a elogiada produção uruguaia A Vida Útil, de Federico Veiroj.
Rodado em preto e branco, o filme foi grande vencedor do Festival de Havana em 2010 e tem como protagonistas dois atores não profissionais: o crítico de cinema Jorge Jellinek e o também crítico e ex-diretor da Cinemateca Uruguaia, Manuel Martínez Carril (conhecidos dos gaúchos por suas frequentes participações no Festival de Gramado).
A Vida Útil tem como cenário principal a própria Cinemateca Uruguaia, uma das mais antigas e completas da América Latina, com um enorme acervo de filmes e mais de meio século de existência.
 No filme, a Cinemateca passa por um período de crise, enfrentando a falta de público e de recursos para manter suas atividades. Ninguém mais parece se interessar por sua programação (uma mostra de cinema uruguaio contemporâneo e uma retrospectiva dedicada ao diretor português Manoel de Oliveira).
 As salas são ocupadas por gatos pingados e a instituição já não consegue nem mesmo pagar o aluguel. Para completar, uma fundação patrocinadora anuncia sua saída, pois não pode investir dinheiro em uma instituição deficitária.
Uma situação que reflete a crise da cinefilia contemporânea, em que as salas do chamado circuito alternativo, ou de arte, lutam para manter suas portas abertas e atrair a atenção do público.
 Com um tom melancólico e quase documental, A Vida Útil seduz os espectadores por fazer um elogio ao exercício da cinefilia e pela qualidade de seu roteiro, alinhando-se a outras produções uruguaias recentes de prestígio, como Whisky e O Banheiro do Papa.
 Informações e horários das sessões, vocês conferem na pagina da sala clicando aqui.

Me  Sigam no Facebook e Twitter

Um comentário:

renatocinema disse...

Belo texto informativo.

O cinema latino merece aplausos calorosos.

Parabéns