Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Cine Curiosidade: TED X Protógenes



Olha, quando eu assisti  TED, ficava me perguntando se acontecesse se um pai desavisado levasse o filho para assistir ao filme, achando que era infantil. No fim isso aconteceu, mas aconteceu justamente com o deputado federal e Juiz l Protógenes Queiroz (PCdoB-SP), que havia levado o seu filho de 11 anos (o filme é inadequado para menores de 16 anos), para assistir uma trama de urso cheio de carisma, mas viciado em drogas e sexo. Não deu outra, pois acreditando que estava fazendo um bem para o povo brasileiro, anunciou que iria tomar todas as medidas possíveis para tirar o filme em cartaz, ou seja, a famigerada censura.
O que talvez o Juiz não esperasse, é que no fim virou alvo de piada nas redes sociais, sendo duramente criticado e esnobado. Eu mesmo fui ao twitter dele, dizendo que ele estava incentivando o retorno dos tempos de chumbo, que claro, ele logo apagou. No fim do dia de ontem, ele logo mudou sua opinião, dizendo apenas que pediria ao Ministério da Cultura, que aumentasse a classificação do filme para 18 anos, sendo que hoje de manhã, o Ministério negou que irá fazer isso.  
Resumindo: o deputado meteu os pés pelas mãos, e se tinha intenção de censurar o filme, acabou que promovendo mais e mais a produção. Um exemplo que resumi tudo isso, é a ilustração bem humorada que o jornalista e ilustrador Frank Maia criou. 
Visite o twitter de Frank Maia clicando aqui. 

Enfim, como eu sou contra a qualquer tipo de censura, principalmente contra a arte que eu mais amo, quero mais é agradecer a todos os usuários das redes sociais, que colocaram pra fora as suas opiniões sobre o assunto, e provando que a voz do povo é que manda e não um deputado fora de sintonia que nem se prestou a ver a classificação do filme.

Leia também: Em Cartaz: TED,  Censura de novo? Nem pensar! 


Me  Sigam no Facebook e Twitter

Nenhum comentário: