Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sócio do Clube de Cinema de Porto Alegre, frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 98 certificados) e ministrante do curso Christopher Nolan - A Representação da Realidade. Já fui colaborador de sites como A Hora do Cinema, Cinema Sem Frescura, Cinema e Movimento e Cinesofia. Sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para marcelojs1@outlook.com ou beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

terça-feira, 26 de janeiro de 2021

Cine Dica: Streaming: 'On The Rocks'

Sinopse: Laura (Rashida Jones) começa a suspeitar quando o seu marido Dean (Marlon Wayans) começa a trabalhar tarde no escritório. Ela começa a temer o pior e começa a ouvir os conselhos do seu pai (Bill Murray). 

Por ser filha de Francis Ford Coppola parece que há um desejo entre os cinéfilos para que Sofia Coppola seja tão boa quanto o seu pai. Ao meu ver ela não tem que provar nada, mas sim fazer somente bons filmes, sendo que desde "As Virgens Suicidas" (1999) e "Encontros e Desencontros" (2001) ela, pessoalmente, não me decepcionou. Com "On The Rocks" talvez alguns venham acusa-la de ter feito um filme menor de sua filmografia, mas defendo que ela fez um filme gostoso de se assistir em uma tarde chuvosa.   

Afastada de seu pai playboy (Bill Murray) há anos, Laura (Rashida Jones) uma jovem mãe, resolve se aproximar dele. O reencontro entre os dois se torna tão intenso, principalmente em um momento que Laura acredita que o seu marido esteja lhe traindo. Ambos então decidem unir forças para descobrir se a suspeita de Laura seja realmente verossímil. 

A possibilidade de Laura estar sendo traída pelo marido se torna em alguns momentos uma mera desculpa para que a mesma aceite a proposta do seu pai e assim possam se aproximar. O grande charme do filme está na relação entre os dois, de como ambos precisavam de uma reaproximação e para assim conhecerem mais um ao outro. Acima de tudo, é um filme sobre laços familiares, mesmo quando os mesmos se arrebentam em meio aos atritos ao longo dos anos.  

Como sempre, Bill Murray dá um show de interpretação, cujo o seu papel parece um cruzamento do que já foi visto em "Encontros e Desencontros" com o filme "Flores Partidas" (2005), do qual ainda é para mim a melhor atuação de sua carreira. Se por alguns momentos Rashida Jones deixa a desejar em sua atuação, por outro lado, ela melhora graças ao ator em cena e fazendo dos diálogos reflexivos de ambos os melhores momentos do filme. Sofia Coppola, por sua vez, consegue fazer um filme de humor refinado e do qual nos faz rir sem ser forçado.  

O filme só talvez decepcione para aqueles que esperam por algo de novo, pois a trama em si não traz nada disso. Além disso, quando a gente deseja que a jornada de pai e filha continue, o filme simplesmente acaba com soluções fáceis e desapontando aqueles que esperavam um fechamento mais coerente. Isso não fragiliza o filme como um todo, mas talvez Sofia deveria ter repensado em um melhor encerramento.  

"On The Rocks" é uma boa comédia refinada de Sofia Coppola, mas do qual a gente se diverte se não exigirmos muito dela. 

Onde Assistir: Apple TV+ 

Joga no Google e me acha aqui:  
Me sigam no Facebook,  twitter, Linkedlin e Instagram.  

Nenhum comentário: