Quem sou eu

Minha foto
Sapucaia do Sul/Porto Alegre, RS, Brazil
Sendo frequentador dos cursos do Cine Um (tendo já 70 certificados),sou uma pessoa fanática pelo cinema, HQ, Livros, música clássica, contemporânea, mas acima de tudo pela 7ª arte. Me acompanhem no meu: Twitter: @cinemaanosluz Facebook: Marcelo Castro Moraes ou me escrevam para beniciodeltoroster@gmail.com

Pesquisar este blog

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Cine Dica: Sala P. F. Gastal retoma programação com três estreias

A Sala P. F. Gastal da Usina do Gasômetro (3º andar) retoma a programação neste sábado, 11 de julho. São três estreias exclusivas! Entram em cartaz o novo filme de Tsai Ming-liang, Jornada ao Oeste, e dois destaques da produção independente brasileira, Batguano, de Tavinho Teixeira, e Hamlet, de Cristiano Burlan. As sessões têm projeção digital em alta definição. O valor do ingresso é de R$ 8,00. 

JORNADA AO OESTE de Tsai Ming-liang
SINOPSE – Enquanto um homem exausto respira agitado à beira-mar, um monge budista, trajando vestes vermelhas, caminha a um ritmo imperceptível pelas ruas de Marseille, na França. O caminhar lento do monge chama a atenção dos pedestres das ruas movimentadas. A câmera revela pequenos e belos fragmentos da influência que esse caminhante incomum provoca nos habitantes da cidade, até o momento em que o monge ganha, enfim, um discípulo.
  Tsai Ming-Liang nasceu em Kuching, na Malásia, em 1957. Mudou para Taiwan, aos 20 anos, para estudar Cinema e Teatro na Chinese Culture University – uma transição que marcou o diretor, que diz não pertencer ou se sentir em casa em nenhum dos dois países. Ming-Liang começou sua carreira como diretor e produtor na TV Taiwanesa, e ganhou destaque na cena cinematográfica ao vencer o Leão de Ouro no Mostra de Veneza, em 1994, com o filme Vive l'Amour. Em 1997, O Rio ganhou o Urso de Prata do Festival de Berlim. Em 2013, Cães errantes recebeu o Prêmio Especial do Júri na Mostra de Veneza. Tsai Ming-Liang é considerado um dos diretores mais importantes em atividade no cinema mundial.

Ficha técnica Direção: Ming-liang Tsai Elenco: Kang-sheng Lee, Denis Lavant Roteiro: Ming-liang Tsai Produção: Frédéric Bellaïche, Vincent Wang Co-produção: Antonin Dedet, Samuel Tronçon Diretor de fotografia: Antoine Héberlé Edição: Lei Zhen Qing Música: Sébastien Mauro Título original: Xi you Ano: 2014 Distribuição brasileira: Zeta Filmes.
BATGUANO de Tavinho Teixeira
 SINOPSE – Éramos então um só ser duplo vivo transformado com duas cabeças pensando e logo nos tornamos símbolo da perfeição do novo ser em sua máxima evolução e potência e desejo e vontade e expansão e começamos a viajar pelo universo por todas as galáxias divulgando nossa dupla de repentistas punk-rock completos porque a Terra havia ficado pequena demais para nós dois.  
 Tavinho Teixeira nasceu em 1965 na Paraíba, de lá pra cá desenvolveu atividades nas Artes Cênicas, na Literatura e no Cinema nos mais variados lugares e momentos de sua vida. Firmouse como ator e diretor, chegando a se formar em Interpretação Teatral noCAL, no Rio de Janeiro em 1995. Por essa época foi integrante do grupo teatral “Sarça de Horeb” e trabalhou como ator nas peças: Torturas de Um Coração e AVia Sacra, ambas dirigidas por Almir Telles. Sua trajetória no cinema começou nos anos 90 trabalhando como ator no longa Eu sou o servo, de Eliezer Rolim. Nos anos seguintes deu continuidade ao oficio de ator trabalhando em váriosprojetos, tais como o longa metragem Baptista Virou Máquina ea mini serie de TV A Pedra Do Reino. Em 2011, iniciou sua trajetória como diretor com o longa-metragem Luzeiro Volante, em seguida dirigiu o curta Purpura (2012). Batguano é seu segundo longa metragem. Escreveu os livros de poesia Deus somos nós (1998) e Luzeiro volante (2002)

Ficha Técnica DIREÇÃO E ROTEIRO Tavinho Teixeira Brasil, 4k, 2014, Cor, 74 min, Classificação Indicativa: 18 anos –  ELENCO Everaldo Pontes Tavinho Teixeira DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA Marcelo Lordello MONTAGEM Arthur Lins PRODUÇÃO EXECUTIVA Ana Barbara Ramos Cristhine Lucena Ramon Porto Mota DIREÇÃO DE ARTE GigaBrow; Diógenes Mendonça SOM Danilo Carvalho DIRETOR ASSISTENTE Ian Abé

HAMLET de Cristiano Burlan
SINOPSE – A partir do assassinato de seu pai por seu tio, Hamlet é obrigado a enfrentar suas próprias contradições e as do mundo à sua volta. Em uma desconstrução de si mesmo, ele mergulha na eterna questão sobre o sentido da existência. Ambientada numa grande metrópole, Hamlet é uma livre adaptação da tragédia de William Shakespeare. Dirigido por Cristiano Burlan e com Henrique Zanoni no papel do príncipe, HAMLET teve sua estreia nacional em 2015, além de ter sido selecionado pela Prefeitura de São Paulo para ser distribuído em cinemas na cidade.
Cristiano Burlan Nasceu em Porto Alegre em 1975. É diretor de cinema e teatro. Na década de noventa morou em Barcelona, onde dirigiu o grupo de cinema experimental Super-8. Esteve à frente do grupo de teatro paulistano, a Fúria. É professor na Universidade do Estado do Amazonas – UEA e na Academia Internacional de Cinema – AIC. A maior parte de sua filmografia participou de importantes festivais como o Festival de Havana, É Tudo Verdade, Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, Málaga, entre outros. Seu documentário mais recente, Mataram meu irmão, foi o grande vencedor do É Tudo Verdade 2013, angariando os prêmios de Melhor Filme do Júri Oficial e da Crítica, também foi vencedor do Prêmio Governador do Estado de São Paulo de 2014 e do 40º Festival Sesc Melhores Filmes. Entre seus principais filmes de ficção estão: Amador, que integrou a 17a Mostra de Cinema de Tiradentes, Sinfonia de Um Homem Só, indicado ao Prêmio Bandeira Paulista na 36ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, Corações Desertos, A Espera, Opus Hamlet Machine, Os Solitários e 4:48 AM. Em 2015, começa a filmar Elegia de um Crime, que encerra sua trilogia do luto, iniciada com Construção e Mataram Meu Irmão. Esta em fase de finalização do longa-metragem de ficção Fome, que tem Jean Claude Bernardet como protagonista.

Ficha técnica Direção: Cristiano Burlan. Roteiro: Cristiano Burlan e Henrique Zanoni. Distribuição: Bela Filmes Gênero: Drama. Cor: Preto e branco. Duração: 90 minutos. Codistribuição: Spcine Produção: Bela Filmes. Produção Executiva: Simone Paz e Mariana Lamberti de Abreu. Diretora de produção: Mariela Lamberti de Abreu. Fotografia: Rafael Nobre. Montagem: Grace Pinto e Pedro Leite. Elenco: Henrique Zanoni, Jean-Claude Bernardet, Ana Carolina Marinho, Luiz Fernando Resende, Suia Legaspe, Paulo Bordhin, Gustavo Canovas, Eduardo Bordinhon e Rejane Arruda. Trilha Sonora: Guilherme Garbato e Gustavo Garbato.

GRADE DE HORÁRIOS
11 a 19 de julho 2015

11 de julho (sábado)

15:00 – Jornada ao Oeste (56 minutos)
16:00 – Batguano (70 minutos)
17:15 – Jornada ao Oeste (56 minutos)
18:15 – Batguano (70 minutos)
19:30 – Hamlet (90 minutos)

12 de julho (domingo)

15:00 – Jornada ao Oeste (56 minutos)
16:00 – Batguano (70 minutos)
17:15 – Jornada ao Oeste (56 minutos)
18:15 – Batguano (70 minutos)
 19:30 – Hamlet (90 minutos)

14 de julho (terça-feira)

15:00 – Jornada ao Oeste (56 minutos)
16:00 – Batguano (70 minutos)
17:15 – Jornada ao Oeste (56 minutos)
18:15 – Batguano (70 minutos)
19:30 – Hamlet (90 minutos)

15 de julho (quarta-feira)

15:00 – Jornada ao Oeste (56 minutos)
16:00 – Batguano (70 minutos)
17:15 – Jornada ao Oeste (56 minutos)
18:15 – Batguano (70 minutos)
19:30 – Hamlet (90 minutos)
 

 16 de julho (quinta-feira)

15:00 – Jornada ao Oeste (56 minutos)
16:00 – Batguano (70 minutos)
17:15 – Jornada ao Oeste (56 minutos)
18:15 – Batguano (70 minutos)
19:30 – Hamlet (90 minutos)


17 de julho (sexta-feira)

15:00 – Jornada ao Oeste (56 minutos)
16:00 – Batguano (70 minutos)
17:15 – Jornada ao Oeste (56 minutos)
18:15 – Batguano (70 minutos)
19:30 – Hamlet (90 minutos)

18 de julho (sábado)

15:00 – Jornada ao Oeste (56 minutos)
16:00 – Batguano (70 minutos)
17:15 – Jornada ao Oeste (56 minutos)
18:30 – Sessão Aurora

19 de julho (domingo)

15:00 – Jornada ao Oeste (56 minutos)
16:00 – Batguano (70 minutos)
17:15 – Jornada ao Oeste (56 minutos)
18:15 – Batguano (70 minutos)
19:30 – Hamlet (90 minutos)
  
Sala P. F. Gastal
Coordenação de Cinema, Vídeo e Fotografia
Av. Pres. João Goulart, 551 - 3º andar - Usina do Gasômetro
Fone 3289 8133

www.salapfgastal.blogspot.com

Nenhum comentário: