Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

Cine Dica: Programação da Cinemateca Paulo Amorim de 30 a 5 de Janeiro de 2020

SEGUNDAS-FEIRAS NÃO HÁ SESSÕES
UMA MULHER ALTA

SALA 1 / PAULO AMORIM

14h30 – UMA MULHER ALTA
(Dylda - Rússia, 2019, 135min). Direção de Kantemir Balagov, com Viktoria Miroshnichenko e Vasilisa Perelygina. Supo Mungam Filmes, 16 anos. Drama.
Sinopse: Iya e Masha são duas jovens mulheres que buscam esperança e um novo rumo para suas vidas na Rússia de 1945, logo ao fim da Segunda Guerra Mundial. Elas vivem em Leningrado, cidade que sofreu um dos cercos mais brutais do combate - e, para muitos, a morte pode ser a única opção viável. O filme é baseado no romance "A Guerra não tem Rosto de Mulher", de Svetlana Aleksievitch, e foi indicado pela Rússia para concorrer ao Oscar de filme estrangeiro.

17h – BACURAU  ** ÚLTIMA SEMANA
(Brasil, 2019, 135min). Direção de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, com Barbara Colen, Sônia Braga, Udo Kier. Vitrine Filmes, 16 anos. Suspense.
Sinopse: Em um futuro próximo, no esquecido vilarejo de Bacurau, os moradores percebem que coisas estranhas estão acontecendo. Primeiro, a cidade some dos mapas; depois, um disco voador aparece no céu e algumas pessoas morrem violentamente. Para se proteger dos ataques, a comunidade se une e criam uma maneira bem particular de defesa. O filme ganhou o prêmio do júri no Festival de Cannes.

19h30 – O PARAÍSO DEVE SER AQUI
(It Must Be Heaven -  Alemanha/Canadá/Turquia/Palestina, 2019, 100min). Direção de Elia Suleiman, com Elia Suleiman, Gael García Bernal, Tarik Kopty. imovision, 14 anos. Comédia dramática.
Sinopse: O próprio diretor Elia Suleiman é o protagonista, que sai de sua terra natal - a Palestina - e viaja pelo mundo em busca de novas vivências. Mas em todos os lugares por onde passa, de Paris a Nova York, ele se depara com os mesmos problemas, incluindo a violência policial, o preconceito e o controle de imigração. O filme representou a Palestina na indicação ao Oscar 2020.

SALA 2 / EDUARDO HIRTZ

14h – A VIDA INVISÍVEL
(Brasil, 2019, 140min). Direção de Karim Ainouz, com Fernanda Montenegro, Julia Stockler e Carol Duarte. Vitrine Filmes, 16 anos. Drama.
Sinopse: Filhas de imigrantes portugueses, as jovens Guida e Eurídice vivem no Rio de Janeiro dos anos 1950. A primeira está à espera de um grande amor, enquanto Eurídice sonha com uma carreira de pianista. Mas seus projetos de vida são interrompidos pela postura machista e conservadora do pai, que se vale de uma mentira para separar as duas irmãs. Inspirado no livro "A vida invisível de Eurídice Gusmão", de Martha Batalha, o filme foi indicado pelo Brasil para concorrer ao Oscar de melhor filme estrangeiro.

16h30 – RETRATO DE UMA JOVEM EM CHAMAS
(Portrait de la Jeune Fille en Feu - França, 2019, 125min). Direção de Céline Sciamma, com Noémie Merlant e Adèle Haenel. Supo Mungam, 14 anos. Drama.
Sinopse: Na França do século XVIII, a jovem artista Marianne é contratada para pintar o retrato de casamento de Héloise. Recém saída de um convento, Héloise não deseja se casar - e, por isso, o quadro deve ser feito em segredo. Conforme as duas mulheres se aproximam, a intimidade e a atração também crescem. O filme ganhou o prêmio de melhor roteiro no Festival de Cannes.

19h – O FAROL
(The Lighthouse – Canadá/EUA, 2019, 110min). Direção de Robert Eggers, com Robert Pattinson e Willem Dafoe. Vitrine Filmes, 16 anos. Suspense.
Sinopse: Thomas Wake é o responsável pelo farol de uma ilha isolada e contrata o jovem Ephraim Winslow para substituir o ajudante anterior, colaborando nas tarefas diárias. Mas o novo ajudante é proibido de entrar no espaço do farol, o que aumenta a tensão entre os dois homens e conduz a trama por caminhos inesperados. O filme está indicado ao Oscar de melhor fotografia.
* Não haverá sessão na quarta-feira, dia 5, devido à exibição especial de “Açucar” e debate com o diretor. 

SALA 3 / NORBERTO LUBISCO

14h45 – AQUELES QUE FICARAM
(Akik Maradtak - Hungria, 2019, 85min). Direção de Barnabás Tóth, com Károly Hajduk, Mari Nagy. Supo Mungam, 14 anos. Drama.
Sinopse: Na Hungria, após o fim da Segunda Guerra Mundial, os sobreviventes do Holocausto tenta superar seus traumas. Neste contexto, um médico de meia idade e uma jovem menina formam uma conexão e ajudam um ao outro a retomar suas vidas.

16h30 – AÇÚCAR  ** ESTREIA
(Brasil, 2018, 90min). Direção de Renata Pinheiro, Sérgio Oliveira, com Maeve Jinkings e José Maria Alves. Boulevard, 14 anos. Drama.
Sinopse: Bethânia retorna às terras da sua família, onde uma vez funcionou o Engenho Wanderley. Entre fotos, criaturas fantásticas, contas a pagar e trabalhadores que reivindica seus direitos, Bethânia enfrenta a si mesma em um presente onde o passado e o futuro são ameaçadores.

18h15 – GOLPE
(Brasil, 2019, 70min). Documentário de Luiz Alberto Cassol e Guilherme Castro. Guarujá Produções. 14 anos.
Sinopse: O documentário faz a cronologia e propõe uma reflexão sobre os fatos políticos que marcaram a destituição da presidente Dilma Rousseff e a prisão do ex-presidente Lula. Os diretores recolheram imagens e sons que circularam nas mídias e redes sociais e traçam uma linha de tempo historicamente detalhada, com foco nas conexões, na abrangência e na quantidade de informações.

19h40 – O FILME DO BRUNO ALEIXO
(Portugal, 2019, 92min). Direção de João Moreira e Pedro Santo. Sessão Vitrine, Livre. Comédia.
Sinopse: Misto de cachorro e urso de pelúcia, Bruno Aleixo é um conhecido personagem da mídia portuguesa e tem programas no rádio, na televisão e no YouTube. Agora, ele protagoniza um longa-metragem em que reúne seus principais amigos - entre os quais um busto de Napoleão - com o objetivo de criar sua autobiografia. Atores conhecidos da cena portuguesa, como Adriano Luz, Rogério Samora e João Lagarto, dão vida aos fatos.
* Não haverá exibição na quinta, dia 30, devido a Mostra da Visibilidade Trans, com sessão do filme “Transamérica”, às 19h30.

PREÇOS DOS INGRESSOS:
TERÇAS, QUARTAS e QUINTAS-FEIRAS: R$ 12,00 (R$ 6,00 – ESTUDANTES E MAIORES DE 60 ANOS). SEXTAS, SÁBADOS, DOMINGOS, FERIADOS: R$ 14,00 (R$ 7,00 - ESTUDANTES E MAIORES DE 60 ANOS).
CLIENTES DO BANRISUL: 50% DE DESCONTO EM TODAS AS SESSÕES. 
Professores tem direito a meia-entrada mediante apresentação de identificação profissional.
Estudantes devem apresentar carteira de identidade estudantil. Outros casos: conforme Lei Federal nº 12.933/2013. Brigadianos e Policiais Civis Estaduais tem direito a entrada franca mediante apresentação de carteirinha de identificação profissional.
*Quantidades estão limitadas à disponibilidade de vagas na sala.
A meia-entrada não é válida em festivais, mostras e projetos que tenham ingresso promocional. Os descontos não são cumulativos. Tenha vantagens nos preços dos ingressos ao se tornar sócio da Cinemateca Paulo Amorim. Entre em contato por este e-mail ou pelos telefones: (51) 3136-5233, (51) 3226-5787.

Acesse nossas plataformas sociais:

Nenhum comentário: