Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio e Diretor de Comunicação e Informática do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já mais de 100 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento, Cinesofia e Teoria Geek. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 7 de dezembro de 2023

Cine Dica: PROGRAMAÇÃO CINEBANCÁRIOS 07 A 13 DE DEZEMBRO:

 ESTREIAS:

PUAN

Argentina / Brasil /Drama/111min

Direção: María Alché, Benjamín Naishta

"Puan",dirigido por María Alché e Benjamín Naishtat, que foi indicada para o Goya e foi exibido no Festival do Rio na Première Latina, participou na 47ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo e levou dois importantes prêmios no Festival San Sebastian: Melhor Roteiro para a dupla de diretores María Alché & Benjamín Naishtat e Melhor Ator para Marcelo Subiotto.

Sinopse: Marcelo (50) dedicou sua vida ao ensino de filosofia na Universidade Pública e, de repente, seu mentor e chefe, o professor Caselli, morre. Desorientado neste novo panorama, Marcelo imagina que herdará o posto deixado vago por seu mentor. O que ele não espera é que Rafael Sujarchuk, um filóso carismático e pedante, formado nas melhores universidades europeias, também queira o posto. Entre seus múltiplos empregos como professor de filosofia em periferias, na universidade e em particular para uma milionária de oitenta anos de idade, ele também deve se preparar para concorrer a um cargo contra este forte adversário que parece encantar a todos. Os esforços desajeitados de Marcelo não parecem ser suficientes para conseguir o emprego, mas é realmente isso o que ele quer?"

Elenco: Marcelo Subiotto, Leonardo Sbaraglia, Julieta Zylberberg, Alejandra Flechner, Andrea Frigerio, Mara Bestelli


FIM-DE-SEMANA NO PARAÍSO SELVAGEM

Brasil/ Drama/2022/116min.

Direção: Pedro Severien

Sinopse: Entre a margem de uma praia marcada por coqueiros tropicais e a margem oposta cravada de usinas e cargueiros, há um território de disputas desleais entre tubarões e peixes pequenos. É nele que Rejane chega para tentar entender o

que aconteceu com seu irmão, um exímio mergulhador encontrado morto em um mar cercado de sombras por todos os lados.

Elenco:Ana Flavia Cavalcanti, Joana Medeiros, Edilson Silva, Eron Villar, Enio Cavalcante, Luciano Pedro Jr.

EM CARTAZ:

PEDÁGIO

Brasil/Portugal/Drama/2023/ 101 min.

Direção: Carolina Markowicz

Sinopse: Mulher precisa juntar dinheiro para mandar o filho para um lugar que promove uma cura gay, ministrado por um famoso pastor estrangeiro. Para isso, ela começa a burlar a lei em seu trabalho, como cobradora de pedágio.

Elenco: Maeve Jinkings, Kauan Alvarenga e Thomás Aquino

EXIBIÇÃO ESPECIAL DIA 09 DE DEZEMBRO, ÁS 10H30, COM ENTRADA FRANCA, PROSSEGUIDA DE DEBATE.

Repórter Brasil lança documentário em homenagem ao jornalista Dom Phillips e aborda a violência enfrentada na cobertura da Amazônia. Seguindo o assassinato do repórter inglês, o filme "Relatos de um correspondente da guerra na Amazônia" trata dos desafios da cobertura da violência na Amazônia

“Relatos de um correspondente da guerra na Amazônia", novo documentário da Repórter Brasil, é uma homenagem a Dom Phillips, jornalista inglês assassinado em uma emboscada no Vale do Javari junto ao indigenista Bruno Pereira. Com a proposta de refletir sobre a complexa natureza da cobertura da Amazônia, o filme parte da experiência de Daniel Camargos, que foi companheiro de reportagem de Dom, ao cobrir as buscas pelo amigo desaparecido.

O documentário mergulha nos desafios enfrentados pelos jornalistas que cobrem a violência contra as comunidades indígenas na maior floresta tropical do mundo. A narração em primeira pessoa de Camargos conduz uma reflexão sobre o papel dos repórteres em meio aos conflitos na região. Após ouvir e sofrer com a brutalidade das revelações sobre o que aconteceu com Dom, assassinado e esquartejado, o jornalista se pergunta se “vale a pena seguir adiante”. 

Em busca de respostas, o filme acompanha o repórter ao percorrer outros estados e outras terras indígenas, onde observa semelhanças e diferenças no modo como as suas fontes processam o luto. A resistência indígena perante a perda de tantos na disputa pelo território ganha uma nova dimensão para o repórter.

De acordo com Camargos, o filme começa após o trabalho de convencimento frente aos questionamentos sobre os riscos. “O encontro com a morte do amigo, a busca por sentido para a profissão de repórter e a tentativa de dar continuidade ao trabalho do Dom, são passos que dou ao longo do documentário que tem um tom reflexivo”, descreve o jornalista. “Fazer esse documentário foi muito doloroso, sem dúvida. Mas também foi fundamental para encontrar o sentido de ser repórter”.

Com 1h de duração, “Relatos de um correspondente da guerra na Amazônia" é um filme de Ana Aranha e Daniel Camargos, com fotografia de Fernando Martinho e Caio Castor, montagem de Pedro Watanabe, e realização da Repórter Brasil.


Consórcio em homenagem ao Dom Phillips

O documentário integrou o trabalho feito por um consórcio de mais de 50 jornalistas espalhados por 10 países e representando 16 organizações, incluindo os ingleses The Guardian e The Bureau of Investigative Journalism, Expresso (Portugal), Le Monde (França), Ojo Público (Peru), Paper Trail Media (Alemanha), NRC (Holanda), Tamedia (Suíça), Der Standard (Áustria), além dos brasileiros Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), Amazônia Real, Folha de São Paulo e TV Globo. Com coordenação da Forbidden Stories, esses veículos realizam diversas publicações entre os dias 1 e 4 de junho, quando a morte de Dom e Bruno completará um ano. O objetivo é dar eco às investigações que Dom Phillips fez em vida e, de certa forma, continuar o seu trabalho.


HORÁRIOS DE 07 a 13 DE DEZEMBRO (não há sessões nas segundas-feiras):

15h: FIM-DE-SEMANA NO PARAISO SELVAGEM

17h: PEDÁGIO

19h: PUAN


Dia 09, sábado, ás 10h30:

EXIBIÇÃO ESPECIAL DIA 09 DE DEZEMBRO, PROSSEGUIDA DE DEBATE, COM ENTRADA FRANCA, DOCUMENTÁRIO “ Relatos de um correspondente da guerra na Amazônia”, de Ana Aranha e Daniel Camargos.

Sinopse: O documentário mergulha nos desafios enfrentados pelos jornalistas que cobrem a violência contra as comunidades indígenas na maior floresta tropical do mundo. A narração em primeira pessoa de Camargos conduz uma reflexão sobre o papel dos repórteres em meio aos conflitos na região. Após ouvir e sofrer com a brutalidade das revelações sobre o que aconteceu com Dom, assassinado e esquartejado, o jornalista se pergunta se “vale a pena seguir adiante”. 

Os ingressos podem ser adquiridos por R$ 12,00 na bilheteria do cinema . Idosos, estudantes, bancários sindicalizados, jornalistas sindicalizados, portadores de ID Jovem, trabalhadores associados em sindicatos filiados a CUT-RS e pessoas com deficiência pagam R$ 6,00.Aceitamos Banricompras, Visa, MasterCard e Elo.


ATENÇÃO: NAS QUINTAS-FEIRAS TODOS PAGAM MEIA ENTRADA EM TODAS AS SESSÕES!

CINEBANCÁRIOS :Rua General Câmara, 424 – Centro – Porto Alegre -Fone: 30309405/Email:cinebancarios@sindbancarios


C i n e B a n c á r i o s 

Rua General Câmara, 424, Centro 

Porto Alegre - RS - CEP 90010-230 

Fone: 51- 30309405

Nenhum comentário: