Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quinta-feira, 15 de abril de 2021

Cine Especial: Oscar 2021: 'Shaun, o Carneiro A Fazenda Contra Ataca'

Sinopse: Um alienígena com poderes estranhos cai perto de Mossy Bottom Farm, e Shaun rapidamente faz um novo amigo. Juntos, eles devem fugir de uma organização perigosa que deseja capturar o visitante intergaláctico. 

Aardman Animations é um estúdio que se difere dos grandes conhecidos como no caso da Pixar e Disney. Logicamente, todos falam que a Pixar, por exemplo, cria tramas que consegue atrair o público infantil e adulto ao mesmo tempo e isso é inegável. Porém, Aardman Animations consegue combinar uma trama inocente com elementos do cinema clássico, onde a simplicidade de uma trama pode também atrair até um olhar mais exigente da própria crítica.

Se consagrando após o grande sucesso de "Fuga das Galinhas" (2000), o estúdio sempre esteve por perto em meio aos grandes, sendo que até mesmo surpreendeu em diversas premiações ao longo dos anos. "Wallace & Gromit: A Batalha dos Vegetais" (2005), por exemplo, superou as expectativas, abocanhando o Oscar de melhor Longa de Animação e superando o favoritismo da época que era a animação "A Noiva Cadáver" (2005). "Shaun, o Carneiro A Fazenda Contra Ataca" (2020) vem agora para fortalecer novamente o estúdio, atraindo o olhar da crítica e conquistando cinéfilos de todas as idades.

Dirigido por Will Becher e  Richard Phelan, o filme é uma continuação do longa anterior de 2015, onde acompanhamos a jornada do carneiro Shaun, que se junta a um simpático alienígena para ajudá-lo a voltar para o seu planeta. O problema é que uma força super secreta do governo possui outros planos para o visitante.

O principal atrativo dessa animação é que ela não possui quase nenhuma fala, sendo que a história é muito bem compreendida pelas ações dos seus personagens, gestos e fazendo a gente se lembrar dos bons tempos do cinema mudo. Ao mesmo tempo, o filme é um mosaico cheio de detalhes, onde se percebe que foram trabalhados minuciosamente e nos surpreendendo ainda mais pelo fato de ter sido feito em stop motion. Em tempos em que a animação gráfica domina o mercado é sempre interessante ver um estúdio optar pelos velhos recursos.

A trama em si não é nada demais, sendo que ela nos soa familiar em vários momentos, mas isso não tira o brilho do mesmo como um todo. Além disso, o filme é recheado de homenagens aos grandes clássicos do cinema do gênero ficção, cuja as regências vão desde "2001 - Uma Odisseia no Espaço" (1968) para "Contatos Imediatos do Terceiro Grau" (1977) e "ET" (1982). Se por um lado os pequenos talvez não venham a entender as referências, do outro, os adultos irão degustar destes grandes atrativos.

Logicamente, sempre há aquelas lições de moral sobre amizade, união e sobre as ações de um determinado personagem. Curiosamente, esse mesmo personagem poderia ser tachado facilmente como vilão, mas logo compreendemos as suas motivações através de um flashback e fazendo com que tenhamos noção que de ele não é de todo mal. Um bom exemplo para os pimpolhos e que poderia ser usado com mais frequência para filmes que são vistos por toda a família.

Indicado ao Oscar de melhor Longa de Animação de 2021, "Shaun, o Carneiro A Fazenda Contra Ataca" é o fortalecimento de diversão e criatividade do estúdio  Aardman Animations.  

Onde Assistir: Netflix. 

Joga no Google e me acha aqui:  
Me sigam no Facebook twitter, Linkedlin e Instagram.  

Nenhum comentário: