Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

domingo, 26 de dezembro de 2010

Cine Clássico: Moby Dick

Sinopse: Consumido por uma raiva completamente insana, o Capitão Ahab tem apenas um objetivo na vida: vingar-se de Moby Dick, a grande baleia branca que o feriu e desfigurou. O obcecado capitão de um baleeiro usa seu poder de comando como uma desculpa para navegar pelos sete mares em uma busca sem fim pelo seu objeto de ódio.
Imponente versão da obra clássica do americano Herman Melville (1818 - 1891) com cenas memoraveis no mar. Um mestre de ficção cientifica, Ray Bradbury, colaborou no roteiro ao lado do diretor Jhon Huston. Não se trata exatamente de uma aventura, apesar de vários elementos de gênero, pois a narrativa se baseia muito mais na viajem do homem dentro de si mesmo, a procura do seu mosntro interior. Gregory Peck como capitão Ahab é uma das suas performances mais inucitadas de sua carreira, que na época, chocou os seus fãs que estavam sempre acostumados ao ve-lo como bom moço em outros filmes.  
 
Curiosidade: O barco usado pelo Capitão Ahab e sua tripulação neste filme é o mesmo do clássico da Disney A Ilha do Tesouro. Ele passou por uma completa reforma para aparecer nesse filme.




      

Nenhum comentário: