Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

quarta-feira, 24 de março de 2021

Cine Dica: Streaming: 'Corpus Christi'

 Sinopse: Daniel experimenta uma transformação espiritual durante o tempo em que passa em um centro de detenção para jovens.  

Jan Komasa tem chamado atenção da crítica especializada mesmo com uma curta filmografia. Em "A Rede do Ódio" (2020), por exemplo, ele toca em um assunto universal que é na questão das fake news, mas também nos falando um pouco do que é moldado a Polônia atual e da qual transita entre o conservadorismo e a liberdade individual. Em "Corpus Christi" (2020) ele toca agora na questão da religião e revelando uma sociedade hipócrita que se esconde através da fé e das regras da igreja das quais eles dizem que não irão quebrar.

O filme conta a história de Daniel (Bartosz Bielenia), um rapaz de 20 anos que experimenta uma transformação espiritual enquanto vive em um Centro de Detenção para Jovens. Ele quer se tornar padre, mas isso é impossível por causa de sua ficha criminal. Quando é enviado para trabalhar na oficina de um carpinteiro em uma cidade pequena, na chegada, ele se veste de padre e acidentalmente assume a paróquia local. A chegada do jovem e carismático pregador é uma oportunidade para a comunidade local iniciar o processo de cura após uma tragédia que aconteceu na região.

Durante boa parte do filme acompanhamos a cruzada do jovem protagonista, que procura se encontrar na vida, mas tendo que enfrentar as regras impostas contra ele. Além disso, ele precisa ter que contornar uma realidade conservadora, mas que também não esconde o seu lado mais sombrio na formação das pessoas através de uma fé cega. Portanto, o protagonista possui um olhar inocente perante a realidade moldada pela fé, mas ao mesmo tempo estando preparado pelos duros golpes que irá sofrer.

Daniel é uma representação do jovem rebelde atual, do qual transita entre a anarquia e o bom senso, mas correndo um sério risco de voltar à estaca zero. Ao se disfarçar de padre, ele se encaminha para uma estrada desconhecida, mas que o conduz a ter que usar as palavras que haviam sido ensinadas para ele ao longo de sua vida.  Por conta disso, ele conhece essas pessoas que vivem nesta pequena comunidade, que se dizem cidadãos do bem, mas que não sabem perdoar o próximo e, ao mesmo tempo, cometendo atos errôneos e acreditando que estarão a salvos ao confessarem os seus pecados.

Bartosz Bielenia está ótimo interpretando Daniel, mesmo em cenas em que o seu personagem não diz nada, mas cujo o seu olhar fala por si e representando muito bem o conflito interno que ele vai enfrentando ao longo desse percurso. Jan Komasa, por sua vez, cria enquadramentos únicos, dos quais se destaca a presença do protagonista como um todo e fazendo com que o mesmo se case com aquela nova realidade em que ele vai convivendo. Atenção para a belíssima cena em que ele segura a carestia, desde já uma das melhores partes do filme.

Mas diferente do que se imagina, o filme não procura criticar a igreja em si, mas sim uma sociedade hipócrita que a procura, moldada pela ambição do capitalismo e não sabendo como administrar uma realidade dividida entre a fé e o dinheiro. Daniel transita entre esses dois pólos, dos quais ele enfrenta com certo êxito, mas tendo que enfrentar a seguir as consequências dos seus atos. Na sua reta final, testemunhamos um Daniel despreocupado de qualquer arrependimento, pois a própria sociedade que o machuca é que deve um pedido de desculpas.

"Corpus Christi" é um filme sobre uma sociedade conservadora alienada, transitando entre a fé e o dinheiro e fazendo do primeiro uma mera desculpa para esconder os seus piores pecados.  

Onde Assistir: Look. 

Joga no Google e me acha aqui:  
Me sigam no Facebook,  twitter, Linkedlin e Instagram.  

Nenhum comentário: