Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Cine Especial: IRMÃOS COEN: Parte 5

Nos dias 30 e 31 de Julho estarei participando do curso sobre a vida e obra dos Irmãos Coen no Museu da Comunicação (Rua dos Andradas, 959 - P. Alegre / RS). Enquanto os dois dias não vem, por aqui, estarei postando tudo o que eu sei sobre esses grandes irmãos cineastas.

O Grande Lebowski
Sinopse: Em Los Angeles, 1991, um homem pacato é atacado por ser confundido com um homônimo, cuja mulher estava envolvida com dívidas. Ele tenta se livrar da confusão, provando que tudo foi um mal entendido.
A exemplo de filmes como Arizona Nunca Mais, os irmãos Coen enveredam novamente para o humor negro, com uma trama que procura obter impacto, através do comportamento de seus personagens carismáticos e bizarros. Embora tenham se alongado em alguns momentos, o filme é um dos mais divertidos da carreira dos cineastas, principalmente pelo fato da maioria do elenco (como john Goldman) estar mais do que a vontade com seus respectivos personagens. Jeff Bridges tem aqui uma das suas melhores e mais imaginativas performances de sua carreira

Curiosidades: O personagem de Jeff Bridges diz "man" 147 vezes ao longo do filme. Trata-se de uma média de 1,5 a cada minuto do longa-metragem;
Asia Carrera, a garota que aparece junto aos personagens Bunny Lebowski e o niilista no filme pornô que Maude mostra ao Dude, é uma atriz pornô de verdade.


Me Sigam no Facebook e Twitter:

Um comentário:

ANTONIO NAHUD disse...

Ótima a sua homenagem aos Coen. Gosto muito deles.

O Falcão Maltês