Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Cine Dica: Em Cartaz: A Vizinhança do Tigre



Sinopse: Os jovens Juninho (Aristides de Souza), Eldo (Eldo Rodrigues), Adilson (Adilson Cordeiro), Menor (Maurício Chagas) e Neguinho (Wederson Patrício) são moradores da periferia de Contagem e vivem divididos entre o trabalho e a diversão, o crime e a esperança. Para sobreviver à luta de cada dia, eles terão que domar o tigre que mora dentro de si.

 

Vencedor da Mostra de Cinema de Tiradentes de 2014, A Vizinhança do Tigre é uma experiência curiosa, mas jaz familiar, pois é uma espécie de documentário/ficção, algo que está sendo bastante visto nos filmes nacionais desde Castanha. O diretor Affonso Uchoa entra nesse mundo particular do bairro Nacional, região pobre de Contagem de MG, e revela o dia a dia de jovens daquele cenário. Observador com a sua lente, cineasta jamais interfere nas situações que acontece na sua frente para nascer então o nascimento da narrativa de uma forma realística, passando então a impressão precisa das rotinas de cada um dos personagens, sem que a câmera faça com os momentos soem falsos ou até mesmo ensaiados.
O filme somente sofre com uma falta de ritmo no princípio e talvez venha a frustrar aqueles que esperam uma conclusão para a trama, o que não acontece, já que tudo fica em aberto e deixando a imaginação do cinéfilo se abrir após o término da sessão. Contudo, fica lógico para os nossos olhos que não há finalização para tais personagens, pois tudo que resta para eles é continuarem em frente e ver o que acontece. Porém, infelizmente a vida que eles levam possa levá-los para caminhos sem volta, como deixa muito claro nos créditos com relação ao destino de um dos personagens.
Juninho, Eldo, Adilson, Menor e Neguinho são cinco garotos que vivem em dificuldade e sonham com uma possível, embora distante vida melhor. Eles sempre se encontram divididos entre o trabalho e o lazer, e entre o divertido e o perigoso. O longa traz momentos inesquecíveis de situações corriqueiras, como dois deles conversando sobre as fotos da mãe em um celular ou outros roubando bergamotas da árvore do vizinho ao lado. 
Uchoa não rotula seus personagens, mas também não procurar criar uma luz no universo do qual eles vivem. Ele retrata o principio do submundo do tráfico e ainda mostra a forma comum como um jovem brinca com uma arma. É um momento simples, porem chocante pelo fato de eles tratarem o objeto como se fosse um simples brinquedo.
Em um cenário de muita miséria, o técnico responsável pela fotografia opta em retratar o ambiente de uma forma mais nua e crua possível. O trabalho de câmera é sem duvida o ponto forte aqui, já que o cenário se torna uma espécie de personagem do qual eles convivem todos os dias. A câmera acompanha os personagens em meio ao ambiente e vendo até onde aqueles jovens irão ir no decorrer de suas vidas.
A vizinhança do Tigre é sobre crianças que poderiam ter uma vida comum, se não fosse pelo fato de serem obrigadas a amadurecerem precocemente e tendo que decidir entre a luz e o lado sombrio que a vida pode lhes oferecer. 


 Me sigam no Facebook, twitter e Google+ 

Nenhum comentário: